Violência: Estudante de pedagogia é morto a tiros durante assalto em Natal

Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos (Foto: Arquivo pessoal)
Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos
(Foto: Arquivo pessoal)

Do G1RN – Um homem foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (6) durante um assalto no bairro de Nazaré, na Zona Oeste de Natal. De acordo com a Polícia Militar, os criminosos levaram o celular da vítima. Ninguém foi preso.

O crime aconteceu na rua Raimundo Filgueira. Estudante de pedagogia, Joaquim Zacarias da Silva Neto, de 29 anos, tinha deixado a namorada em casa quando foi abordado por dois criminosos em uma moto. Eles atiraram e a vítima foi atingida na cabeça e no tórax. Joaquim ainda foi socorrido, mas morreu dentro da ambulância.

A polícia não sabe se Joaquim reagiu ou não ao assalto. O caso vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Gargalheiras recebe recarga e já pode abastecer Acari

gargalheiras

As recentes chuvas que caíram no estado trouxeram um pouco mais de esperança ao potiguar. Alguns reservatórios que estavam completamente secos receberam alguma recarga e foi possível ter uma sobrevida para seus usos. Um deles foi a Barragem Eurico Gaspar Dutra, também conhecida como Gargalheiras, em Acari no Seridó. De acordo com o último levantamento realizado pelo Instituto de Gestão de Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN), no dia 07/04 o reservatório recebeu 1.286.396 metros cúbicos nos últimos dias.

Comparando com o levantamento do dia 21/03 o reservatório teve um aumento de 2,89% em sua capacidade, visto que ele tinha naquela data apenas 0,02%. Uma reserva de apenas 9.755 metros cúbicos hoje já tem o volume de 1.296.151 m³.

Devido à baixa quantidade a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) não usava a água do reservatório para abastecer a população de 11.012 habitantes da cidade de Acari desde setembro de 2015. Todavia, após análise do IGARN já existe a previsão de que em 15 dias a Caern já esteja liberada para usar o recurso hídrico do reservatório para o uso humano daquela cidade.

Dourado

Outra notícia também animadora é que o Açude Dourado, localizado em Currais Novos, que estava seco, após as recentes precipitações já tem 50,50% de seu volume restabelecido, faltando 1,6 metros para a sua sangria.

Ao transbordar as águas do Açude Dourado seguem para o reservatório de Gargalheiras, e dessa forma, aumentando ainda mais o volume existente na barragem.

Umarizal: Aluno da rede estadual apresentará projeto científico nos EUA

Kevin Danuway é estudante da Escola Estadual 11 no município de Umarizal
Kevin Danuway é estudante da Escola Estadual 11 no município de Umarizal 

Buscando uma forma de combater o mosquito Aedes aegypti, Kevin Danuway Oliveira Alves, estudante da Escola Estadual 11 de Agosto, desenvolveu um produto natural que conquistou importante premiação na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da USP (Febrace), realizada no período de 15 a 17 de março deste ano, na USP (Universidade de São Paulo), em São Paulo.

Ganhador na categoria das ciências exatas, o estudante potiguar foi convidado a participar da The Intel International Science and Engineering Fair (Feira Internacional de Ciências e Engenharia Intel), que será realizada entre os dias 8 e 13 de maio na cidade de Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos.

O trabalho “Avaliação do Uso do Extrato da Semente Folha e casca da Fruta do Conde (Annon Squamosa) no Combate ao Aedes aegypti e Cryptote brevis”, desenvolvido por Kevin Oliveira, surgiu para diminuir os impactos ambientais causados pelo uso indiscriminado dos inseticidas. “Acreditamos que a utilização de inseticidas naturais possa ser o método mais viável no controle alternativo das pragas”, disse o aluno em seu projeto científico.

Kevin Oliveira ganhou na Febrace o prêmio Intel ISEF, o prêmio da  Abritec (empresa brasileira na área de informática), sendo o melhor  projeto do Rio Grande do Norte e o segundo lugar em ciências exatas no Brasil.

Localizada em Umarizal, região Oeste do Rio Grande do Norte, a Escola Estadual 11 de Agosto é referência em projetos de inovação científica. Na execução do projeto vitorioso, o jovem estudante Kevin Oliveira contou com a ajuda do professor orientador Bruno Bezerra, e do coordenador José Everton Pinheiro Monteiro.

Governo injeta cerca de R$ 1 milhão na economia de Lajes e Santana do Matos

Microcrédito-do-Empeendedor_Demis-Roussos-2

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) e em parceria com a Agência de Fomento do Rio Grande do Norte (AGN/RN) entrega neste domingo (10.04), às 11h, na Casa de Cultura, em Lajes, 250 cheques provenientes do Programa de Microcrédito do Empreendedor. A expectativa é que aproximadamente R$ 1 milhão sejam injetados na economia das cidades de Lajes e Santana do Matos.

Os cheques serão entregues dentro do Projeto Vila Cidadã, que estará no sábado (09.04) em Pedro Avelino e no domingo, em Lajes. O Projeto Vila Cidadã é executado pela Sethas e oferece um dia de cidadania, lazer, educação e uma série de serviços para a população dos municípios.

 O que é o Microcrédito?

O programa Microcrédito Empreendedor financia com até R$ 3 mil o empreendedor informal e com até R$ 6 mil o empreendedor formalizado, atendidos individualmente ou em grupos de três a cinco pessoas. As taxas de juros são de 1,5% ou 1,7% ao mês. O prazo para pagar o financiamento é de até 12 meses, com bônus de 100% dos juros para quem pagar em dia.

Expectativa

No ano de 2015, o programa chegou a mais de 20 municípios do Rio Grande do Norte e a expectativa é que até o final de 2018, os recursos investidos pelo Governo do Estado no Programa cheguem a R$ 40 milhões, beneficiando cerca de 20 mil empreendedores em todo o estado.

 

 

 

 

Enquanto isso Jucurutu….

Veja 23 franquias a partir de R$ 2.990 que prometem retorno em até 1 ano

Oportunidades-de-Negocios

O prazo de retorno do investimento é um dos pontos a serem considerados ao investir em uma franquia. As oportunidades começam com investimento a partir de R$ 2.990, caso da Koala Car, rede de lavagem a seco de automóveis, até negócios como o da Único Asfaltos, rede que vende asfalto em sacos, que exige aporte de R$ 312,8 mil.

A Impacto Mídias Alternativas estima o menor prazo de retorno do aporte: a partir do segundo mês.

O  maior prazo é de um ano. Das redes pesquisadas, 11 preveem esse período:  Macpoli, Light Depil, Miss Hollywood, Disk Fácil, Emagrecendo, Emagrecendo Fitness, Ice Creamy, Maria Brasileira, Acquazero e Ideia Midia.

A Encontre Sua Viagem prevê dois prazos diferentes: no modelo home office, três meses, e, no modelo loja, a partir de um ano.

Engenheiro diz que teve retorno em 11 meses

O engenheiro Leonardo André Carmona, 34, tem uma loja da Acquazero, em São Paulo, há três anos e diz que conseguiu recuperar o investimento, que ele não sabe precisar o valor – hoje o custo é de R$ 60 mil -, em 11 meses. O prazo estimado pela rede é a partir de 12 meses.

O motivo, segundo ele, foi a escolha do ponto. “Abri a franquia em um prédio comercial. Então, o público gostou da comodidade de entregar as chaves quando chega ao trabalho e encontrar o carro limpo no final do expediente.” Ele diz que seu faturamento mensal é de R$ 17 mil e o lucro é de R$ 7 mil.

Administrador afirma que recuperou em 8 meses

Para o administrador de empresas Oswaldo Julio Brancam Rafael, 31, dono de uma franquia da Único Asfaltos desde 2014, em Sorocaba (99 km a oeste de São Paulo), o que contribuiu para ele ter o retorno rápido do investimento, de R$ 320 mil, foi a identificação do público-alvo logo que iniciou o negócio.

O empresário afirma que conseguiu recuperar todo o capital aplicado em oito meses. A expectativa inicial da rede era de 12 meses. Ele não revela faturamento e nem lucro.

“Eu sabia que precisava investir em concessionárias de rodovias, condomínios, empreiteiras, setor de água e esgoto, entre outros. A demanda fez com que eu tivesse um retorno rápido. Afinal, todas as cidades têm problema com buraco. E isso facilitou que meu negócio prosperasse.”

Esteticista confirma prazo de franquia

A esteticista Viris Vaz da Costa, 32, é dona de uma unidade da Emagrecentro, em Ribeirão Preto (313 km a norte de São Paulo), há dois anos e diz que conseguiu recuperar o investimento de R$ 100 mil no prazo de 12 meses estimado pela franquia.

Para ela, o que facilitou o resultado foi ter atuado com uma equipe enxuta até conseguir recuperar todo o dinheiro aplicado no negócio. “Eu trabalhava praticamente sozinha no começo. Limpava a clínica, atendia ao telefone e fazia as massagens.” A empresária não revela faturamento e lucro.

Muita cautela

Segundo Claudia Bittencourt, diretora da consultoria de franquias Grupo Bittencourt, é possível obter um retorno rápido do investimento em negócios com baixo investimento.

No entanto, o prazo apontado como o ideal por consultorias, Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e outras entidades para se atingir o equilíbrio da empresa e começar a lucrar é de dois anos.

Bittencourt diz que o empreendedor que deseja abrir uma franquia deve estudar muito bem a rede antes de fechar o negócio. “A franquia pode apresentar resultados atingidos em um caso excepcional das suas unidades para passar a simulação, e não necessariamente a realidade da maioria das lojas.”

A consultora afirma que o ideal é que o interessado ligue para alguns franqueados de forma aleatória ou, até mesmo, vá a uma unidade pessoalmente, e questione o empresário sobre o suporte que ele recebe da rede e se ele conseguiu recuperar o seu investimento no prazo estimado.

Fonte: Uol

 

Idoso fica noivo do amor de sua vida 72 anos após pedi-la em casamento

tumblr_inline_o57vaakDqY1tjq66k_1280

Um veterano de guerra e herói do “Dia D” noivou com o amor de sua vida 72 anos após pedi-la em casamento pela primeira vez.

Roy Vickerman, de 90 anos de idade, e Nora Jackson, de 89, estão  noivos. Eles se conheceram em 1940 na escola em Bucknall, Staffordshire, no Reino Unido. Os dois se apaixonaram e ficaram noivos em 1944, quando tinham 18 anos, uma semana antes do jovem militar partir para lutar no “Dia D”, na Normandia, França.

Depois que voltou da guerra o relacionamento acabou e cada um deles se casou com outras pessoas, constituindo famílias com filhos e netos.

Atualmente os dois perderam os respectivos companheiros. Roy encontrou sua namorada de infância após contar sua história em um programa da rádio BBC. Os produtores descobriram o endereço da idosa e passaram para Roy.

Sem saber se Nora era casada ou não, o mandou flores para a amada como um pedido de desculpas pela maneira como o relacionamento deles havia acabado.

 

Com informações do Metro.

Crédito da Foto: SWN

Fonte: Yahoo Notícias

Aligátor de 4,5m e 360kg é capturado e morto nos EUA

ALIGÁTOR

Sem dúvidas o animal mais próximo dos dinossauros que temos na Terra hoje são os dinossauros. Só isso já seria credencial para eles serem seres assustadores, mas alguns têm tamanhos que os tornam ainda mais amedrontadores.

Foi o caso de um aligátor, espécie de crocodilos típica dos Estados Unidos, que foi capturada na Flórida. O animal tinha nada menos do que 360 quilos e 4,5 metros de comprimento. E foi caçado por dois dos mais experientes caçadores do local.

A caçada, dizem os responsáveis por abater o animal, foi bastante difícil. Precisaram usar alguns dardos e afirmam que o fizeram pois ele estava matando vacas e outros animais de fazendo da região de Okeechobee, onde a captura foi feita.

“É até difícil acreditar que algo tão grande e destruidor exista na natureza. Mas caçar é um modo de vida para nós e por isso é claro que estamos bastante orgulhosos da presa que conseguimos abater. Seu tamanho aumenta nosso feito”, afirma Blake Godwin, um dos caçadores.

Acredita-se que o aligátor em questão tinha 100 anos. A carne do animal será doada para institutos de caridade para que possa servir pessoas carentes. Já a carcaça do bicho gigantesca deverá ser empalhada e ficará com algum dos dois caçadores.

Yahoo Notícias

Jornalistas australianos são acusados de sequestro de crianças no Líbano

A repórter Tara Brown e sua equipe estão sendo investigados pelo rapto de duas crianças (Foto: Paul Miller/AAP Image/AP)
A repórter Tara Brown e sua equipe estão sendo investigados pelo rapto de duas crianças (Foto: Paul Miller/AAP Image/AP)

Quatro jornalistas australianos foram detidos no Líbano por estar supostamente envolvidos no sequestro de duas crianças em Beirute, informou nesta quinta-feira (7) a polícia libanesa.

A repórter Tara Brown e sua equipe estão sendo investigados pelo rapto quarta-feira de duas crianças de 6 e 4 anos no bairro de Hadez, no sudeste da capital libanesa, explicou a polícia em comunicado.

As crianças foram levadas por três homens armados quando esperavam o ônibus escolar acompanhadas de sua avó, que foi agredida, segundo a agência oficial libanesa “ANN”.

Os jornalistas estavam no Líbano fazendo uma reportagem para a emissora australiana “Channel 9”, que informou sobre a detenção de Brown e sua equipe.

A emissora indicou em uma nota que está em contato com as autoridades libanesas para conseguir a libertação dos repórteres e seu retorno à Austrália o mais rápido possível.

Segundo o grupo de imprensa australiano Fairfax, os jornalistas estavam filmando a operação de uma agência privada especializada na recuperação de crianças.

A mãe das crianças, a australiana Sally Faulkner, mantém uma disputa com seu ex-marido libanês pela guarda dos filhos e supostamente teria ligado para o ex para falar que os menores estavam com ela, informaram os meios de comunicação libaneses.

Aparentemente, o pai rejeitou devolver as crianças para Faulkner depois que estes passaram suas férias no Líbano, onde a guarda é em geral outorgada ao progenitor.

G1

Papa Francisco realiza desejo de menina de 6 anos que vai ficar cega

Elizabeth Myers vive em Ohio e sofre a Síndrome de Usher.  Pontífice abençoou seus olhos e a presenteou com um rosário.
Elizabeth Myers vive em Ohio e sofre a Síndrome de Usher.
Pontífice abençoou seus olhos e a presenteou com um rosário.

O papa Francisco realizou nesta quarta-feira (6) o desejo da pequena Lizzy, uma americana de 6 anos que está para perder a visão devido a uma doença genética.

Acompanhada por seus pais e sua irmã mais nova, Lizzy, abraçou e conversou com o pontífice, que abençoou seus olhos e a presenteou com um rosário.

Elizabeth Myers, ou Lizzy, vive em Belleville, Ohio, e sofre a Síndrome de Usher, um transtorno genético raro que combina perda auditiva parcial ao nascer e a perda gradual da visão na infância.

Uma companhia aérea turca ofereceu passagens para a família, que desejava viajar ao Vaticano para conhecer o papa.

Os pais da menina decidiram aproveitar a visita à Itália para mostrar a ela importantes obras de arte para que possam ficar gravadas em sua memória.

O globo

Suspeito de ofensas raciais contra jogador é identificado pela Polícia Civil

pedroivo

Uma investigação conduzida pela Diretoria de Polícia Civil da Grande Natal (DPGRAN) identificou que as ofensas proferidas contra o jogador Pedro Ivo, do time América, foram escritas e divulgadas por Romário Monteiro Nunes da Costa, 23 anos. O rapaz, que é morador da cidade de Apodi, confessou em interrogatório que proferiu as ofensas em um momento de raiva.

No dia 16 de março de 2016, Romário Monteiro publicou no perfil oficial do time América a seguinte postagem: “Olhar o nivel que o america chegou ate um macaco vira titular no time,serie d a vista lamentavel. (sic)”. De acordo com o delegado da DPGRAN responsável pela investigação Júlio Costa, Romário Monteiro confessou a autoria do crime, e arrependeu-se alegando que o comentário foi feito em um momento de raiva, em face da desclassificação do clube. Ainda segundo o delegado, o autor da injúria postou um vídeo de retratação na página do Facebook do time pedindo desculpas pelo ocorrido, o que fez com que o jogador não prosseguisse com o inquérito.

“A prisão não foi realizada, pois não houve flagrante, já que o comentário foi enviado pela rede mundial. Já o inquérito será instaurado na Delegacia Municipal de Apodi, pelo fato de ele ter enviado a mensagem injuriosa de lá. O jogador, vítima da injúria racial, decidiu não dar mais prosseguimento ao caso pela atitude de Romário, de se retratar, e pedir desculpas em vídeo”, revela o delegado responsável pela investigação, Júlio Costa.