Presidente da Assembleia prestigia 1ª sessão ordinária do Parlamento Jovem

AL JOVEM

O plenário da Assembleia Legislativa promoveu nesta segunda-feira (16) a primeira sessão ordinária do Projeto Parlamento Jovem. Dezessete parlamentares estiveram presentes e discutiram sobre saúde, esporte e, principalmente, benfeitorias nas escolas da rede pública, sendo solicitadas reformas estruturais, melhorias nas quadras esportivas e recomposição no quadros de professores.

 “Este é um projeto de autoria da deputada Márcia Maia (PSDB) que visa o compartilhamento do conhecimento produzido na Casa Legislativa. Nossa juventude é nosso futuro e fomentar o gosto pela política é papel do projeto Parlamento Jovem. Por isto, temos que apoiar e aplaudir as iniciativas destes jovens deputados”, salienta o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), que participou da primeira sessão ordinária do projeto. O deputado Gustavo Fernandes (PMDB) também prestigiou a sessão.

Durante o a primeira sessão foi lida a ata da sessão de posse dos jovens deputados e em seguida os representantes da juventude potiguar apresentaram seus requerimentos e proposições. O presidente do Parlamento Jovem, João Ramalho da Costa Júnior (E.E. Floriano Cavalcanti) solicitou mudanças no Projeto Parlamento Jovem para que um representante do grupo tenha presença assegurada nas audiência públicas do Legislativo, mas para isto pleiteia ajuda de custo para deslocamento e alimentação do jovem deputado. “Também discutimos a necessidade de uma reunião preparatória antes das sessões ordinárias que são mensais”, explica.

 O jovem parlamentar Artur Galvão (E.E. Jacumaúma, Arês) apresentou duas demandas de suas comunidade escolar. “A recuperação da quadra esportiva se arrastar desde a gestão Rosalba Ciarlini. E outra carência na escola é o quadro incompleto de professores causando grande dificuldades para o aprendizado de todos”, detalha.

 O Projeto Parlamento Jovem já contou com a participação de 353 estudantes como candidatos em suas cinco edições. Até agora 16.743 estudantes votaram para escolher 120 representantes de 54 escolas públicas e privadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *