SEJURN participa da abertura da III Conferência Estadual de Direitos LGBT

CONFERÊNCIA LGBT

O Governador Robinson Faria e a Secretária Extraordinária de Juventude, Divaneide Basílio, acompanharam na noite desta quarta-feira (16/03) a abertura da III Conferência Estadual de Políticas Públicas e Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais do Estado do Rio Grande do Norte. A Conferência ocorre do dia 16 a 18 de Março de 2016, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves – CEMURE, em Natal/RN.

A produção do evento está sendo coordenada pela Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania (SEJUC), através da Coordenadoria dos Direitos Humanos e Defesa das Minorias – CODEM, e tem como objetivo discutir políticas públicas para combater a discriminação e para a promoção dos direitos humanos da comunidade LGBT potiguar. 

O Governador Robinson Faria lembrou do compromisso de sua gestão em promover os Direitos para a população LGBT e no combate à LGBTfobia. O Chefe do Executivo Estadual aproveitou a abertura da Conferência para anunciar a criação do Conselho Estadual dos Direitos LGBT. 

A Secretaria Extraordinária de Juventude do RN – SEJURN faz parte da Comissão Organizadora Estadual da Conferência e encampa essa bandeira da Juventude LGBT do Rio Grande do Norte, como reafirmou a Secretária Divaneide Basílio: “A SEJURN desde a convocação da Conferência vem mobilizando e participando ativamente na organização do evento. A criação do Conselho Estadual dos Direitos LGBT é mais uma demonstração da preocupação que o Governo do Estado tem com esse grupo”.

O evento possui os seguintes objetivos: avaliar a efetividade das políticas públicas para enfrentamento a violência praticada contra a população LGBTT, tendo em conta o pacto federativo e a relação entre os três poderes; propor estratégias para enfrentar a discriminação da população LGBTT em decorrência de sua orientação sexual e/ou identidade de gênero; articular e integrar, a partir de avaliação, o Sistema Nacional de Promoção da Cidadania e Enfrentamento a Violência com as demais políticas públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *