Cabo da PM evitou que mulher cometesse suicídio na Ponte Newton Navarro

Um Policial Militar do RN conseguiu evitar uma tragédia ao impedir que uma mulher cometesse suicídio em Natal. O Fato ocorreu na manhã do dia 23 de fevereiro, quando o Cabo da PM Abraão Sollon Oliveira Gomes, em seu dia de folga, estava atravessando a Ponte Newton Navarro conduzindo um veículo quando suspeitou da atitude da mulher que estava próxima a grade de proteção, momento em que ele parou e buscou ajudá-la.

O Policial conversou com a vítima para acalmá-la e se aproximar dela, no momento em que ela iria se jogar da ponte, ela a segurou e a imobilizou. Em seguida, ele recebeu o apoio da equipe de serviço do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal.

“Nada além de minha obrigação, mas graças a Deus que tocou em meu coração no exato momento em que a senhora ia pular da ponte Newton navarro. Esse que vos fala ia passando de moto e notei aquela mulher em situação estranha na sacada da ponte, resolvi voltar e tentar ajudar. Em conversa ela, relatou-me que estava com problemas familiares/conjugal e que não servia para nada nem para ninguém, demonstrando assim, um aparente quadro de depressão. Em mais conversa, a mesma, afirmou-me que realmente ia pular para resolver todos seus problemas, dai comecei a falar sobre Cristo, das coisas belas que a vida oferece, e que isso não ia resolver tal situação, e ela insistia em querer pular. Depois de muita conversa consegui tirá-la do apara peito da ponte, trazendo-a para trás, fazendo com que ela se sentasse na mureta de proteção, daí chegou o apoio da Guarda Municipal de Natal e a conduziu”, disse o Cabo Gomes.

Cabo Gomes atualmente é integrante do Grupamento Tático do Município de Parnamirim, e ingressou na instituição desde o ano de 2000.

O Comandante da Guarda Municipal de Natal, Flávio Vieira da Silva, encaminhou um ofício ao Comandante Geral da PMRN, Coronel PM Dancleiton Pereira Leite, elogiando a ação do Cabo Gomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *