Jucurutu Agricultor denuncia atos de vandalismo e furto em sua propriedade ( vídeo)

Na manhã de hoje (6) o blog recebeu um vídeo, onde o agricultor Eduardo Melquíades, cidadão de bem e muito popular na cidade, mostra que arames foram roubados na sua propriedade no Sítio Timbaúba, 7km de Jucurutu. Os bovinos saíram para a BR- 226 em tempo de provocar um acidente e tirar a vida de alguém.

Veja vídeo

Jucurutu: Aluno de Escola Estadual de Boi Selado, é finalista da Olimpíada de Língua Portuguesa

O aluno da Escola Estadual Graça Germano de Boi Selado, distrito do Município de Jucurutu/RN, Francisco Felipe ( 9º ano) é finalista do concurso de produção de textos para alunos 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Boi Selado está em festa!

A Professora Isabel Souza que orientou alunos da Escola Estadual Graça Germano nas Olimpíadas comemora a classificação dos estudantes residentes no Distrito de Boi Selado.

“ Há 25 anos sou professora, prestes a me aposentar, recebo essa notícia tão boa de dois alunos meus selecionados para semifinal das Olimpíadas de Língua Portuguesa, mesmo em época de muita cobrança e pouco reconhecimento da classe, a minha profissão fortalece minha alegria de ser professora. E esse resultado alçando por nossos alunos Felipe e Annely Luísa reflete nossa dedicação e compromisso em sala de aula.” Disse a professora Isabel Souza.

Felipe estudante do 9º ano da Escola Estadual de Boi Selado, participou da semifinal em SÃO PAULO e trouxe para o município a medalha de prata como finalista da 6ª Edição do Concurso de Língua Portuguesa na categoria crônica que acontecerá em dezembro. Se Deus quiser irá trazer o merecido prêmio para nossa cidade.

 

 

Prefeitura divulga o documento Diagnóstico técnico-participativo do Plano Municipal de Saneamento de Jucurutu

A prefeitura municipal de Jucurutu apresenta o produto diagnóstico técnico-participativo do Plano Municipal de Saneamento Básico. O documento estará aberto a consulta pública e será disponibilizado em meio digital no site da prefeitura, e de forma física na prefeitura, na câmara municipal e no sindicato rural.
O objetivo é de que a população possa opinar e auxiliar no levantamento da qualidade dos serviços prestados de água, esgotamento sanitário, resíduos sólidos e drenagem urbana.

As oficinas serão realizadas em todos os setores do município e a participação da população é essencial para que o plano de saneamento seja o mais fiel a realidade do município. Participe! O futuro do nosso município depende de todos nós!

2020 em Jucurutu, como previsto, a estratégia se repete

Como todo mundo já sabia, o grupo do Deputado Nelter Queiroz já veicula o lançamento da candidatura do Ex-Prefeito George Queiroz a Prefeitura de Jucurutu em 2020.

O Deputado, como sempre faz nas prévias das eleições municipais, lança candidatos aliados, como fez recentemente com a Vereadora Paula Tôrres, apenas como especulação, para não dizer queimação, e depois chegar com o seu candidato, o próprio filho George, que foi derrotado na eleição de 2016 para o atual Prefeito Valdir Medeiros.

A estratégia já é conhecida da população de Jucurutu e mostra que o Deputado não abre mão de ter o controle integral da Prefeitura de Jucurutu, desejando assim, colocar o filho na cadeira de Prefeito e como fez na gestão passada usar a prefeitura para beneficiar um PEQUENO GRUPO DE ALIADOS.

Seguiremos com a curiosidade se em 2020 essa definição do nome do futuro Prefeito será combinada com a população ou ficará apenas nos entre muros da tão famosa mansão. Veremos se a velha estratégia vai dar certo e o Deputado vai conseguir colocar o povo para engolir o filho George.

Banner compartilhado pelo vereador Rubinho nas suas redes sociais

Pauta Zero: Veja a mensagem do Juiz de Direito Dr. Mark Clark- Comarca Jucurutu

Dia 09/04/2019, data história para a Comarca de Jucurutu tendo em vista que hoje atingimos a chamada pauta zero no Juizado Especial. Isso significa dizer que não há nenhum processo concluso para despacho, decisão ou sentença, e que todos os processos que se encontravam nessas condições foram analizados, apreciados e dado o devido seguimento pelo Juiz da Comarca.

Importante registrar que ao assumir a Comarca de Jucurutu, o quadro que se apresentava naquela época, início de setembro de 2018, era de 413 processos conclusos para sentença, sendo 282 parados há mais de 100 dias; 125 conclusos para decisão, destes 56 parados há mais de 100 dias; e 296 processos conclusos para despacho, onde 79 estavam parados há mais de 100 dias.

De fato, o resultado de excelência atingido com o pauta zero do Juizado Especial da comarca de jucurutu foi obtido com planejamento e esforço conjunto de todos os servidores, sem os quais e sem a participação de cada um, tal intento não seria posssivel de ser alcançado.

A importância desse resultado para aqueles que bustam o serviço do judiciário em Jucurutu é evidente. As demandas do juizado especial são aquelas que fazem parte do dia a dia do cidadão.

E mostrar à sociedade o resultado de que os processos estão todos andando e tramitando com celeridade, sendo julgados pelo juiz da comarca e em seguida efetivados pela secretaria judiciária, aumenta consideralvelmente a sensação de prestação de justiça para o jurisdicionado.

Separando os processos por matéria, fixando metas a serem atingidas ao final de cada mês, reuniões com as equipes do gabinete e da secretaria, entre outras, foram medidas de gestão adotadas para que esse resultado fosse atingido.

Toda a equipe de Jucurutu está de parabéns! esse resultado não é um mérito apenas do magistrado, mas um mérito de toda a equipe, sem a qual o juiz não conseguiria concretizar esse marco histórico para a Comarca de Jucurutu, atingindo a pauta zero.

Jucurutu/RN, 10 de abril de 2019.

Mark Clark Santiago Andrade Juiz de Direito

PARABÉNS! O blog parabeniza toda equipe!!!

Conclusão da restauração da RN-118 pauta cobrança ao Governo do RN

Os deputados Gustavo Carvalho (PSDB), Nélter Queiroz (MDB) e Ezequiel Ferreira (PSDB) chamam atenção para a necessidade da retomada e conclusão dos trabalhos de restauração estrutural da rodovia RN-118, no trecho entre as cidades de Jucurutu e Caicó, na região Seridó. O objetivo é que a obra seja retomada o mais rápido possível, atendendo assim a um pleito da população de Jucurutu.

Em pronunciamento na manhã desta quarta-feira (10), o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) reiterou a necessidade de recuperação da via que está em péssima condição de tráfego, prejudicando o transporte de cargas entre municípios do Seridó e do Oeste do Estado.

“Os motoristas que percorrem o trecho diariamente estão tendo prejuízos com seus carros, em função dos grandes buracos no velho asfalto da rodovia. Os motoristas levam até uma hora para cruzar um trecho pequeno”, afirmou Vivado Costa (PSD) em aparte. O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), também já fez reiterados requerimentos no mesmo sentido para que a obra seja concluída.

A RN-118 é de grande importância para o desenvolvimento econômico do Seridó, do Vale do Açu e do Oeste do Estado, fazendo a ligação com a rodovia Federal BR-226, em Jucurutu.  O trecho é utilizado diariamente por moradores das cidades de Jucurutu, Caicó, São Rafael, Florânia, Assu e Triunfo Potiguar, entre outros.

Juizado Especial Cível Comarca Jucurutu ZERA processo

Vivenciamos uma época em que a sociedade está desacreditada, principalmente com o sistema de justiça criminal. Mas, para a Comarca de Jucurutu o dia é histórico e a sociedade tem motivos reais para voltar a acreditar na nossa Justiça!

O Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Jucurutu está zerado!

Sem acumulo, novos processos poderão ganhar celeridade e serem julgados em apenas dias.

Parabenizo toda a equipe pelo esforço e pelo excelente resultado obtido.” comemora o advogado Dr Leonardo G. de Souza Jr.

Dr. Mark Clark Santiago Andre é o Juiz titular do Juizado Especial da Comarca de Jucurutu.

O blog parabeniza toda equipe pelo empenho, dedicação que fez alcançar a “pauta zero”, feito histórico para a nossa cidade que agora passa a ter seus processos em dia.

Prefeito Valdir visita obras de barramento na zona rural de Jucurutu

O Prefeito Valdir Medeiros vem realizando constantes visitas aos moradores da zona rural do município de Jucurutu. Na última quinta (03), ao lado de Samuel Figueiredo, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, o Chefe do Executivo esteve presente nas comunidades Fechado, Saco Grande, Espinheiro, Soledade e Saquinho do Padre, averiguando obras de barramentos.

“Viemos acompanhar de perto o andamento e a forma como os serviços oferecidos pela prefeitura estão chegando ao campo. Fico feliz em saber que mesmo diante da crise por qual passa os municípios, estados e união; estamos lutando para atender as reivindicações e assim melhorar a qualidade de vida dos jucurutuenses”, destacou o prefeito.

TCE/RN eleva o município de Jucurutu à categoria B+ (Muito Efetiva) na Gestão Pública em Saúde

De acordo com o Índice de Efetividade da Gestão Municipal – IEGM tecnologia implantada pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte – TCE/RN o município de Jucurutu avançou na pontuação quanto à eficácia das políticas públicas no setor saúde.

Dados da ferramenta apontam que em 2015 o município de Jucurutu estava na categoria B (Efetiva), passando em 2016 para categoria C+ (Em fase de adequação), conquistando em 2017 a pontuação B+ que significa Gestão Muito Efetiva nos Serviços de Saúde.

O IEGM/TCERN é apurado anualmente, e é composto pela combinação dos seguintes itens: informações levantadas a partir de questionários a serem preenchidos pelos jurisdicionados, dados e informações extraídos do Sistema Integrado de Auditoria Informatizada do TCE/RN e dados governamentais.

A consulta pode ser feita pelos internautas no link:

Clique Aqui

MPF cobra melhoria nas futuras casas dos moradores desalojados pela Barragem de Oiticica

Perícia apontou diversas falhas na construção das primeiras residências da nova comunidade, das quais 38 sofreram desabamentos no início do ano

O Ministério Público Federal (MPF) ingressou com uma ação civil pública contra o Estado do Rio Grande do Norte, o Consórcio Solo-Consbrasil e a KL Engenharia, por causa dos problemas detectados nas casas que vêm sendo construídas para receber a população transferida do local que será a futura Barragem de Oiticica, em Jucurutu.

A população da comunidade de Barra de Santana – que será transferida para a área que ficou conhecida como Nova Barra de Santana – já vinha denunciando falhas nos imóveis em construção. No início deste ano, 38 casas sofreram desabamento de parte de suas estruturas em decorrência de fortes ventos e chuvas na região.

O fato chamou ainda mais atenção para os possíveis problemas, tanto do ponto de vista do material e da técnicas que vinham sendo utilizados na obra, quanto ao risco que essas falhas podem representar à vida dos futuros moradores.

A Procuradoria da República no Município de Caicó, que vem acompanhando o caso, solicitou a realização de perícia técnica, realizada por expert dos quadros do MPF. O laudo pericial constatou diversas irregularidades na técnica empregada na construção das casas, incluindo concretagem mal executada; piso cedendo; contrapiso mal executado; vazios na argamassa das juntas; estrutura em madeira do telhado apoiada diretamente na alvenaria, sem previsão de estruturas de apoio ou de maiores cuidados na distribuição das cargas; tijolos com furos na vertical; falta de alinhamento da alvenaria; entre outros.

Com base na perícia, a ação civil pública requer a execução das obras de reparo que forem necessárias, após serem analisadas as possíveis soluções técnicas. Já em relação aos imóveis não periciados (ao todo serão 186 casas, sem contar outros prédios públicos), o pedido é para que seja promovido um levantamento que comprove sua adequação, ou não, às normas de segurança. Caso se encontre novas irregularidades, deverão ser tomadas as providências necessárias.

As empresas responsáveis devem garantir ainda, na construção das casas ainda não erguidas, a correção de todas irregularidades apontadas no laudo. O MPF destaca também a necessidade de a União e o Dnocs serem intimados para integrar a a ação, bem como assumirem “uma posição mais ativa na fiscalização das obras”.

Reservatório – A construção da barragem de Oiticica é, atualmente, a maior e mais importante obra do Rio Grande do Norte, com custo estimado em R$ 559 milhões, e financiada com recursos federais. A expectativa é que garanta benefícios diretos e indiretos para meio milhão de pessoas, sobretudo moradores da região do Seridó.

Enquanto as obras físicas da barragem eram realizadas, o Governo do Estado e a Secretaria de Recursos Hídricos (Semarh/RN) aceitaram pedidos do Movimento de Atingidos pela Construção da Barragem de Oiticica e de diversos outros grupos sociais e se comprometeram a promover uma série de ações que minimizariam o impacto da obra na população local.

Comunidade – A Nova Barra de Santana irá incluir cemitério, escola, creche, posto de saúde, centro comercial, quadra poliesportiva, praças, associação de moradores, quiosques, igreja e 186 unidades residenciais, além de sistemas de esgotamento sanitário, de abastecimento de água e de energia elétrica, bem como serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem.

O Consórcio Nova Barra de Santana – formado pela Solo Moveterras Construções e Serviços Ltda. e Consbrasil Construtora Brasil Ltda. – foi selecionado para a realocação da comunidade. A elaboração dos projetos e a fiscalização dos serviços estão sob a responsabilidade da KL Serviços de Engenharia.

Jucurutu: Prefeito iniciou pavimentação nos diques e realiza sonho antigo da população

Valdir Medeiros, prefeito de Jucurutu atendendo reivindicação antiga da população e na campanha prometeu que se ganhasse iria realizar, iniciou neste sábado (10) a pavimentação asfáltica de um dos diques de proteção que cortam a cidade.

Desde a sua construção, a população utiliza os diques para lazer, práticas de exercícios físicos, meditação, apreciando nosso lindo pôr do sol e os desenhos do nosso Rio Piranhas contornados pelas serras e vegetação. Com a realização desta obra, se torna um marco histórico e quem sonhava com uma pista lisinha para caminhar com segurança, está em estado de graça!

Saúde e bem estar são perspectiva dessa orla.

Por meio de convênio com o Ministério do Turismo, a Prefeitura Municipal de Jucurutu iniciou neste sábado, 10 de novembro a pavimentação asfáltica de um dos diques de proteção que cortam a cidade.

Nesse momento será asfaltado 400 metros, partindo da ponte até aproximadamente atrás da casa do estudante. As obras estão sendo executadas pela empresa GTA Construções, que além disso estará executando os serviços de construção de 02 (dois) mirantes e instalação de postes de iluminação pública.

O restante da pavimentação será executado pela empresa Asfalto Construções e Serviços LTDA ME, por meio de convênio com o Ministério das Cidades, onde nos próximos dias estarão começando o serviço.

Essa obra cujo objeto é URBANIZAÇÃO DA ORLA DO RIO PIRANHAS, foi contratada pelo valor de R$ 215.494,38, parte de recurso federal e parte de recurso próprio, e teve sua ordem de serviço emitida no dia 25 de junho de 2018.

“Essa obra vai fortalecer muito o turismo e as práticas esportivas nos diques da cidade, onde a população terá conforto e segurança para trafegarem por lá”, destacou o Secretário de Obras, Fylippe Mello.

Jucurutu: Prefeito reduz o próprio salário, o salário do vice-prefeito e dos secretários municipais

Cada vez mais a população brasileira está descrente e desanimada com os políticos e governantes do nosso país. Não é para menos e não é um sentimento à toa.

Jucurutu, uma cidade que ficou conhecida no Rio Grande do Norte por ser a primeira cidade a extrair ferro no Estado, por ser a cidade do queijo, da bolacha, da lingerie, um cidade pequena mas com fortes  atividades econômicas  como já citado: produção de queijo, laticínios, bolachas, moda íntima e também por aqui, existe ferro a explorar para mais de 40 anos!!!

E mesmo assim a cidade representa um baixo desenvolvimento comparado a outras que não chegam aos pés do que a gente tem…

É sabido que Jucurutu estava sendo administrada por o grupo do deputado Nelter Queiroz, filho da terra há quase 50 anos que fechavam os olhos para as indústrias já existentes e prometiam mais: Fábricas de picolé, de bonés, Universidades e tudo mais… Como explicar uma cidade já com atividades econômicas fortes ao invés de crescer, um levantamento com dados de 2016; segundo o Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) mostrou Jucurutu em 18º lugar na posição de município do ranking IFDM ( Educação, Saúde, Emprego e Renda), estando na frente cidades como: São José do Seridó 1º do Ranking como a cidade mais desenvolvida do Seridó, Bodó, Santana do Seridó, Florânia, São Vicente, Ipueira, entre outras que não tem a mesma “força” econômica de Jucurutu.

Para animar esse mistério, em 2016, no auge da crise o ex-prefeito de Jucurutu filho do deputado Nelter Queiroz, aumentou o próprio salário, da vice e dos secretários e ainda no mesmo dia a Câmara de Vereadores também aumentou os salários em 77%.  O salário de um vereador em Jucurutu era de R$ 3.500. Com o reajuste, o valor passa para R$ 6.200.

Ao conversar com nosso blog o prefeito Valdir disse que a decisão de baixar o próprio salário, do vice e dos secretários, é mais que justa diante da crise financeira que vive o país consequentemente os estados e municípios. Considerando que o município deve se adequar aos limites previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal para despesas com pessoal.

Com a nova medida a decisão já passa a valer para o prefeito, vice e seus onze (11) secretários a partir do pagamento referente a novembro de 2018.

Espero que esse exemplo seja acatado pela Câmara de Vereadores e Jucurutu deixe de ser uma cidade misteriosa e se torne uma cidade virtuosa.

Avante!

 

Conexão Skol RN chega a Jucurutu e junta as pessoas em evento gratuito

O ponto alto da programação gratuita será na noite da quarta-feira (17/10), a partir das 19h, na praça Janúncio Afonso, com shows da banda Circuito Musical e o cantor jucurutuense Alex Pereira.

O Conexão Skol RN – projeto que oferece música, cultura e lazer, de forma gratuita para a população contará com uma programação que vai movimentar o município. O ponto alto será com um grande show na arena montada na Praça Janúncio Afonso, em frente à igreja matriz. Quem abre a festa é o DJ Conexão, em seguida quem assume o palco é o cantor jucurutuense Alex Pereira, e por fim, será o show da banda Circuito Musical. A programação começa às 18h e encerra pontualmente à 0h.

O Conexão Skol RN é um projeto itinerante que leva música e entretenimento para a população de 11 cidades do interior do Rio Grande do Norte, valoriza os artistas locais, movimenta a economia e proporciona acesso à cultura, de forma gratuita, em plena praça pública. O fio condutor do projeto é um palco itinerante, preparado especialmente pela Skol, para a festa. O palco viaja em um caminhão e leva equipamentos de som, luz, e cenografia temática. Após o evento, todos os artistas ganharão um registo audiovisual do show. Atendendo a política de consumo responsável, o projeto Conexão Skol RN não permitirá a venda bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, assim como o consumo em excesso ou associado a bebida e direção. Outra preocupação é com o meio ambiente, todas as latinhas serão destinadas à reciclagem.

O Conexão Skol RN é um projeto da RS Eventos, que conta com patrocínio da Ambev, via Lei de Incentivo à Cultura (Lei Câmara Cascudo), junto à Fundação José Augusto e o Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

MPF discute andamento de obra e de estudos relacionados à Barragem de Oiticica

Iphan embargou parte da área, mas Dnocs prevê que recursos a serem levantados permitirão conclusão até o fim de 2019

O Ministério Público Federal (MPF) se reuniu, em Caicó, com representantes de diversos órgãos envolvidos na construção da Barragem de Oiticica, em Jucurutu. No último dia 29, membros do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Dnocs) e da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh/RN) relataram detalhes da obtenção de recursos para conclusão dos trabalhos, enquanto cinco dias antes foi a vez de o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) tratar das questões ligadas aos sítios arqueológicos existentes na área. Um novo encontro com a participação do Iphan foi realizado nessa segunda-feira, 17, em Jucurutu.

As duas primeiras reuniões foram promovidas pela procuradora da República Maria Clara Lucena, na sede da PRM-Caicó, como parte do inquérito civil aberto para acompanhar e fiscalizar as obras sociais relacionadas à barragem. Na do dia 29, o diretor administrativo do Dnocs, Gustavo Henrique de Medeiros, afirmou existir para este ano R$ 76 milhões já empenhados e outros R$ 56 milhões decorrentes de emendas de bancada aprovadas – mas ainda não empenhados -, totalizando R$ 132 milhões.

Para 2019 existe no Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) R$ 2,5 milhões a serem aprovados, somado a uma emenda de mais R$ 32,5 milhões. O valor atual da obra é de R$ 550 milhões. Parlamentares potiguares, porém, teriam assegurado, em reunião com a comunidade, que irão garantir os recursos para a conclusão da obra até o fim de 2019, através de emendas de bancada.

Também participaram da reunião o procurador do Estado Francisco de Sales e o titular da Semarh, José Mairton França, que levaram informações sobre os valores investidos na realocação dos moradores da região, bem como a respeito das desapropriações e dos respectivos pagamentos. A procuradora da República alertou que uma perícia do MPF já apontou graves falhas estruturais na construção das casas que receberão os moradores realocados.

Quando o laudo definitivo sobre essas falhas for concluído, o documento será encaminhado à Semarh. Os representantes da secretaria afirmaram que a queda de alguns painéis e paredes de alvenaria foi ocasionada por fortes ventos e pela falta de cintas de amarração, mas que não houve queda de casas e o prejuízo caberá à empresa construtora.

Falta de estudos – Na reunião do dia 24, o superintendente substituto do Iphan no Rio Grande do Norte, Márcio Alekssander Granzotto, esclareceu a situação dos embargos. A chamada bacia hidráulica (área alagável da barragem) está totalmente embargada até que seja feito o resgate arqueológico ou a adoção de medidas compensatórias. Além disso, a área da chamada Barragem Auxiliar II e da Jazida Santa Clara estão momentaneamente embargadas, já que ainda não houve renovação do contrato de monitoramento desses espaços (feito por arqueólogos).

Segundo o Iphan, todas as pendências poderiam ter sido evitadas se, durante o licenciamento ambiental da obra, o Instituto de Desenvolvimento e Meio Ambiente (Idema/RN) tivesse acionado o Iphan – bem como a Funai e a Fundação Palmares – para que fossem realizados na área os trabalhos que subsidiariam a chamada Licença Cultural.

De acordo com Márcio Alekssander, se tivesse conhecimento da existência dos sítios arqueológicos antes do início da construção, o Iphan poderia ter solicitado mudanças no projeto para que não fossem atingidas áreas de relevância cultural, evitando os embargos. As obras, no entanto, iniciaram em 2011 e somente em 2013 o instituto tomou conhecimento de ocorrências arqueológicas na área. Houve então um embargo inicial e o Governo do Estado apresentou um diagnóstico que identificava apenas dois sítios de gravura e dois sítios líticos (de objetos/rochas).

No entanto, novas informações foram surgindo e dão conta da existência de outros sítios arqueológicos e painéis de gravuras (mais de 90 no total). O superintendente explicou ainda que tanto a apresentação do diagnóstico quanto do relatório de prospecção – que deveriam ter sido elaborados antes da obra – são obrigações do empreendedor.

TAC – Atualmente, indica o Iphan, cabe ao Governo do Estado promover um novo diagnóstico, com uma “reprospecção” da área, “uma vez que o estudo inicial foi mal feito”. Esses serviços duram, em média, um ano. O instituto propôs que o trabalho seja feito em etapas, permitindo à Semarh controlar o enchimento da barragem à medida que o estudo for sendo concluído.

Caso as medidas necessárias não sejam adotadas, a obra deve continuar embargada, daí a importância de o Governo do Estado agilizar as providências. Para o MPF, é fundamental que o Iphan cobre as ações necessárias, evitando que a barragem fique pronta ainda com as pendências, o que resultaria em muita pressão, inclusive da comunidade, pelo fim dos embargos, independente das solução dos problemas.

A procuradora da República se dispôs, caso necessário, a acompanhar as negociações, inclusive ressaltando a possibilidade de assinatura de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual poderiam ser definidos prazos e sanções. A Semarh, por sua vez, alegou que precisa de uma definição do Iphan quanto aos serviços necessários para o licenciamento cultural e questionou o elevado custo de alguns dos serviços solicitados. Um contato com um arqueólogo já vinha sendo buscado pela Semarh e, após a apresentação dos projetos, o termo de referência deverá ser encaminhado ao Setor de Perícias em Arqueologia do MPF, para análise.

Licenciamento – No último dia 17, uma nova reunião foi realizada a respeito do assunto, tendo sido promovida pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos de Caicó e presidida pelo juiz de Direito Adriano da Silva Araújo, na Câmara de Vereadores de Jucurutu. Na ocasião, o representante do Iphan, Márcio Alekssander, expôs a problemática do licenciamento cultural da barragem ao público em geral e aos representantes dos órgão públicos presentes, além da importante participação do Movimento dos Atingidos e Atingidas pelas obras da Barragem de Oiticica.

Ele relatou o histórico do licenciamento e afirmou que o termo de referência listando os serviços necessários já havia sido encaminhado à Semarh. O Iphan agora aguarda as providências a serem tomadas pelo empreendedor para dar prosseguimento ao licenciamento cultural.

MPRN

 

OUÇA NO BLOG: Primeiro Programa Direto do Gabinete, Prefeitura de Jucurutu

A Prefeitura Municipal de Jucurutu estreou na última sexta-feira 13/07 programa de rádio: ”Direto do Gabinete”. Com o objetivo de prestar contas à população e informar sobre as ações desenvolvidas em cada secretaria, a produção vai ao ar toda as sextas a partir das 13h pela Rural AM 830 de Caicó. A primeira edição de estreia, contou com a participação do prefeito Valdir Medeiros e do Secretário de Esporte e Turismo, Nilsinho Batista.

Ouça programa completo:

Jucurutu: Grande festa de aniversário de Ronaldo Turismo (veja fotos no blog)

Ontem (30/06) foi dia de festa para o jovem trabalhador Ronaldo Turismo que comemorou seu aniversário de 24 anos no Sítio Cacimbas na área de lazer do Bar de “Manel” ao lado de pessoas queridas; amigos e familiares. Na ocasião, artistas da terra se uniram e fizeram a festa gratuitamente para homenagear o dia do querido Ronaldo e foi um verdadeiro show! Passaram pelo palco: Kassinho Diferente e Ray, Dalva Freitas, Alex Pereira, Joice e Kiko Almeida.

O dia foi de muito churrasco feito pelos amigos até o anoitecer!

“O que prezo muito na vida é a amizade, todos vieram tocar de graça na minha festa, por amizade. Sou muito grato à todos” disse Ronaldo

Clique AQUI, Veja no vídeo agradecimentos do aniversariante

Ezequiel solicita recuperação da RN-118, insumos e medicamentos para hospital em Jucurutu

O deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB) está solicitando do Governo do Estado que os trabalhos de restauração estrutural da rodovia RN-118, no trecho entre as cidades de Jucurutu e Caicó, na região Seridó sejam iniciados o mais rápido possível, atendendo assim a um pleito da população de Jucurutu. Ezequiel também pleiteou a destinação de medicamentos e insumos para o Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz Santos, em Jucurutu, referência na região.

 Ezequiel solicitou ao Governador que começasse a estrada de Jucurutu/Caicó por duas frentes, sendo uma equipe em Caicó e outra em Jucurutu. A estrada está em péssima condição de tráfego, prejudicando o transporte de cargas entre municípios do Seridó e do Oeste do Estado. Os motoristas que percorrem o trecho diariamente estão tendo prejuízos com a danificação dos seus carros, em função dos grandes buracos no velho asfalto da rodovia.

 “Temos recebido apelos do povo de Jucurutu para os trabalhos sejam iniciados o mais rápido possível, porque o trecho da rodovia está praticamente intransitável, prejudicando as relações comerciais não só entre Caicó e Jucurutu, mas entre municípios da região Oeste. Além do prejuízo que os motoristas e proprietários sofrem com a avaria dos seus carros há perigo iminente de acidentes, por causa da situação em que se encontra a rodovia”, justifica o deputado Ezequiel Ferreira.

A RN-118 é de grande importância para o desenvolvimento econômico do Seridó, do Vale do Açu e do Oeste do Estado, fazendo a ligação com a rodovia Federal BR-226, em Jucurutu.  O trecho é utilizado diariamente por moradores das cidades de Jucurutu, Caicó, São Rafael, Florânia, Assu e Triunfo Potiguar, entre outros.

Além da preocupação com a recuperação do trecho da rodovia, o deputado Ezequiel também requereu do Governo do Estado a possibilidade da realização de um convênio entre o Estado e o município de Jucurutu, para a aquisição de insumos e medicamentos para o Hospital Maternidade Terezinha Lula de Queiroz.

De acordo com a secretária municipal de saúde de Jucurutu, Marjorie Ovídio, aquela unidade hospitalar tem se tornado referência em saúde pública na região do Seridó, ocupando a posição de destaque em diversos serviços que são ofertados aos usuários do Sistema Único de Saúde – SUS.

Hoje a unidade atende os municípios que são pactuados: Florânia, Tenente Laurentino Cruz, São Vicente, Santana do Matos e Triunfo Potiguar, sem falar no serviço de transporte que é realizado diariamente pelas ambulâncias do município transferindo pacientes em alguns casos específicos.

Julinho Queiroz recebe familiares, amigos e lideranças no Mirante do Vale em Jucurutu

Na mesa: Os vereadores Gilson e Alan, os Secretários Fyllipe e Aecio, O adjunto Célio Alves, César e a família do saudoso Ary Lopes representado por filhas e netos.

Aconteceu durante todo dia deste sábado(9) no Mirante do Vale (Serra de João do Vale, Jucurutu), propriedade dos empresários Júnior e Rosa, um verdadeiro encontro de amigos, familiares, lideranças da cidade, onde os presentes sentiram a boa energia do ambiente e a vista linda do Mirante, ponto turístico na Serra de João do Vale.

O momento contou com a presença de lideranças como a dos Vereadores Alan, Vereador Gilson e Ioneide Queiroz, além dos ex-vereadores Chico Ivo, Sérvulo Lopes, dos secretários e Adjuntos da Gestão Valdir Medeiros: O Secretário de Compras Aécio Nogueira; Secretário de Obras Fylippe Mello e seu adjunto Geraldo; e do Secretário de Esportes Nylsinho e o adjunto de Assistência Social, Célio Alves.

Na oportunidade, também foi discutido assuntos relativos à eleição 2018, como o projeto de reeleição do Deputado Ezequiel Ferreira que é comandado na cidade de Jucurutu pelo líder Julinho Queiroz que está conquistando diversos apoios importantes no município como o Secretário de Compras da Gestão Valdir, Aécio Nogueira.

“Estou muito feliz de estar aqui nesse lindo lugar, entre amigos, uma excelente oportunidade para reafirmar meu apoio ao deputado Ezequiel” disse Aécio Nogueira

Secretário Aécio Nogueira e esposa
Branco e Marquinhos também apoiam Ezequiel
César também reafirma compromisso com Julinho

Vereador Alan prestigia XII Desafio dos Jipeiros e reencontra amigos no Mirante do Vale

O VII Desafio da Serra de João do Vale, fez parte da programação do Vereador Alan neste sábado (09). Após as apresentações dos jipeiros, Alan juntou-se aos amigos no Mirante do Vale. O vereador elogiou o evento e as belezas da Serra.

“O Desafio dos jipeiros é muito importante. Além de movimentar a comunidade, os turistas podem apreciar essa linda paisagem e ter um dia de entretenimento e lazer” disse Alan

Jucurutu: Prefeitura envia projeto de lei para Câmara sobre doação de terreno para a construção do Campus do IFRN

Prefeitura envia projeto de lei para Câmara sobre doação de terreno para a construção do Campus do IFRN em Jucurutu

O prefeito Valdir Medeiros encaminhou para a Câmara de Vereadores de Jucurutu o Projeto de Lei nº 874/2018, que autoriza a doação do terreno para a construção do Campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN. O projeto já foi assinado pelo prefeito e aguarda a aprovação da Câmara.

O terreno em questão foi escolhido após quatro vistorias por uma equipe de seis técnicos do IFRN e preenche toda as condições de infraestrutura exigidas no Plano de Expansão da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, está localizado na Avenida Terezinha Lula de Queiroz Santos, Bairro Freitas, e tem uma área total de 49.304,64m². Quando aprovado, a entidade terá prazo de 4 anos para iniciar a construção do Campus, após a escritura da doação.

O Instituto Federal é uma instituição brasileira de ensino superior, médio técnico e outras modalidades de ensino, vinculada diretamente ao Ministério da Educação.

O prefeito Valdir Medeiros ressaltou a importância da implantação do campus avançado, uma vez que, promoverá um desenvolvimento no cenário educacional do município, bem como garantirá um futuro promissor para os jovens da região.

“Nos colocamos à disposição para doar o terreno, bem como ajudar no que for necessário, pois estamos pensando no futuro do nossos jovens que sonham em ser grandes profissionais através do ensino técnico profissionalizante do IFRN”, enfatizou o prefeito Valdir.

Assecom – Prefeitura de Jucurutu /RN