Jucurutu: Prefeitura promove Feira de Ações Estratégicas e Fórum Comunitário do Selo Unicef

A Secretaria Municipal de Assistência Social por meio da Prefeitura Municipal de Jucurutu promove nesta quarta-feira (8) a Feira das Ações Estratégicas e a Assembleia do Segundo Fórum Comunitário na programação da quarta edição do Selo UNICEF no Semiárido brasileiro.  A feira começa às 8 horas e se estende até às 10 horas, na quadra de esportes Ailson Lopes. Em seguida será realizado o Segundo Fórum Comunitário, das 10 às 12h30 no Centro de Referência da Assistência Social-CRAS.

O Selo UNICEF- Município Aprovado é o reconhecimento internacional que o município pode conquistar pelo resultado dos seus esforços na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes. A partir de diagnóstico feito pelo UNICEF os municípios que se inscrevem passam a conhecer melhor sua realidade e as políticas voltadas para a infância e a adolescência.

Com dados concretos e participação popular, o município tem condições de rever suas políticas e repensar estratégias de forma a alcançar os objetivos buscados, que estão relacionados aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio.

“É importante a participação de todos os segmentos da nossa sociedade, notadamente os que se preocupam com a redução das desigualdades que afetam as crianças e adolescentes de Jucurutu, garantindo assim os seus direitos. Para o UNICEF uma tarefa das mais importantes da humanidade deve ser assegurar às crianças e adolescentes um espaço de cidadania. Esse espaço passa necessariamente pela elaboração e execução de políticas públicas que garantam o pleno desenvolvimento físico, mental e emocional, de crianças e adolescentes. Um processo que deve ser iniciado no município onde a criança vive”, afirma a secretária de Assistência Social e Articuladora do Selo Fabiana Monteiro.

No Semiárido brasileiro vivem cerca de 11,5 milhões de crianças e adolescentes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e de acordo com o Ministério da Saúde, a taxa de mortalidade infantil na região é 11% superior a média nacional. Já os dados do Ministério da Educação registram que o abandono do ensino fundamental é 85% que a média brasileira.

As ações estratégicas estão alinhadas com os sete direitos associados aos objetivos específicos do Selo que são: Sobreviver e se desenvolver, Aprender, Proteger-se e ser protegido do HIV/Aids, Crescer sem violência, Ser adolescente, Se prioridade nas políticas públicas e Brincar, praticar esportes e se divertir. Direitos estes associados aos oito objetivos do Milênio.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *