Vem aí: CONCURSO MISS & MISTER do BAIRRO-FREITAS 2016

CONCURSO

Pedro Rabello em parceria com comércios locais, realiza a segunda edição do concurso para eleger a Miss e o Mister do bairro Freitas 2016 garantindo mais um ano de sucesso!

O concurso de beleza máxima do Bairro Freitas será realizado em 30 de Abril de 2016; a partir das 20h no clube ACAJU(parque de vaquejada) localizado no bairro.

Inscrições abertas até 20 de março com Pedro Rabello no whatsaap 99633-4558

As inscrições serão realizadas apenas para garotas e garotos que residem no Bairro Freitas que tenham no mínimo 13 completos e no máximo 20 anos.

 

 

Curso sobre preparação para aposentadoria está com inscrições abertas

APOSETADORIA

Estão abertas a partir desta terça-feira (8) as inscrições para a primeira turma do Curso de Preparação para a Aposentadoria, voltado para servidores públicos estaduais que estão próximos de se aposentar. A capacitação é uma iniciativa do Programa de Apoio à Aposentadoria na Administração Pública do Estado do Rio Grande do Norte (Proap), coordenado pela Escola de Governo Cardeal Dom Eugênio de Araújo Sales (EGRN), em consonância com o Programa Qualidade de Vida e Saúde no Trabalho (PQVST).

 O curso será realizado sempre às quartas-feiras, das 8 às 12h, na EGRN. As aulas iniciarão no dia 6 de abril e a previsão para a conclusão é o dia 11 de maio, totalizando seis encontros e 24 horas de carga horária. A capacitação será ministrada por servidores envolvidos com o PQVST, psicólogos, nutricionistas e educadores físicos.

O objetivo é capacitar o servidor público estadual na transição trabalho-aposentadoria e seus aspectos psicossociais e legais envolvidos; é ajudar as pessoas a se organizarem da melhor forma para viver bem o período fora do campo formal de trabalho.

As inscrições para o Curso de Preparação para a Aposentadoria seguem abertas até o próximo dia 27 de março. Preencha o formulário de inscrição aqui.

Proap

O Programa de Apoio à Aposentadoria foi criado com a finalidade de acolher, orientar, refletir e discutir acerca da transição trabalho-aposentadoria dos servidores públicos do Estado. Especificamente, tem como objetivos: debater temáticas que amadureça o servidor, estimulando-o a construir seu projeto de vida pós-carreira; auxiliar no resgate da autoestima do servidor público estadual em fase de transição trabalho-aposentadoria; trabalhar a ansiedade, medo e outros aspectos que marcam a fase pré-aposentadoria; esclarecer sobre a legislação previdenciária e participação cidadã, além de novos rumos para a fase pós-carreira; entre outros.

 

 

 

Governo do Estado reafirma compromisso em fortalecer o Programa Leite Potiguar

LEITE

O novo Programa Leite Potiguar (PLP), executado através de uma parceria entre a Emater-RN e a Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), está passando por importantes transformações.

Durante duas décadas, o programa se caracterizava tão somente como uma ação de compra e distribuição de leite. Hoje, o Governo do Estado do Rio Grande do Norte estabeleceu e implementou uma nova estratégia, que se caracteriza por transformar o PLP em uma política pública, cujos componentes são o fomento e a promoção da cadeia produtiva do leite, além de se afirmar como uma ação de segurança alimentar e nutricional, mediante a doação de leite a pessoas em vulnerabilidade social.

A nova forma de conduzir o PLP, iniciada em 2015, passa pelo aumento no número de fornecedores. Antes, o Governo do Estado destinava cerca de R$ 30 milhões para apenas 176 produtores rurais. Após credenciamento público, realizado no final do ano passado, de forma transparente pela Emater-RN, 2250 agricultores familiares e produtores rurais estão aptos a participar do Programa Leite Potiguar. O resultado dessa seleção pública reafirma o total interesse desses fornecedores em fornecer leite e, mais do que isso, a confiança no Programa Leite Potiguar.

Devido à grande quantidade de produtores credenciados, se faz necessário, por parte do Governo do Estado, limitar a quantidade de litros por fornecedor, de modo a atender o maior número possível de participantes, desde que se enquadrem no orçamento total de R$ 53 milhões, destinados pelo Governo do Estado ao PLP em 2016.

Quanto ao pagamento aos fornecedores, a Emater-RN afirma que nesta terça-feira houve a liberação do Sistema Financeiro do Estado para pré-empenho, que se constitui em requisito básico para quitar as primeiras quinzenas do atual exercício. Somente no mês de janeiro, a soma supera R$ 3,2 milhões. A instituição realiza, no momento, o levantamento dos valores das quinzenas de fevereiro. O diretor geral da Emater-RN, Cesar Oliveira, ressalta que os pagamentos referentes ao PLP durante o exercício de 2015 estão quitados. Os valores praticados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte para a compra do litro de leite caprino e bovino são superiores aos valores de mercado.

 A seca prolongada, que perdura há cinco anos no Rio Grande do Norte torna inegável a diminuição na produção, mas o Governo do Estado reafirma que há leite suficiente para garantir o fornecimento regular.

O conjunto de mudanças destacadas ratificam, de forma inequívoca, o interesse e compromisso do Governo do Estado com a geração de renda no campo e a efetividade da segurança alimentar e nutricional no Rio Grande do Norte.

 

Servidor realiza exposição sobre mulheres indígenas na sede do TJRN

Somos_um_s_povo_somos_uma_s_raa_Diversasl_color_copy

O servidor Tasso Pinheiro, fotógrafo da Secretaria de Comunicação Social, está realizando hoje (8), Dia Internacional da Mulher, uma exposição no hall de entrada do prédio sede do TJRN. São fotografias de mulheres indígenas retratadas pelo servidor durante a cobertura da primeira edição dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, ocorrido em Palmas (TO) no último mês de outubro.

Da cobertura, nasceu o projeto “Somos uma só raça, somos um só povo”. Participaram dos Jogos Mundiais, 42 etnias, sendo 22 brasileiras e 20 de diversas partes do mundo, onde o que se viu foi uma grande diversidade cultural, linguística e esportiva. Uma pequena mostra dessa congregação de raças e povos pode ser visto hoje no TJRN. Tasso Pinheiro abrirá a exposição completa do seu trabalho nesta quinta-feira (10), às 18h, no Palácio da Cultura (Pinacoteca).

Resgate

O fotógrafo Tasso Pinheiro ressalta a importância do registro fotográfico dos povos indígenas para que essa riqueza cultural não se perca com o tempo, haja vista, o povo brasileiro não conservar sua memória como deveria.

“Despojados de suas terras, sujeitos a inomináveis violências ao longo de cinco séculos, os índios do Brasil chegam ao século XXI despojados igualmente de uma história”, denuncia o servidor, que tem 30 anos de experiência fotográfica.

Tasso lembra que no ano de 1500 haveriam entre 5 e 6 milhões de índios no Brasil, número reduzido hoje a cerca de 890 mil, segundo os dados do Censo 2010. “Desapareceram 1.200 línguas indígenas, e com elas os seus povos e se não for tomada nenhuma iniciativa, eles poderão desaparecer por completo”.

TJRN

Revezamento da chama olímpica é oportunidade única para a promoção do RN

IMG000000000107372

O Rio Grande do Norte foi o 24° estado a receber a reunião de preparação do revezamento da tocha das Olimpíadas de 2016. O evento foi realizado na tarde desta segunda-feira, 7, e reuniu membros do comitê de organização dos jogos, além de representantes dos governos Federal, Estadual e Municipal. A chama olímpica chega ao RN no dia 4 de junho, e passará por sete cidades, o que é para o governador Robinson Faria, uma oportunidade única de promoção turística.

“Nestes dias, as Olimpíadas serão no Rio Grande do Norte e todo o mundo se voltará para as nossas qualidades. A passagem da chama olímpica pelos municípios potiguares fortalece algo que nós estamos trabalhando muito em nosso governo: o turismo. Este setor tem sido muito importante para segurar a economia, o comércio e os serviços em nosso estado”, destacou o líder do executivo estadual.

Robinson ainda realçou as características do povo potiguar. “Queremos mostrar que o nordestino é ainda mais forte no quesito calor humano. Vamos, no Rio Grande do Norte, fazer o dever de casa. Se algum estado for receber medalha de ouro por carinho, calor humano e determinação, eu volto sem medo de errar que será o RN”. A tocha olímpica passará nos dias 4 e 6 de junho por Natal, São José de Mipibu, Parnamirim, Lajes, Angicos, Assu e Mossoró.

O Ministro dos Esportes, George Hilton, mostrou-se bastante otimista com o legado que será deixado para o país. “Não é uma Olimpíada do Rio de Janeiro, é uma Olimpíada de todo o Brasil. Com o revezamento da tocha, antecipamos a festa da Olimpíada para todo o país e vamos mostrar nossa unidade ao mundo. É hora de estarmos unidos porque somos maiores que qualquer crise”, assinalou.

Ao todo, a chama passará por 329 cidades brasileiras até chegar ao Rio de Janeiro, quatro meses depois. Serão 20 mil quilômetros percorridos, além de 10 mil milhas aéreas, com 12 mil condutores. O secretário de Assuntos Federativos da Presidência da República, Olmo Dantas, explicou que a ideia da reunião, que está acontecendo em todos os estados desde o final do ano passado, é nivelar com os prefeitos a melhor forma de realizar a condução da tocha em suas cidades.

“É uma excelente oportunidade pra mostrar o que o RN tem de melhor. O mundo inteiro estará de olho no estado nestes dois dias. Mais de 40 mil jornalistas, entre credenciados e não, estarão aqui mostrando a cultura e a gastronomia potiguar”, afirmou Dantas.

Os números apresentados pelo Ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, demonstram a magnitude e o alcance mundial do evento, bem superior à Copa do Mundo 2014. Enquanto o torneio de futebol teve representantes de 32 países, nos Jogos Olímpicos serão 206. O número de jornalista deve saltar de 14 mil jornalistas para 40 mil, e o número de expectadores em todo o mundo, passa de 2,4 milhões em média, para mais de 5 bilhões.

General Marco Aurélio Vieira, diretor executivo do Comitê Organizador dos Jogos, assinalou que as olimpíadas representam hoje “o maior espetáculo da terra”. “Os jogos são a maior operação de não guerra que acontece no mundo de quatro em quatro anos. E revezamento da chama é uma oportunidade de mostramos pra o mundo que temos condições de realizar um grande evento. Após os jogos, a autoestima do Brasileiro estará muito melhor”, pontuou.

Tocha Olímpica

 

Chama Paralímpica

O Rio Grande do Norte é considerado um dos grandes celeiros do esporte paralímpico mundial. Diante disso, foi anunciado em primeira mão pelo general Marco Aurélio, que Natal será a única capital do Nordeste por onde passará a chama olímpica.

E na ocasião, o ministro dos Esportes entregou um certificado de reconhecimento esportivo por 10 anos ininterruptos de participação no programa Bolsa Atleta do Governo Federal. Receberam os certificados os atletas Genezi Alves (Natação Paralímpica), Alexandre Magno da Silva (Judô de Cegos), Ecildo Oliveira (Tênis de Mesa) e Patrício Bezerra (Natação Paralímpica).

Na ocasião, o governador Robinson Faria anunciou que o governo está trabalhando para a regulamentação do Bolsa Atleta estadual.

Entre as autoridades que participaram do evento, ainda estavam presentes os deputados estaduais José Adécio e Tomba Farias, o prefeito de Mossoró e presidente da Federação dos Municípios, Francisco José Silveira Júnior, o secretário municipal de Esporte de Natal, Luiz Eduardo Machado, o secretário estadual de Esportes, Canindé de França, a reitora da UFRN,