Jucurutu: Governo Federal se nega a assinar TAC com prazo para as obras sociais em Barra de Santana.

image1

O Governo Federal, através do DNOCS confirmou ao Ministério Público Federal, não ter interesse na assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta, proposta pelo procurador Bruno Lamenha, fixando prazos para a realização das obras sociais, dentre elas a construção da nova Barra de Santana, e o cemitério da comunidade. A informação foi confirmada pelo próprio procurador, que não descarta agora partir para uma Ação Judicial.

“A nossa participação vai ser até o final da obra, e que a gente possa garantir aos agricultores o respeito aos seus direitos. O MPF não vai sair de cena, e vamos procurar alternativa e possivelmente intensificar sua atuação, no sentido de garantir que os órgãos públicos respeitem o direito à moradia dessas pessoas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *