Escola Estadual Newman Queiroz recebe projeto educativo do DETRAN/RN

A equipe de coordenadoria de Educação do DETRAN, que realiza o Programa DETRAN nas Escolas, projeto que visa implantação e implementação da Educação para o Trânsito na Rede Pública de Ensino, esteve hoje na Escola Estadual Newman Queiroz.

Na ocasião, fizeram entrega de placas de sinalização, palestras sobre noções básicas de trânsito, além de  parabenizar a escola pelo excelente trabalho que vem  desempenhando com os alunos.

É importante lembrar que a escola acima citada trabalha o projeto desde ano passado sob a coordenação do professor Erifran e este ano de 2016, sob a coordenação do professor Augusto Diniz.

 

ea0306f9b7ac965346c5e3c81163b2de

Vereador reeleito que só sabe assinar o nome aplicou 37% do orçamento no ensino de Quixaba quando prefeito

Antônio Ramos da Silva, que foi prefeito de Quixaba nos anos 1990
Antônio Ramos da Silva, que foi prefeito de Quixaba nos anos 1990

Antônio Ramos da Silva, de 69 anos, foi prefeito, presidente da câmara municipal e acaba de se reeleger vereador de Quixaba, cidade do sertão pernambucano com 7 mil habitantes. Ele não esconde: é analfabeto.

— Quando eu era criança, meu pai precisava dos filhos trabalhando na roça e não me deixou estudar.

Pela lei, os analfabetos não podem se eleger. Silva pôde tornar-se político por saber copiar palavras e assinar o nome, o que bastou para a Justiça Eleitoral.

Ele sempre teve assessores de confiança para ajudar na leitura dos documentos. Para Silva, os analfabetos deveriam ter o direito de ser votados:

— Tem muito doutor por aí que não tem nem a metade da minha honestidade.

Silva se elegeu prefeito em 1992. Até então, a cidade só tinha escolas caindo aos pedaços e professoras sem diploma. Tudo mudou. A educação chegou a receber 37% do orçamento municipal, acima do piso constitucional de 25%.

— Fiz tanto pela educação porque sempre senti na pele o quanto ela faz falta — afirmou.

 

Fonte: Agência do Senado

Hora do Enem: Segundo simulado nacional ficará disponível por uma semana

simulado enem

O segundo simulado nacional do programa Hora do Enem, do Ministério da Educação (MEC), ocorrerá por uma semana a partir das 8h do dia 25 de junho, podendo ser iniciado até as 20h de 3 de julho. O exame é totalmente online e será aberto a todos os interessados, com inscrição na plataforma Geekie Games.

Estudantes do ensino médio de escolas públicas que não tiverem acesso à internet em casa poderão fazer o simulado na própria escola, entre os dias 27 de junho e 1º de julho. Além disso, as secretarias estaduais de educação terão acesso aos relatórios de desempenho dos estudantes.

O exame tem 80 questões, com a mesma metodologia de elaboração de questões do Enem. O conteúdo é composto principalmente por assuntos vistos nas escolas até o período da aplicação. A partir do momento de início do exame online, o estudante tem até quatro horas ininterruptas para finalizá-lo. O resultado e o gabarito são divulgados ao fim do exame.

CALENDÁRIO DE APLICAÇÃO DOS SIMULADOS

2º Simulado: 25 de junho a 3 de julho

20 questões por área do conhecimento (80 no total)

3º Simulado: 13 de agosto

45 questões por área do conhecimento (180 no total)

4º Simulado: 8 e 9 de outubro

45 questões por área do conhecimento (180 no total)

Balanço do primeiro simulado

 

De acordo com dados divulgados pelo MEC, cerca de 710 mil estudantes realizaram o primeiro simulado, iniciado em 30 de abril. Os estudantes da rede pública corresponderam a 85% do total de participantes. Conforme o balanço, 16% dos alunos iniciaram a prova e não a finalizaram, ante 84% que completaram a avaliação.

Medicina, Direito, Administração, Psicologia, e Engenharia Civil foram os cursos de maior interesse. A nota média geral para ciências humanas foi 534, seguida da de matemática (524), linguagem e códigos (506) e ciências da natureza (500). As notas máximas, considerando alunos das particulares e públicas foram: 749, 773, 733, e 757.

O melhor desempenho na prova foi alcançado em filosofia e geografia. O pior desempenho ocorreu em matemática e química. No ranking geral, os estudantes de Minas Gerais obtiveram o melhor desempenho em todas as áreas de conhecimento.

Fonte: Guia do Estudante

Governo do RN convoca 72 professores temporários

novos professores
Serão 72 novos professores atuando na rede estadual de ensino

Governo do RN, por meio da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, em referência ao Processo Seletivo Público Simplificado para contratação por tempo determinado de Professor Temporário, conforme Edital 001/2014 SEARH/SEEC, torna pública a convocação dos candidatos integrantes do Quadro de Reservas relacionados no anexo I, para de dirigirem às Diretorias Regionais de Educação e Cultura (DIREC), apresentando a documentação elencada abaixo.

Foram ofertadas 72 vagas distribuídas entre as disciplinas de Artes, Biologia e Ciências, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Inglesa, Matemática, Educação Física, Língua Portuguesa e Pedagogia Anos Iniciais. 

Clique aqui e confira a lista de convocados publicada no Diário Oficial do RN.

Anexo I – Lista de convocados em PDF, clique aqui. 

Os convocados terão 30 dias, a partir desta terça-feira (21), para se apresentarem nas respectivas Direcs.

Jucurutu: Alunos do Curso Técnico em Agronegócio do Senar, participam de aula de Campo

Alunos do Curso Técnico em Agronegócio do Senar em parceria com Sindicato Rural  de Jucurutu; participaram de aula de Campo neste sábado (18).

A atividade aconteceu na feira livre e nas propriedades de Louro Batista e Chico Topete na zona rural do município.  

As aulas práticas fazem parte da grade da disciplina Técnicas em Produção Vegetal.

Veja as imagens:

IMG_3250 IMG_3248

Lei de Ezequiel Ferreira de Souza institui o Dia Estadual do Livro Infantojuvenil

Lei de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), institui o “Dia Estadual do Livro Infantojuvenil”, a ser anualmente celebrado no Estado do Rio Grande do Norte no dia 08 de setembro. A lei Nº 10.069 foi sancionada pelo governador Robinson Faria.

“A Lei tem como objetivo a valorização e o fomento à convivência da sociedade brasileira, em particular, de nossas crianças, com a produção literária do País, por intermédio da inserção, no calendário do Estado do Rio Grande do Norte, de um dia especialmente dedicado ao livro e, como desdobramento natural, devotado à leitura”, comemora Ezequiel Ferreira.

A escolha do Dia Estadual do Livro Infantojuvenil, destinada à celebração da literatura, não é fortuita. Na verdade, ela está condicionada à intenção de consagrar o dia 08 de setembro à prática da leitura em todo o Estado, em alusão ao fato de que este é o dia natalício da escritora Potiguar Nati Cortez, pela sua grande contribuição ao gênero, tendo sido a primeira escritora potiguar que se dedicou a escrever para crianças e jovens, tornando-se pioneira no nosso Estado. Dessa forma, esta celebração estará associada tanto no calendário quanto nas atividades a serem programadas, com o intuito de conferir merecida visibilidade à criação literária e à leitura, fundamentais no processo de formação de todo cidadão.

“Ser escritor de livros infantojuvenis é apresentar o mundo literário às crianças, leitoras exigentes e perspicazes. Um desafio e ao mesmo tempo uma satisfação”, explica o jornalista e escritor Juliano Freire de Souza autor dos livros “Doninha e o Marimbondo”, “Pereyra – O menino bom de bola” e “Felizardo contra a bruxa da feira” e “Um eterno aprendiz”.

Juliano Freire de Souza pensa ser importante esta data instituída pela Assembleia Legislativa, através do deputado Ezequiel Ferreira de Souza, pois a literatura e consequentemente a leitura deve ser cada vez mais estimulada. “Ainda temos, no Rio Grande do Norte, considerável déficit em leitores, boa parte deles não teve oportunidade de acesso aos livros na infância”, salienta ao apontar que as principais e mais sólidas pesquisas relativas ao letramento e à aferição da qualidade do ensino demonstram que o interesse pelas obras literárias e pela leitura está intimamente relacionado ao desempenho escolar infantil, além de contribuir, de forma decisiva, para a construção de um cabedal intelectual e emocional, de natureza permanente.

“É importante enfatizar, junto à sociedade, o cultivo do amor aos livros, desde a infância. Este hábito trará o benefício de fomentar e ampliar a convivência das crianças e adolescentes com a leitura, despertando na população para o seu direito de acesso à educação e cultura”, enfatiza Ezequiel Ferreira de Souza.

UFRN: Reitora sugere ao Governo do Estado agilidade para federalizar os hospitais regionais

projeto

 

A federalização dos hospitais regionais do estado em Caicó e Currais Novos, ambos no Seridó, a contrapartida financeira da Fundação de Apoio à Pesquisa do RN (FAPERN) para os projetos da Universidade Federal do RN (UFRN) foram tratados no início da noite de terça-feira (17), durante audiência da reitora da universidade, Ângela Maria Paiva Cruz, com o governador Robinson Faria (PSD), e a secretária estadual de Saúde Pública (SESAP), Eulália Albuquerque, na Governadoria, em Natal.

A notícia é de Sirleide Pereira, da assessoria de comunicação social da UFRN, na capital do estado.

Para a reitora, a consolidação dos cursos da saúde da UFRN nas regiões Trairi e Seridó depende das tratativas contratuais dos hospitais entre o governo estadual, UFRN e o Ministério da Educação e Cultura.

Ao pedir agilidade à SESAP nessa questão, Ângela Paiva argumentou os impactos na promoção da saúde da população nas regiões e adjacências, a partir da atuação de alunos e professores da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa), em Santa Cruz, e da Escola de Ciências Médicas Multicampi (ECMC), em Currais Novos, Caicó e Santa Cruz.

Blog Pauta Aberta

Ministério da Educação faz pente-fino em atos da gestão passada

MINISTRO DA EDC

BRASÍLIA – O novo ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho, pediu uma revisão de todos os atos baixados pela gestão passada, do petista Aloizio Mercadante, nos últimos 30 dias. O pente-fino vai avaliar a legalidade e também o mérito das deliberações recentes da pasta. A Consultoria Jurídica do órgão já começou a fazer a análise, que foi uma das primeiras determinações do ministro recém-empossado.

Há suspeitas de que, diante da perspectiva de deixar o governo, a gestão passada tenha acelerado decisões de forma indevida. Um dos atos que poderão ser anulados é o decreto presidencial, de 10 de maio, nomeando 12 conselheiros no Conselho Nacional de Educação, que tem 24 membros no total. A troca de cadeiras estava marcada para 3 de julho. No entanto, foi antecipada sob o argumento de que havia risco de descontinuidade dos trabalhos.

Para a nova gestão, é preciso avaliar se a real intenção não foi garantir assentos no conselho, que tem um poder de interferência grande na pasta, pois cabe ao colegiado referendar diversas políticas a serem adotadas, além de deliberar sobre temas variados da Educação.

A Consultoria Jurídica está recuperando decretos anteriores para verificar se é praxe antecipar em quase dois meses o ato. Dos 12 conselheiros nomeados antes do final do mandato, cinco foram reconduzidos e sete são novos.

Outro ato que está na mira da nova gestão é uma portaria que mudou regras para aquisição e distribuição de materiais digitais a escolas de educação básica. Por envolver recursos expressivos, as alterações serão analisadas com cuidado. Se for o caso, a equipe de Mendonça pode pedir a anulação do ato.

Paira sobre os colaboradores de Mendonça a sensação de que a gestão petista deixou diversas “cascas de banana” em forma de decretos, portarias e resoluções publicados nos últimos dias.

A primeira dor de cabeça apontada pela nova gestão foi um ofício assinado em 11 de maio pelo então secretário de Educação Superior Jesualdo Pereira, que saiu com o ex-ministro Aloizio Mercadante. No documento, ele avisou às universidades e institutos federais que o programa Bolsa Permanência, que atende estudantes carentes, estava suspenso para novas inscrições, exceto de quilombolas e indígenas.

Embora assinado antes de Mendonça tomar posse, o ofício foi divulgado nas redes sociais como o primeiro ato do democrata à frente da pasta, o que gerou críticas e temor entre estudantes. A assessoria do novo ministro teve de divulgar nota esclarecendo que a medida faz parte dos últimos atos da gestão petista.

Diante do episódio, Mendonça informou que acionou o Ministério da Justiça para que a Polícia Federal investigue a origem do boato. A equipe do ministro cogita que tenha sido uma ação orquestrada de grupos contrários à saída de Dilma.

 

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/brasil/ministerio-da-educacao-faz-pente-fino-em-atos-da-gestao-passada-19315402.html#ixzz48ulq9N9V

 

Ministério Público Federal arquiva denúncia contra UFRN

mpf-rn

Mediante respostas da reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o Ministério Público Federal (MPF) arquivou o inquérito civil instaurado para colher informações sobre possíveis irregularidades e atos de improbidade administrativa quanto ao uso de infraestrutura e recursos financeiros da instituição pública para fins políticos partidário.

A reitora da UFRN esclareceu formalmente que “nenhum recurso ou valor da UFRN foi utilizado para fins distintos daqueles previstos constitucionalmente e que não é permitida a utilização de suas instalações para atividades político-partidárias, sendo possível, contudo, o livre debate de ideias e opiniões, tendo ocorrido reuniões e discussões sobre a atual conjuntura econômica e política do Brasil, mas sempre com oportunidade para exposição de diferentes ideias e pensamentos”.

Na decisão do procurador da República, Paulo Sérgio Duarte da Rocha Júnior, de 06 de maio, destacam-se duas afirmações: a análise dos autos demonstra que as irregularidades mencionadas na representação apresentada ao Ministério Público Federal não aconteceram e que não se configurou a prática de nenhum ato de improbidade administrativa. No último parágrafo do texto, o procurador coloca explicitamente: “Em razão do exposto, determino o arquivamento dos presentes autos”.

PortalN10 (mais…)

Professores de Jucurutu continuam com as aulas suspensas até serem recebidos pelo prefeito e Secretária de Educação

Em assembleia realizada hoje (11), a categoria decidiu manter greve até que o prefeito e os professores sentem e cheguem a um acordo.

Segundo a comitiva de professores, a greve continua sem nenhuma alteração até que o prefeito e a secretária recebam a categoria.

 

e5bf453b8d160f2d2072b280a2780a5f

Inscrições para Enem 2016 seguem até o dia 20/05

enem

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016 começaram nesta segunda-feira (09/05), exclusivamente pela internet. O prazo termina às 23h59 do próximo dia 20 (horário de Brasília). A edição do exame este ano terá identificação biométrica. Os inscritos contarão também com um aplicativo para acompanhar a inscrição.

Mais informações e o edital do Enem de 2016 estão disponíveis na página do Enem de 2016 http://enem.inep.gov.br/. Em caso de dúvidas sobre o exame, os candidatos podem ligar para o telefone 0800-616161.

Assembleia prioriza Educação, recebe alunos e abre as portas para a sociedade

al-estudantes

Depois de uma turma do curso de Direito da Universidade Federal (UFRN), duas outras turmas da Universdade Potiguar (Unp) de Mossoró estão com presença agendada na Assembleia Legislativa, dentro do programa de visitas da sociedade à sede do Poder Legislativo.

Escolas, universidades, entidades e associações podem solicitar as visitas encaminhando ofício à Secretaria Administrativa, que despacha e encaminha ao Cerimonial e Memorial da Casa para acompanharem os interessados em conhecer o funcionamento da Assembleia.

“A proximidade da Casa Legislativa com a sociedade é fundamental para oxigenar o dia-a-dia dos trabalhos da Assembleia. É da natureza de nossa atividade manter contato com a população e quando temos a chance de debater com a juventude estamos diante do que estar por vir e é ótimo que todos tenham o entendimento do funcionamento da Casa do Povo”, comenta Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), deputado presidente da Assembleia.

“A gestão do presidente Ezequiel Ferreira está valorizando a Educação, apontada hoje como uma das prioridades, haja vista a implementação de vários novos cursos na Escola da Assembleia oferecidos aos servidores da Casa e à sociedade, como Mestrados em convênio com a UFRN e pós-graduações em convênio com a Justiça Federal”, afirma a secretária administrativa da Assembleia, Dulcinéa Brandão.

“Também cito uma atividade voltada a despertar os estudantes de escolas estaduais, o projeto O Poder da Cidadania’, hoje sendo executado em salas de aula de Natal, São José de Mipibu e Parnamirim”.

“É uma forma de incentivar o conhecimento dos jovens apresentando a Assembleia Legislativa, das sessões no Plenário ao Memorial e sua história”, destaca a secretaria, lembrando que há poucos dias uma turma do curso de Direito da UFRN esteve presente na Casa e participou de um curso sobre as especificidades do Poder Legislativo.

De acordo com Dulcinéa Brandão, a repercussão do foco na Educação da Assembleia é tão grande “que ensejou a visita à Escola da Assembleia, de uma equipe da Assembleia Legislativa de Goiás, ao saber das ações na área de Educação do Rio Grande do Norte. A Assembleia de São Paulo também fez elogios e está programando uma visita ao presidente Ezequiel Ferreira”, afirmou a secretária.

 

Novo responsável pela SEEC/RN aliará tranquilidade e normalidade em sua gestão

seec

O professor Domingos Sávio de Oliveira, novo responsável pela gestão da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do RN, afirma que aliará tranquilidade e normalidade na condução dos projetos educacionais em andamento na rede estadual de ensino. A afirmação foi feita durante reunião no gabinete da Secretaria da Educação do RN, na tarde desta quarta-feira (20), com a equipe de coordenadores e subcoordenadores da pasta.

Na oportunidade, o novo gestor destacou a importância do bom funcionamento dos programas em curso. “Iremos trabalhar para que os programas em curso continuem funcionando e que não haja preocupações em nossas escolas”, falou o professor Domingos.

O professor Domingos Sávio disse também que o gabinete da Secretaria da Educação do RN será aberto as demandas internas dos diversos setores da pasta e também aos pleitos e comunicações dos educadores e dos cidadãos do Estado. “Queremos ouvir todos que busquem o Gabinete. A gestão deverá ser de ‘gabinete aberto’ para todos”, falou o novo gestor da pasta. 

Durante a reunião, o professor Domingos Sávio lembrou ainda que o seu compromisso com a educação tem o fortalecimento de quem faz parte do quadro efetivo da Secretaria da Educação e conhece a rede estadual de ensino.

A reunião foi mais um compromisso do primeiro dia de atividades do novo responsável pela SEEC. Durante o dia, o professor Domingos Sávio trabalhou normalmente no gabinete da SEEC, despachando administrativamente e atendendo as demandas da pasta.

Domingos Sávio de Oliveira é o novo responsável pela pasta da Educação do Rio Grande do Norte por Ato Administrativo assinado pelo governador Robinson Faria e publicado na edição desta quarta-feira (20) no Diário Oficial do Estado (DOE). Ele substitui o então ex-secretário da pasta da educação, Francisco das Chagas Fernandes, exonerado na mesma edição do DOE.

Ministro e novo reitor do IFRN destacam luta de Fátima pela educação

ministro

A cerimônia de posse do novo reitor do Instituto Federal do Rio Grande do Norte foi marcado por muita emoção com a presença do ministro da Educação e da senadora Fátima Bezerra.Tomou posse o novo reitor Wyllys Abel Farkatt, que assume após gestão de sucesso do professor Belchior de Oliverira Rocha.

No evento o ministro da educação, Aloizio Mercadante elogiou a atuação do ex-reitor e da senadora Fátima na conquista dos novos campi do Instituto Federal no Grande do Norte, levando às cidades pólo do interior do estado o ensino técnico e profissionalizante em todo o Brasil.

Veja o vídeo AQUI

Máfia da merenda: em foto, funcionário da Coaf ostenta dinheiro de propina

FOTO OSTENTAÇÃO
CARLOS LUCIANO LOPES, ALVO DA OPERAÇÃO ALBA BRANCA

Nas investigações da Operação Alba Branca, que apura fraudes em contratos de fornecimento de merenda escolar em ao menos 22 cidades do estado de São Paulo, a Polícia Civil apreendeu uma foto em que um dos envolvidos na chamada “máfia da merenda” exibe maços de notas de 2, 10, 20 e 50 reais. A imagem, publicada pelo Jornal Hoje, da TV Globo, mostra Carlos Luciano Lopes, um dos vendedores da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf), centro do esquema de corrupção, contando dinheiro recebido de propinas, segundos os investigadores da Alba Branca.

Operação Alba Branca

Deflagrada em janeiro, a operação Alba Branca resultou, em sua primeira fase, na prisão de seis pessoas suspeitas de fraudes em contratos para o fornecimento de merenda em troca de pagamento de propina para agentes públicos.

Em sua segunda fase, em março, a operação prendeu mais oito pessoas em cinco cidades paulistas, entre as quais o ex-presidente da Alesp Leonel Julio, pai do lobista Marcel Ferreira Julio. Marcel se entregou à polícia em Bebedouro (SP) dois dias depois.

Além de Ferreira Julio, o ex-presidente da Coaf Cássio Izique Chebabi também fechou acordo de delação premiada com o MP, homologado em março pela comarca de Bebedouro.

Veja

STF concede liminar favorável ao RN suspendendo devolução de repasses ao Fundeb

Uma liminar deferida pelo Supremo Tribunal Federal na tarde desta sexta-feira (8) concedeu ao Rio Grande do Norte uma vitória na área de educação.  O despacho do ministro Marco Aurélio Mello impediu a compensação de R$ 192.404.582,50 referentes ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

A ação recomendava que o RN teria de devolver os valores dos repasses do exercício 2015 oriundos do Fundeb, de acordo com cálculos realizados à época. Devido a um novo entendimento foi verificado que o estado não teria direito a complementação do Fundo e deveria ressarcir os quase R$ 200 milhões já neste mês.

De acordo com a Procuradoria Geral do Estado, a defesa apresentada alegou que o RN agiu de boa fé ao receber os repasses do Fundeb, bem como questionou os critérios utilizados na elaboração dos cálculos realizados pela União.  

O governador Robinson Faria, que liderou uma comissão formada por pastas do Governo, bancada federal e prefeituras potiguares nas reuniões em Brasília, falou sobre a decisão do STF favorável ao RN. “Esse foi um parecer muito importante para continuarmos evoluindo na educação. O entendimento do Supremo nos deixou muito felizes porque poderemos manter o planejamento traçado com muito cuidado desde o início da nossa gestão”, afirmou o chefe do Executivo Estadual.

Segundo o procurador-Geral do Estado, Francisco Wilkie Rebouças, “não justifica o estado ter que devolver o valor ao Governo Federal por ter agido de boa fé. Outra coisa é que, se fosse feita a devolução, as escolas do estado teriam de parar porque dependemos também dos recursos do Fundo para manter a educação do RN funcionando”, declarou.

 

 

Nota do Enem e emancipação são suficientes para garantir certificado de ensino médio

O secretário estadual da Educação deverá emitir o certificado de Conclusão do Ensino Médio, para uma estudante com idade inferior a 18 anos, com base nas notas por ela obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A decisão é do desembargador Dilermando Mota e segue a jurisprudência do Tribunal de Justiça potiguar, a qual releva o critério etário, quando este se torna o único impedimento para o estudante alcançar o nível superior pretendido, como foi o caso dos autos.

A decisão destacou que as notas da candidata foram, em todas as provas, superiores ao mínimo exigido de 450 pontos, sendo a mais baixa a de 580.5, bem como superou a pontuação mínima exigida para a nota de redação, tendo obtido 560 pontos.

O relator do recurso, desembargador Dilermando Mota, ainda destacou a Portaria Normativa MEC nº 807/2010, a qual possibilita, expressamente, a utilização dos resultados do Enem como certificação para a conclusão do ensino médio. “Entendo que tem razão a estudante, menor de 18 anos, porém devidamente emancipada pelos pais, aprovada em processo seletivo para ingresso em universidade federal”, ressalta Mota.

A vedação ao certificado, que foi negada pelo ente estatal, fere, segundo a decisão, o princípio da razoabilidade e o acesso à educação, consagrado constitucionalmente, tendo em vista que a estudante comprovou a sua maioridade civil, o que anula a sua incapacidade nos termos do artigo 5º do Código Civil.

TJRN

Conexão Enem TV Assembleia reafirma compromisso com a educação

CONEXÃO ENEM

Os estudantes e demais candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição 2016, já podem contar com um reforço importante no processo de preparação para as provas que poderão garantir uma vaga em universidades de todo o País.

A TV Assembleia exibe toda quinta-feira, ao vivo, com uma hora de duração, o programa Conexão Enem.

Com apresentação do professor de Redação, João Maria de Lima, o programa conta com a participação de outros professores e especialistas em diversas áreas do conhecimento. Interativo, o programa usa a rede social whatsApp para receber opiniões, sugestões e perguntas dos telespectadores.

O público que acompanha os aulões é bem diferenciado. Além de jovens estudantes, que são a maioria, o programa também atrai a atenção e participação de pais e professores.

Com vídeos, slides e reportagens especiais elaboradas pela equipe da TV Assembleia, o programa tem sido acompanhado com atenção em todas as regiões do Estado, repetindo o sucesso alcançado em 2015. Entre os meses de setembro e outubro, foram exibidos, ao vivo, cinco aulões.

O sucesso da proposta do programa foi coroado com o acerto do tema da prova de Redação. Já no segundo aulão, exibido ao vivo no domingo, 4 de outubro, o tema abordado foi o papel da mulher na sociedade contemporânea. Um dos blocos do programa discutiu a violência contra a mulher, que foi tema da Redação do Enem, prova realizada no dia 25 de outubro.

Com o sucesso de 2015, a TV Assembleia decidiu começar mais cedo a exibição dos aulões, como forma de melhor contribuir para a preparação dos candidatos ao Enem.

O professor João Maria de Lima destaca que entre 2015 e este ano a proposta do programa evoluiu. “Teremos um programa que além de preparar para o Enem também abre espaço para discutir a educação em geral e isso abre o leque das nossas discussões, entrevistas e assuntos abordados”, afirma o apresentador.

Para o diretor da TV Assembleia, Bruno Giovanni, o Conexão Enem é mais uma oportunidade para a emissora legislativa reafirmar e consolidar sua política de apoio à educação pública de qualidade.

Presidente do Legislativo anuncia a Escola da Assembleia, reconhecida pelo MEC

campanha escola pública

Iniciativa pioneira no Rio Grande do Norte, e com apoio da Assembleia Legislativa, a campanha “Aqui A Gente Aprende” tem estimulado a sociedade a falar sobre a escola pública.

Promovida pelo Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE) em parceria com o Instituto C&A, a campanha visa receber sugestões e críticas de pais de alunos e da sociedade, para serem encaminhadas às secretarias estadual e municipais de Educação, a fim de que sejam acolhidas para a adoção de procedimentos.

Através de personagens reais de escolas públicas localizadas em Natal e em Parnamirim, a campanha publicitária, veiculada na TV Assembleia e publicada no site oficial do legislativo estadual, mostra ser possível a qualidade na escola pública, e ao mesmo tempo convoca a sociedade potiguar para colaborar com a sua construção.

As contribuições são feitas pelo telefone 0800-887-0484 ou via WhatsApp (98127-0484), que tem recebido sugestões como esta de um cidadão colaborador que não se identificou. “É preciso investir maciçamente na Educação, em sua infraestrutura e na qualidade e valorização dos seus profissionais, melhorando inclusive os salários para um patamar confortável, com o qual o professor possa dispor de tempo para se dedicar ao aperfeiçoamento do ensino”.

Também há sugestões específicas dirigidas às autoridades, como a que trata do uso das escolas nos finais de semana, para a realização de atividades de leitura, estimulando a presença das famílias nas instituições.

Segundo Cláudia Santa Rosa, diretora executiva do IDE, é importante que haja sensibilidade por parte das autoridades competentes no sentido de absorver essas informações e utilizá-las para melhorar a Educação. “Nossa grande mensagem é mesmo mostrar que é possível termos escolas públicas de qualidade, porém, é também uma oportunidade única para ouvirmos os atores envolvidos – estudantes, pais e professores – sobre como podemos atingir juntos esse objetivo”, comenta Cláudia.

 

A campanha “Aqui a Gente Aprende” segue em curso com a sua primeira fase até o dia 15 de abril.

 

SP: Ex-presidente da Assembleia e mais seis são presos por fraude na merenda escolar

Merenda1

Estadão – A Operação Alba Branca prendeu na manhã desta terça-feira, 29, o ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo Leonel Julio e mais seis investigados por fraude na merenda escolar. Também foi decretada a prisão do presidente da União dos Vereadores do Estado, Sebastião Miziara. A decisão é da Justiça de Bebedouro, no interior paulista, onde ficava a base da organização. Alba Branca aponta para o suposto envolvimento do atual presidente da Assembleia de São Paulo, deputado Fernando Capez (PSDB) e de outros parlamentares. A investigação sobre Capez está em curso no Tribunal de Justiça do Estado.

Leonel Julio, do antigo MDB, presidiu a Assembleia de São Paulo e foi cassado em 1976 pelo regime militar. Alba Branca afirma que seu filho, Marcel Julio, é um dos mentores da organização. Marcel está foragido. Os mandados de prisão contra Leonel Julio e outros seis alvos da Alba Branca foram expedidos pela Comarca de Bebedouro, porque eles não têm foro privilegiado, como Capez. Além de Leonel Julio e Sebastião Miziara, a Justiça mandou prender também Carlos Eduardo da Silva, Aluísio Girardia, Emerson Girardi, Luiz Carlos da Silva Santos e Joaquim Geraldo Pereira da Silva. A Justiça também decretou buscas e apreensões que estão sendo cumpridas pela Polícia Civil do Estado.

A Operação Alba Branca envolvea ainda Luiz Roberto dos Santos, o Moita, ex-chefe de gabinete da Casa Civil do Governo Geraldo Alckmin.