Mulheres são as que mais formalizam empresas no Brasil

mulher-empreendedora-entrevista
No RN, a taxa de crescimento do empreendedorismo feminino também avançou

Da Agência Sebrae de Notícias – Em uma década, as mulheres foram as que mais formalizaram empresas no Brasil. Em 2013, 85,1% das empregadoras registraram seu empreendimento no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) contra 76% dos homens.   É o que mostra o Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas, realizado pelo Sebrae em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), entre 2003 e 2013.

Em dez anos, subiu de 21,4 milhões para 23,5 milhões o número de pessoas que tinham um negócio próprio (empregadores e conta própria). Em 2013, os homens que correspondiam a 16,2 milhões de pessoas eram maioria nesta ocupação (69%), e as mulheres totalizavam 7,3 milhões. Porém, a taxa de crescimento das mulheres nos negócios (1,5% ao ano) foi o dobro da registrada para os homens (0,7% ao ano). 

No Rio Grande do Norte, a taxa de crescimento do empreendedorismo feminino também registrou avanços. Em 2003, 21,9% das potiguares trabalhavam por conta própria ou eram empregadoras. Uma década depois, esse percentual subiu para 23%, passando de 100 mil para 135 mil empreendedoras. 39,6% das mulheres potiguares que empregam estão à frente de microempreendimentos. O restante é comandado por homens.

Outra curiosidade levantada pelo estudo, é que o percentual de mulheres empregadoras nos micro empreendimentos que contribuem para a Previdência Social (71,3%) é maior que o de homens (63,7%).

Em relação à ocupação setorial, 85,8% das mulheres empregadoras e as que trabalham por conta própria estão ligadas aos setores de comércio e serviço. Já sobre o perfil das mulheres empreendedoras (empregadoras e conta própria), o anuário mostra que 57,8% delas têm entre 40 e 64 anos, 25,4% são negras e 53,8% têm Ensino Superior completo, enquanto o percentual dos homens com essa escolaridade é de 41,7%.

Sobre os empregos gerados, a participação das mulheres no total de empregos formais passou de 33,9% e, 2003, para 38,2%, em 2013. Das mais de 30 mil assalariadas, em 2013, 16,8 mil tinham carteira assinada. De 2003 a 2013, a construção civil registrou a maior taxa de crescimento dos empregos formais das mulheres nas micro e pequenas empresas, 179,6%.

 O estudo mostra que a média salarial da mulher é menor que a do homem. Em 2013, enquanto as mulheres ganhavam em torno de R$ 1.522, eles recebiam R$ 2.091. A região Sudeste registrou a maior média de renda entre as mulheres, R$ 1.707. Em relação aos setores, somente na construção é que a renda delas (R$ 1.919) é maior que a dos homens (R$ 1.870).

Grupo Ritz-G5 investe em hotel no aeroporto de São Gonçalo

Investimentos no setor imobiliário e de turismo – entre eles um estudo de mercado para a instalação de um hotel no Aeroporto Internacional Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante – foram assuntos tratados em reunião realizada ontem (8) entre o governo do estado e investidores asiáticos, na Governadoria, em Natal.

O grupo formado por diretores da incorporadora multinacional Ritz-G5, consultores do mercado financeiro e advogados de Singapura e da Malásia foi recebido pelo governador Robinson Faria e pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Flávio Azevedo, para apresentar interesse em continuar investindo no estado e no Brasil.

De acordo com os diretores da empresa, a comitiva veio a Natal para realizar uma visita técnica com o objetivo de fazer o planejamento dos seus negócios e buscar novas oportunidades. No Brasil, a Ritz-G5 Brasil é baseada na capital potiguar, tendo atualmente quatro grandes projetos na área imobiliária e três no setor hoteleiro, de acordo com o diretor de Marketing, Fernando Lessa. Ainda segundo ele, em breve os investimentos no setor hoteleiro serão expandidos para outros estados do país. No Nordeste, há previsão de instalação de dois hotéis com bandeira Accor em João Pessoa na Paraíba, além do que está planejado para São Gonçalo do Amarante.

Durante a reunião de cortesia, o diretor da Ritz-G5 em Singapura, Jarsonn Chua, afirmou que o grupo pretende fazer mais investimentos em terras potiguares. Disse ainda que o Rio Grande do Norte é divulgado constantemente em eventos realizados pela incorporadora nos países asiáticos.

Alguns dos negócios anunciados foi o hotel da bandeira Ibis no aeroporto de São Gonçalo do Amarante, que está em fase de estudo de viabilidade e um empreendimento que engloba 11 condomínios residenciais em Pium, município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal.

Os investidores ouviram do governo informações a respeito de incentivos estaduais concedidos às empresas que desejam se instalar no RN. Robinson Faria lembrou a redução das taxas cobradas sobre o combustível de aviação, que beneficiou as companhias aéreas que operam no estado. Segundo o governador, isso favoreceu a chegada de três novos vôos internacionais, desde o inicio de sua gestão. O governador também destacou o Programa de Apoio Desenvolvimento Industrial (Proadi) e a maior atenção dispensada pelo Executivo às concessões ambientais e habite-se.

“Em um ano, entregamos 5 mil licenças. O equivalente aos cinco anos anteriores”,  destacou o governador. “O estado hoje tem segurança jurídica para o investidor. E ficamos felizes quando recebemos um grupo como esse, que confia na nossa visão empreendedora. Nosso papel também é esse: de fortalecer a indústria, o setor hoteleiro e imobiliário e garantir emprego para a população potiguar num momento de crise como esse”, acrescentou.

“Eu já conhecia o governador e fiquei impressionado com a atenção que ele dá ao desenvolvimento econômico. Esse tipo de apoio é muito importante, principalmente a segurança jurídica. Ela é fundamental para que o empreendedor tenha confiança em investir”, destacou Jarsonn Chua. A comitiva segue hoje para São Paulo, onde fica até o próximo sábado (12). Durante a reunião o secretário de Desenvolvimento Econômico, Flávio Azevedo, destacou aos empresários a construção de um projeto ambicioso para o Rio Grande do Norte: o Parque Tecnológico do estado – uma área que vai receber empresas interessadas em investir em pesquisa em quatro vetores de desenvolvimento.

Os vetores são as áreas de energias renováveis; pesca de atum, camarão e lagosta; mineração; e Tecnologia da Informação. “O governo vai conceder o terreno já todo urbanizado e as empresas poderão contar com crédito do BNDS (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para construir instalações e desenvolver as pesquisas”, apontou Azevedo.

O projeto é baseado no Parque Tecnológico de Portugal. Da parte do governo, através de financiamento do Banco Mundial no RN Sustentável, serão investidos cerca de R$ 20 milhões, conforme o governador. O projeto já está em fase de iniciação. 

Câmara Criminal nega novo pedido de Habeas Corpus a ex-governador

 

depoimento de fernando freire/ foto: marcelo barroso/release

A defesa do ex-governador do Rio Grande do Norte, Fernando Antônio da Câmara Freire, moveu um novo pedido de Habeas Corpus, requerendo que fosse revogada a prisão preventiva de Freire, preso desde julho de 2015, e aplicadas medidas cautelares alternativas previstas no Código de Processo Penal. No entanto, mais uma vez, os desembargadores que integram a Câmara Criminal do TJRN negaram o pedido e mantiveram a prisão.

No Habeas Corpus, a defesa pedia que fosse permitido ao ex-governador aguardar em liberdade o trânsito em julgado (que ocorre quando não se cabem mais recursos) da condenação objeto da Ação Penal nº 0007315-74.2005.820.0001. O HC foi julgado nesta terça-feira (8), já que o desembargador Glauber Rêgo havia pedido vista dos autos.

Para a relatora do HC, a desembargadora Maria Zeneide Bezerra, existem fundamentos suficientes para a manutenção da situação atual de prisão na qual se encontra o ex-chefe do Executivo potiguar.

Governador do Estado no ano de 2002, Fernando Freire foi condenado a mais de seis anos de prisão, além de multa de R$ 217 mil, em sentença proferida pela 4ª Vara Criminal, a qual apreciou as acusações de que Freire, junto à servidora pública Katya Maria Caldas Acioly, desviou em esquema fraudulento, a importância de R$ 4.455,00 em seu proveito.

A defesa alegou, dentre outros pontos, que em nenhum momento foi subtraída a necessidade de aplicação da lei penal, o que não foi entendido da mesma forma pelo desembargador Gilson Barbosa, o qual ressaltou que a sentença está devidamente fundamentada, pois considerou, concretamente, o fato do réu encontrar-se foragido no momento da prisão, que se deu no Rio de Janeiro, em julho de 2015, o que demonstraria a contemporaneidade dos fatos, justificadores dos riscos que a referida prisão pretendia evitar.

O julgamento do caso, em sessões anteriores, também ressaltou que não se trata da mesma situação posta no HC 50.180, cuja decisão do Superior Tribunal de Justiça decidiu pela concessão da ordem, uma vez que, naquela ação penal originária, não ficou comprovada a condição de foragido do réu.

(Habeas Corpus com liminar nº 2016.001539-2)

TJRN

Operação Apóstolo: Câmara Criminal nega HC a ex-presidente da Câmara de Apodi

João Evangelista

A chamada “Operação Apóstolo”, que apura um suposto pagamento de despesas particulares de combustíveis mediante recursos provenientes da Câmara Municipal de Apodi, teve mais uma apreciação na Câmara Criminal do TJRN, após o desembargador Dilermando Mota apresentar o seu voto-vista. Para o magistrado, o ex-presidente da Casa Legislativa municipal, João Evangelista de Menezes Filho, deverá permanecer preso, entendimento que foi seguido à unanimidade pelos outros integrantes do órgão julgador.

A defesa pedia a concessão de Habeas Corpus, com base em um suposto constrangimento ilegal, a fim de que o então vereador fosse posto em liberdade até o julgamento final da ação principal. A defesa ainda alegou que os outros supostos envolvidos foram liberados após o curso de uma Ação de Improbidade Administrativa e que, por tal razão, não entendeu a manutenção da prisão preventiva em direção ao ex-presidente da Casa Legislativa, já que foi afastado de suas funções.

No entanto, em seu voto, o desembargador Dilermando Mota destacou que, ao contrário do que alega a defesa, embora o réu esteja afastado do cargo, ainda pode exercer influência e provocar fatores que possam alterar o andamento processual como, por exemplo, no depoimento de testemunhas. Ainda segundo o voto, a prisão preventiva é necessária diante dos vários crimes que estão sendo apurados na operação, tais como associação criminosa e a falsificação de documentos.

A decisão também acompanhou o entendimento do desembargador Gilson Barbosa, o qual ressaltou que a interceptação telefônica destinada à apuração de crimes verificou o envolvimento do réu, então presidente da Câmara Municipal, e destacou a existência de documentos com identificação de terceiros favorecidos com o fornecimento de combustíveis, a exemplo de relatórios, notas e cupons de abastecimentos encontrados na Casa Legislativa, cujos recursos favoreciam o esquema.

A decisão também destaca o que foi dito pelos frentistas sobre o abastecimento dos veículos e os elementos de prova até agora colhidos apontam para a prática dos crimes de peculato, extravio de documentos públicos, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, associação criminosa, denunciação caluniosa, usurpação de função pública e falso testemunho, cujo somatório das penas pode chegar a até 47 anos de prisão.

(Habeas Corpus nº 2016.000.894-0)

TJRN

Gustavo Carvalho destaca recuperação de estradas que contempla a RN 118

buracos-RN

O deputado estadual Gustavo Carvalho (PROS) destacou, durante sessão ordinária nesta quarta-feira (9), o esforço do Governo do Estado e do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte na recuperação de estradas do RN.

“Esta ação dará mais segurança às estradas do Rio Grande do Norte, diminuindo os acidentes, fará com que a produção possa escoar e vai beneficiar a indústria do turismo”, disse Gustavo Carvalho.

O parlamentar ressaltou que o Governo conseguiu, através de um Termo de Ajustamento de Conduta, a liberação de recursos para a recuperação de sete trechos, entre eles, a RN 063 (que liga Tabatinga a Nísia Floresta), RN 003 (Goianinha a Santo Antônio do Salto da Onça) e RN 093 (Tangará a São José do Campestre). “A Ordem de Serviço para recuperação desses trechos deve ser assinada em maio”, disse o deputado.

Outros cinco trechos vão passar pela Operação Tapa Buraco e até junho serão concluídos. Entre os trechos estão a RN 160 ( São Gonçalo a BR 226) e RN 118 (Jucurutu a São Rafael).

RN entrega mais de R$ 9 mi em carros e equipamentos para a Segurança

Governo

A segurança pública do Rio Grande do Norte recebeu mais um importante reforço para a prevenção e combate ao crime. Na manhã desta quarta-feira (9), o governador Robinson Faria fez a entrega de 12 caminhonetes S10, armas, escudos balísticos, coldres de perna, bastões, cartuchos, joelheiras, luvas táticas e desencarcerador, equipamentos adquiridos por meio de um acordo de cooperação entre Governo do Estado e Ministério da Justiça pela participação dos órgãos de segurança do RN na Força Nacional. A solenidade foi realizada na sede do 9º Batalhão da PM, no bairro de Cidade da Esperança, na zona Oeste.

Além dos materiais, foram entregues 1.968 computadores, 292 notebook, 1.995 estabilizadores avaliados em R$ 8,9 milhões, e um microônibus do Proerd avaliado em R$ 300 mil, ambos com recursos do Projeto RN Sustentável. Todos os equipamentos, que também serão entregues em Mossoró, servirão ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), Bombeiros, e as Polícias Militar e Civil.

Durante a entrega, o governador destacou que os carros e os materiais fazem parte da política de valorização dos profissionais da segurança pública adotada desde o início de 2015. “Nós estamos atendendo a uma demanda reprimida em uma das áreas mais importantes. A entrega é muito mais do que dotar os órgãos com uma melhor estrutura de trabalho e de inteligência. Nós estamos motivando os profissionais ao garantir melhores condições de desempenhar uma das tarefas mais nobres, que é a de proteger o cidadão”, declarou o chefe do Executivo estadual, lembrando a queda dos índices de criminalidade de 2015 em relação a 2014, de ações como a maior promoção da história da Polícia Militar e a visita que fez à Bogotá e Medellín, na Colômbia, para conhecer projetos de sucesso no combate ao crime.

A secretária Estado da Segurança Pública, Kalina Leite, também falou sobre a valorização profissional promovida pelo governador. “Por anos a Polícia Militar foi abandonada, mas ainda no primeiro ano do governo Robinson Faria tivemos a promoção dos PMs e agora teremos o concurso para reforçar o nosso efetivo.  O que o RN fez foi resgatar a autoestima da segurança pública”, encerrou.

Foram entregues também Carabinas (fuzil) MD97 com carregadores, espingardas calibre 12, capacetes balísticos, escudos balísticos, granadas, mochilões camuflados, coturnos, desencarcerador, equipamento de Proteção Respiratória completo e Serra sabres (Corpo de Bombeiros). O evento teve a participação do comandante Geral da Polícia Militar, coronel Dancleiton Pereira, do comandante Geral do Corpo de Bombeiros, coronel Otto Saraiva, O delegado geral da Polícia Civil, Stênio Pimentel, o diretor do ITEP, Nazareno de Deus, e comandantes de batalhões da PM em Natal.

 

 

Ezequiel Ferreira busca melhoria para polo turístico do Agreste

ezequiel

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PMDB), solicitou ao governo do Estado atenção para o incremento do efetivo militar, nova viatura policial e o estudo técnico e orçamentário para o saneamento de Barra do Cunhaú; os distritos de Piquiri e Areia Branca, em Canguaretama, na região Agreste, também são regiões citadas pelo deputado para receberem ações governamentais.

“Chama atenção a inexistência de um projeto de saneamento básico para a cidade tendo em vista que a localidade tem forte importância turística para o Rio Grande do Norte”, destacou Ezequiel Ferreira relembrando que Canguaretama está vulnerável quanto à segurança pública. “As estatísticas revelam um aumento de vítimas de todas as práticas criminosas”, disse.

O deputado tem cobrado o projeto de saneamento básico para a cidade, desde o abastecimento de água potável, o esgotamento sanitário passando pela drenagem urbana e manejo de resíduos sólidos urbanos “Saneamento deve ser objeto de planejamento integrado, visando o planejamento, a execução e a coordenação de atividades. O pedido direcionado ao Governo do Estado vai além da execução do saneamento, mas trata também de saúde pública e na melhoria do acesso dos moradores às suas residências”, explicou.

Jucurutu e sua ‘velha política’

 

PãoCirco

Recebemos um e-mail de um leitor aqui da região Seridó dizendo que vem acompanhando a política de Jucurutu através do blog e resolvemos comentar o assunto pela sua pertinência…

O Leitor lamentou que os políticos que governam a cidade, só tenham tomado gosto de fazer alguma coisa, por estarem com o olho nas urnas e disse também que Jucurutu merecia uma eleição a cada ano, para que só assim a população pudesse ter todos seus desejos atendidos, já que em três anos a administração municipal nada fez pela cidade e nem pelo povo que sofreu com diversos problemas e abandono do gestor e agora só bastou chegar 2016 para aparecer todo tipo de benefícios!

Pois bem lembrou nosso leitor, obras não significam praticamente nada! (sem desmerecer a população).

Pelas nossas experiências e exemplos, obras em si não são capazes de assegurar qualidade de vida à população! As nossas, pelo menos nem para enfeites servem mais, pois os milhões que Júnior Queiroz investiu em obras, de quê adiantou se entrou esse prefeito atual deixou tudo abandonado por três anos, sem manutenção, tudo se deteriorou e os exemplos são de teatros que fecharam as portas, hospitais sem remédios, sem exames, sem equipamentos, sem médicos… Dificuldades em acessos aos serviços públicos E POR AÍ…

E depois, passa a eleição, a cidade vai viver COMO? Quem vai garantir qualidade de vida à população? Quem vai garantir compromisso com o povo a partir de novembro de 2016? George Queiroz? Nelter Queiroz e seu grupo?

É triste esse tipo de política, em pleno século XXI, mesmo com todos esses avanços, informações, modernidade, os que se dizem líderes de Jucurutu continuar com esse velho e retrógrado sistema!

E quem vai continuar perdendo???