Gestão Valdir Medeiros, retoma as obras do Hospital com economia de quase 500 mil reais


Após quase sete meses de paralisação, a Prefeitura de Jucurutu através da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos retomou nesta quarta-feira, 25, as obras do Hospital Maternidade Terezinha Lula Queiroz, com a expectativa de continuar a reforma e ampliação da unidade até o final do segundo semestre de 2018.

As obras haviam parado em março. Na época, foram deixadas pendências pela gestão anterior, tais como: falta de apresentação a CAIXA de dados de erros no cálculos dos recursos necessários, ineficiência dos projetos, falta de informação à CAIXA das diversas mudanças executadas nos projetos originais e falta de aprovação da SUVISA (Superintendência de Vigilância Sanitária do Rio Grande do Norte). 

Agora, os recursos para financiar a conclusão do projeto vêm oriundos do Governo Federal e Recursos próprio do Município. 

Segundo a Prefeitura, esse ano foi reapresentado as planilhas e todos os documentos técnicos para reapresentação ao órgão fiscalizador Caixa Econômica Federal. Nesse momento, a planilha de readequação dos serviços apresentou o valor de R$2.338.124,52 centavos, um aditivo de R$262.960,83 centavos que equivalve a 12,67% de acréscimo do contrato inicial. 
Este aditivo permitiu o acréscimo de serviços não previstos inicialmente como : Nova cobertura e novas esquadrilhas que serão entregues ao público com a reforma e ampliação da unidade. 

Vale salientar que esta readequação quando apresentada a caixa, no final da gestão anterior, foi de R$ 717.032,99 ou seja uma diferença de R$ 464.072,16 em relação a planilha de adequação apresentada pela gestão atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *