Hemonorte apela por mais doação de sangue no RN

O Hemocentro do Rio Grande do Norte precisa de sangue de todos os tipos. Os estoques estão em níveis críticos e o fornecimento de sangue e hemocomponentes para a rede hospitalar está comprometido.

No momento, o Hemonorte tem em estoque pouco mais de 300 unidades, número bem abaixo do necessário para suprir a demanda diária. “Para que possamos atender a rede hospitalar precisamos ter em estoque 600 bolsas de sangue pronta para uso. Hoje estamos bem aquém desta realidade. Para se ter uma ideia, sangue do tipo AB- (negativo) está zerado,” ressaltou a diretora geral do Hemocentro, Linete Rocha.

O sangue não tem substituto e por isso a doação voluntária é fundamental. Pode doar sangue qualquer pessoa que tenha entre 16 e 69 anos e mais de 50 quilos, além de não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas, não ter tomado a vacina contra a gripe nas últimas 48 horas, não ter tido hepatite após os 11 anos de idade. Os jovens com 16 e 17 anos podem fazer sua doação acompanhados de um responsável legal. Os intervalos para doação são de 60 dias para homens e de 90 dias para mulheres, com o máximo de quatro doações ao ano para o homem e três doações para a mulher.

O Hemocentro do RN é responsável por cobrir 100% dos hospitais públicos e mais os leitos dos planos de saúde cadastrados. Para doar a pessoa deve procurar as unidades de coleta de sangue que estão localizadas em Natal, Pau dos Ferros, Mossoró, Caicó, e Currais Novos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *