Jucurutu inicia identificação de geossítios para fomentar o geoturismo na região

Geoparque é um território de limites bem definidos com uma área suficientemente grande para servir de apoio ao desenvolvimento socioeconômico local (UNESCO). Deve abranger um determinado número de sítios geológicos de relevo ou um mosaico de entidades geológicas de especial importância científica, raridade e beleza, que seja representativa de uma região e da sua história geológica, eventos e processos. Poderá possuir não só significado geológico, mas também ao nível da ecologia, arqueologia, história e cultura.

Todas essas características acima nossa Jucurutu possui, em abundância. Assim, entendendo que a interiorização do geoturismo, especialmente aplicado ao nosso Município trará investimentos, geração de emprego, renda e conseqüentemente, movimentação da economia local atrelada à conservação do patrimônio natural, educação ambiental bem como a valorização e divulgação dos nossos pontos turísticos; a Prefeitura Municipal de Jucurutu iniciou a identificação dos geossítios no município como forma de integrá-los ao conceito de Geoparque. Alguns dos geossítios identificados e descritos até o momento são:

  1. Caverna Casa de Pedras;
  2. Sítio Arqueológico Pedra Ferrada;
  3. Pinturas da Serra do Cruzeiro;
  4. Mirantes da Serra de João do Vale; e
  5. Rota da Scheelita, dentre outros.
Geossítio Mirantes Serra de João do Vale
Geossítio Casa de Pedras
Geossítio Pedra do Cruzeiro

Alguns destes foram alvos de matérias jornalísticas vinculadas a nível estadual, como é o caso da Casa de Pedra, na comunidade de Pedra do Navio, cerca de 3 km a NW da cidade de Jucurutu. Estamos fechando parcerias com a equipe multidisciplinar do Geoparque Seridó e outros órgãos e instituições com o objetivo de alavancar nosso inventário sobre os geossítios em Jucurutu.

Dentre as iniciativas, o Prefeito Valdir Medeiros está pleiteando, junto a SETUR e MTUR, a reinserção de Jucurutu como membro efetivo no Conselho do Pólo Turístico do Seridó bem como no Mapa Turístico Brasileiro. Atualmente, em ambas as situações, o Município figura como excluído.

Prefeito Valdir Medeiros solicitando ao Secretário de Estado do Turismo, Ruy Gaspar, a reinserção de Jucurutu no Conselho Turístico do Pólo Seridó, em reunião ocorrida em Caicó/RN.

De acordo com o Secretário-Chefe de Gabinete, Ranieri Almeida, que é Geólogo, “Jucurutu tem um enorme potencial geoturístico facilmente observado pela associação de riquezas no âmbito ambiental, geológico-mineral, arqueológico e cultural as quais são muito peculiares e estavam completamente inexploradas. Associar todas essas vertentes no âmbito do desenvolvimento sustentável e focar na geração de renda, fomento ao turismo e geração de empregos é uma meta para a nossa gestão. Outro pilar é a formação de parcerias fortes, as quais já estão sendo viabilizadas, de modo a também contribuirmos para o crescimento da atividade geoturistica não somente em nosso Município, mas também regionalmente e, com isso, fortalecer a marca Seridó. Envolveremos entidades, organizações, escolas e todas àquelas pessoas que quiserem somar, positivamente, para o crescimento de Jucurutu e da região do Seridó”.

Para Francinilson Batista, Secretário Municipal de Esportes e Turismo, “Jucurutu entrará na rota do turismo regional do Estado. Vamos iniciar várias ações de divulgação de nossas potencialidades geoturísticas, de modo a começar a mostrar para todos o quanto nossa Jucurutu, e toda a nossa região do Seridó, é rica e cheia de atrativos.”

Pra dar o pontapé inicial para apresentação das potencialidades do Município sejam elas naturais ou artesanais; Jucurutu participará da 3ª Feira dos Municípios e Produtos Turísticos do RN em paralelo ao 8º Forum de Turismo do RN.

 

 

Fonte: Gabinete Civil – Prefeitura Municipal de Jucurutu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *