George Soares requer soro antiofídico para hospitais do interior do Estado

GEORGE SOARES

Deputado diz que falta do medicamento põe em risco a vida de vítimas de cobras

O soro antiofídico é um medicamento para tratar mordidas de cobras venenosas. Preocupado com a falta do produto no hospital regional Nelson Inácio dos Santos, em Assu, o deputado George Soares (PR) encaminhou ofício ao governador Robinson Faria (PSD) solicitando providências para suprir os hospitais do interior com o soro antiofídico polivalente.

“A única terapia efetiva para tratamento de pessoas picadas por cobras é o soro antiofídico, que deve começar a se aplicado, de preferência, na primeira meia hora após o acidente. A falta desse soro coloca em risco a vida de pacientes acidentados com picada de serpentes, principalmente do tipo jararaca e cascavel, que têm que ser transferidos para o hospital Giselda Trigueiro, em Natal”, justifica o parlamentar.

Ainda de acordo com o deputado, somente o tempo de viagem já coloca em risco a vida da pessoa, sem levar em consideração o deslocamento da área rural até a unidade hospitalar.

George Soares registra em seu requerimento que existem vários tipos de soro antiofídico, sendo um para cada tipo de cobra, mas caso a espécie causadora do acidente não seja identificada, prevalece o uso do soro polivalente. “Em nossa região o soro utilizado é o polivalente, o antibotrópico e o anticrotálico”, salienta o deputado via requerimento encaminhado à Secretaria de Saúde Pública do Estado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *