Hermano defende distribuição de mudas para revitalização da cajucultura no RN

hermano

O deputado Hermano Morais (PMDB) fez uma visita de campo nesta segunda-feira (27) à Fazenda Novo Oriente, no município de Severiano Melo, para conhecer um projeto piloto do cultivo de caju através de cajueiros precoces. O parlamentar, que é presidente na Casa da Frente em Defesa do Setor Produtivo, relatou a experiência em plenário na manhã de hoje (28) e defendeu um maior incentivo ao setor, como a distribuição de mudas para reativar o cultivo.

“Em virtude da seca prolongada e da Mosca Branca, que atinge diretamente os cajucultores, o setor tem vivido uma crise, com risco até de ser extinto. É preciso que haja incentivo e ações para revitalizar esse cultivo, que movimenta a economia, gerando emprego e renda e ainda é um item importante na pauta de exportação do Estado”, afirmou o parlamentar.

Para Hermano, tendo como base a experiência visitada no município do Oeste potiguar, o apoio e assistência técnica aos agricultores são fundamentais para que o setor possa garantir bons resultados. “A Emparn, a Emater, a Embrapa dão apoio aos agricultores. O Banco do Nordeste também esteve presente e se colocando à disposição para financiamento de crédito para o setor”, complementou.

Hermano Morais defendeu a distribuição imediata pelo Governo do Estado de 10 milhões de mudas e a criação de uma câmara técnica por parte da Secretaria de Agricultura do Estado. “Há uma expectativa de que o inverno seja regularizado, então essas mudas, principalmente do cajueiro precoce, precisam ser distribuídas urgentemente para que os agricultores possam reativar a cultura do caju e os produtos beneficiados, como castanha, polpa, doces”, disse ele.

O parlamentar também relatou viagem que fez a Brasília e voltou a defender ações para reativar a cultura no Nordeste e ainda a criação do FunCaju, um fundo de apoio a cultura do Caju no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *