Fátima pede mobilização contra projeto que “entrega” petróleo brasileiro a multinacionais

Durante audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado, na manhã desta quarta-feira (24), a senadora Fátima Bezerra (PT-RN) chamou a atenção da importância de a sociedade se mobilizar contra a aprovação do PLS 131/2015, de autoria do senador José Serra, que altera o atual modelo de partilha do petróleo, tirando a Petrobras do controle de exploração do pré-sal. A proposta deverá ser votada pelo Plenário na tarde desta quarta-feira.

Fátima fez questão de externar sua tristeza em razão da aprovação, na véspera, por 33 votos a 31, do pedido de urgência para a tramitação do projeto. “Entendemos que mexer no regime de partilha, na política de conteúdo nacional vai contra os interesses nacionais. Alterar a legislação do Marco Regulatório do pré-sal traz prejuízos para o Brasil e, consequentemente para a Educação”, enfatizou.

A senadora pelo Rio Grande do Norte lembrou que a lei atualmente em vigor reserva 75% dos royalties do petróleo e 50% do fundo social do pré-sal para a educação. “É hora da gente lutar contra o PLS 131/15, pois derrubá-lo é continuar na defesa de que o petróleo é da educação, é da sociedade brasileira.

PIBID

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado realiza, neste momento, audiência pública para discutir a importância da continuidade e ampliação do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID). A audiência é interativa. A população pode participar por meio do E-Cidadania ou pelo telefone do Alô Senado (0800-612211).

Comissão Intergestores Regional se reúne em Caicó

Nesta quinta feira (25), às 9h, acontecerá a 59ª Reunião Ordinária da Comissão Intergestores Regional/CIR, no auditório da 4ª Regional de Saúde, sediada em Caicó. A Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária (SUVISA), participará do evento, tendo como representante a técnica Eli Fonseca.

Em pauta, temas como o procedimento de acesso dos pacientes à Clínica Rim para realização de tratamento; apresentação dos serviços especializados que a Clínica de Ultrasonografia de Caicó Ltda realiza para a população do município e da região; contrato organizativo de ação pública ensino-serviço e procedimentos especializados de oncologia. Além disso, serão discutidas a inclusão e substituição de profissionais da saúde na Câmara Técnica do Colegiado e representante do Estado na CIR da 4ª Região de Saúde.

Governo e Petrobrás criam convênio para diminuir impacto da crise hídrica no RN

convenio

Em reunião no Gabinete Civil, Petrobrás assegura apoio financeiro para perfuração de poços de água no Estado. Para viabilizar o repasse, um termo de convênio está sendo elaborado. O acordo também possibilitará a compra de insumos destinados às obras para atenuar a crise hídrica e estudos aprofundados, através de georreferenciamento, dos aquíferos do Rio Grande do Norte.

Para dar andamento ao processo, nova reunião ficou agendada para a próxima sexta-feira (26), na Petrobrás, onde serão analisados os detalhes da minuta que deverá formalizar o termo de convênio.

Segundo o Gerente de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobrás, Luciano Montenegro, a empresa tem interesse em estreitar relações com o Governo, bem como contribuir com ações de responsabilidade social nas áreas em colapso de água.

Hermano Morais demonstra preocupação com redução de investimentos da Petrobras no RN

HERMANO-petrobras

A redução de investimentos da Petrobras no RN, anunciada nos principais jornais do Estado, foi tema do pronunciamento do deputado estadual Hermano Morais (PMDB) na sessão plenária desta quarta-feira (24). O parlamentar sugere uma ampla discussão sobre o tema, já que a expectativa é de que haja a perda de 5 mil postos de trabalho em todo o Estado.

“O Rio Grande do Norte é o maior produtor de petróleo em terra do Brasil, representando 45 % de toda a atividade industrial do Estado. Nos últimos anos temos acompanhado a diminuição dos investimentos da empresa no Estado e o maior prejudicado é a classe trabalhadora. Não podemos aceitar calados uma medida que vai trazer enormes prejuízos ao RN”, disse o parlamentar.

Segundo dados apresentados, a Petrobras reduziu 5 mil postos de trabalho de 2010 a 2015 e agora prevê uma redução de mais 5 mil postos com a redução do número de perfuração de poços, passando de 350 poços perfurados em 2015 para 150 em 2016. “É uma redução de 60%. Esse assunto é muito sério, pois estamos tratando da demissão de 5 mil pessoas, trazendo mais problemas sociais, econômicos, refletindo ainda no comércio, indústria e em toda cadeia produtiva”, alerta Hermano.

O deputado anunciou que enviou requerimento para que a Assembleia, através da Frente Parlamentar de Incentivo ao Setor Produtivo Rural, promova uma audiência pública com membros do Governo, autoridades dos municípios beneficiado por Royalties e com a produção de petróleo, trabalhadores e representantes da Petrobras para tentar fazer com que a empresa reveja esta decisão. 

Vivaldo Costa solicita providências para adutoras do Seridó

vivaldo

O abastecimento de água na região Seridó foi tema de pronunciamento do deputado Vivaldo Costa (PROS), nesta quarta-feira (24), em sessão plenária na Assembleia Legislativa. O parlamentar solicitou providências do Governo do Estado para as adutoras de Caicó, Currais Novos e Acari.

“Os recursos para a adutora de Caicó já foram assegurados. Como representante do município faço mais uma vez esse apelo ao Governador para que consiga a liberação desses recursos e dê início às obras”, disse Vivaldo.

O deputado também pediu soluções para as adutoras de Currais Novos e Acari. “Já estão prontas, mas não funcionam por questões técnicas menores que estão impedindo que os municípios sejam abastecidos. Novamente peço o empenho do Executivo”.

Kelps defende vale-refeição para policiais militares de Currais Novos

KELPS-VALE REFEIÇÃO

Em pronunciamento na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (24), o deputado Kelps Lima (Solidariedade) solicitou ao Governo do Estado a implantação de vale-refeição na folha de pagamento dos policiais militares que atuam em Currais Novos, na região do Seridó. Segundo o parlamentar, o benefício foi concedido aos agentes dos municípios de Mossoró, Caicó e Nova Cruz, deixando Currais Novos de fora.

“Faço esse apelo ao Governador e ao Comando da Polícia Militar para que o benefício do vale-refeição também contemple os policiais militares de Currais Novos, que sofrem historicamente com a falta de estrutura para trabalhar”, afirma Kelps.

O deputado também criticou a ausência de uma delegacia de plantão na cidade. “Quando prendem um bandido, os agentes precisam se deslocar para Caicó, deixando a cidade de Currais Novos desguarnecida, cansando o policial e desviando-o de sua atividade fim de estar nas ruas”, concluiu.

Assembleia aprova reajuste dos professores do RN

AL-REAJUSTE

Os deputados aprovaram na sessão plenária desta quarta-feira (24) a mensagem governamental que concede o reajuste anual do Magistério, em cumprimento ao que foi estabelecido pelo Governo Federal em janeiro de 2016. Também foram aprovadas a mensagem 064, que altera a Lei 9936 de 2015, autorizando o Governo a parcelar as dívidas com a Previdência Social; a mensagem 067, que dispõe sobre o plano plurianual e a realização de uma sessão solene para divulgação da Campanha da Fraternidade. Esta foi a primeira votação após a instalação do Painel Eletrônico da Casa.

O reajuste vai contemplar os servidores efetivos da Secretaria Estadual de Educação que desempenham funções de direção, administração, planejamento, inspeção, supervisão e orientação. O deputado Fernando Mineiro (PT) citou como mais um avanço do Governo do RN na Educação. “É mais um exemplo das ações do governo no sentido de valorizar e tirar a educação do fundo do poço em nosso Estado”, afirmou.

Após pronunciamento de Julinho Queiroz na rádio, prefeito manda limpar a cidade.

Depois do pronunciamento e cobranças de Julinho Queiroz na Rádio, prefeito começa limpar a cidade!

A suposta limpeza começou pelos canteiros do calçadão onde a população caminha e pratica exercícios físicos, e pela primeira vez a gente ver essa ação, nessa gestão!

É notório à sujeira nas vias públicas, o excesso de materiais aptos para proliferação de diversas doenças.

Vejam só as imagens! Que beleza!

ONTEM 23/02/2016:

IMG_0497

HOJE 24/02/2016:

IMG_0494 IMG_0495 IMG_0496

 

 

Polícia encontra carro de professor morto nas falésias de Cotovelo, no RN

 

carro_oStPLeI

O carro do professor substituto do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Diogo Rosembergh da Silva Nóbrega, de 26 anos, foi encontrado nesta terça-feira (23) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. Diogo foi achado morto no domingo (21), debruçado sobre pedras em meio às falésias de Cotovelo, praia da Grande Natal.

O veículo, um Ford Fiesta, foi encontrado na Rua das Tulipas, no conjunto Cidade das Rosas. A Polícia Civil informou que o carro vai passar por uma perícia no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) para encontrar pistas sobre os criminosos. Moradores do conjunto informaram à Polícia Militar que dois jovens abandonaram o carro após usar drogas em um terreno da região.

O caso

Populares que encontraram o corpo do professor relataram que ele estava só de cueca, uma camisa polo e meias e o corpo apresentava muitos hematomas. Também havia ferimentos nos braços e pernas e afundamento craniano.

A perícia feita pelo Itep apontou que o professor morreu em razão de um traumatismo cranioencefálico de ação contundente. Ou seja, foi vítima de uma agressão que causou fratura no crânio e dano físico ao cérebro. A perícia descarta a possibilidade de afogamento, mas não aponta se o professor foi assassinado ou cometeu suicídio.

G1

Médico usa rede social para relatar assalto e pedir socorro à polícia no RN

frame-2

O médico anestesiologista Mádson Vidal pediu socorro através de uma rede social quando criminosos roubaram a arma de um vigilante no Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, na Zona Norte de Natal. O crime aconteceu na noite desta terça-feira (23).

O médico estava de plantão na unidade e fez cinco publicações na internet. Ele marcou a rede social da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed). “Estamos precisando do apoio da polícia urgente no hospital Maria Alice Fernandes… Bandidos armados levaram a arma do vigilante. @Sesed_RN”.

Uma dupla roubou a arma e o colete de um vigilante do hospital. De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes atiraram duas vezes fora do hospital. Ninguém foi preso.

Segundo a PM, o crime aconteceu por volta das 20h. Dois homens chegaram e disseram que iriam entregar uma bolsa à uma mãe, que estaria internada no hospital. Em seguida, eles anunciaram o assalto. Três vigilantes estavam de plantão, mas só um foi rendido e teve a arma e o colete levados.

A dupla estava armada e atirou duas vezes fora do hospital, o que causou tumulto entre os pacientes. A polícia informou que fez buscas na área, mas ninguém foi preso.

G1

Polícia Civil pede a prisão de sete pessoas da mineradora Samarco. Relembre aqui!

G1 – O presidente licenciado da Samarco e funcionários da mineradora podem parar na cadeia por causa do rompimento da Barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais. A polícia decidiu indiciar sete pessoas pelo crime de homicídio qualificado.

Uma gelatina. Foi como o delegado da Polícia Civil descreveu a base onde a Samarco assentou o recuo da Barragem de Fundão. O terreno sofreu um processo de liquefação.

O inquérito mostrou que a barragem subia 20 metros, em média, por ano para receber mais lama, o dobro da taxa recomendada pela literatura técnica. Enquanto crescia, Fundão ainda ganhou uma mudança na forma: em 2013, era uma linha reta. Um ano depois, ganhou a forma de um “S”.

O perito Otávio Guerra apontou o recuo do eixo da barragem, que não tinha sustentação adequada, como a principal causa do rompimento. Mas não foi só isso. A drenagem era deficiente e o monitoramento do excesso de água também não era bom.

Para a Polícia Civil, executivos e funcionários da Samarco sabiam dos riscos e mantiveram a operação na barragem, por isso, foram indiciados por homicídio qualificado e pelos crimes de inundação e poluição de água potável.

A polícia pediu a prisão preventiva dos indiciados, entre eles Ricardo Vescovi, presidente licenciado da mineradora, Kléber Terra, diretor de operações licenciado, e Samuel Santana Paes, engenheiro da empresa contratada VogBR, que declarou a estabilidade da barragem meses antes de ela se romper, em novembro do ano passado.

A Samarco declarou que considera equivocados os indiciamentos e os pedidos de prisão, feitos pela Polícia Civil. A Vale, a VogBR e Samuel Santana Paes não quiseram comentar o inquérito.

Relembre o desastre: 

Preço das hortaliças apresenta alta nos principais mercados atacadistas

hortaliças

As principais hortaliças comercializadas nas centrais de abastecimento (Ceasas) no país apresentaram alta nos preços. É o que revela o 2º Boletim Prohort de Comercialização de Hortigranjeiros nas Ceasas em 2016, divulgado nesta terça-feira (23) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Este comportamento já é esperado para o período e reflete a menor oferta dos produtos, provocada em grande parte, pelas condições climáticas mais desfavoráveis para produção de hortaliças. O estudo avalia os valores praticados em janeiro deste ano.

Entre os produtos analisados, tiveram maior destaque cenoura e tomate que registraram as maiores elevações. A menor alta da cenoura foi verificada no Rio de Janeiro, com percentual de 14,5%, enquanto a maior em Campinas, chegando a 65%. O plantio e a colheita do produto no Sul do país foram afetados pela incidência de chuvas, diminuindo a oferta do produto no mercado interno. Já o tomate chegou a registrar alta de 84,6% no Rio de Janeiro e de 70,5% no Espírito Santo. No entanto, para fevereiro a tendência é que os preços comecem a se acomodar, uma vez que os valores remuneradores do produto e a diminuição das chuvas incentivem uma maior produção da cultura, aumentando a oferta de tomate.

Também acompanharam o movimento de alta, devido as constantes chuvas, batata, registrando elevação de 20,5% em Campinas, alface com índice chegando a 37,2% em São Paulo, e cebola com acréscimo de 34% em Vitória.

Frutas – O aumento dos custos de produção registrados em 2015 tem preocupado o setor de maneira geral. Caso este movimento se mantenha, o cultivo de determinados produtos pode ser limitado, provocando reduções de área ou migração para outras culturas mais atrativas. Além disso, as altas temperaturas e a restrição de irrigação provocam baixa produtividade ocasionando tendência de alta para os próximos meses. A elevação do dólar continua favorecendo as exportações, também causando impacto na oferta das frutas no mercado interno.

A banana registrou a maior alta no Rio de Janeiro, com 33,8%, e a principal queda foi verificada no Paraná, chegando a 15%. As chuvas ocorridas no final do ano passado e início de 2016 ajudaram a alavancar a produtividade em algumas regiões. No entanto, o prosseguimento das precipitações em determinadas áreas produtoras afetou a produtividade e a qualidade do produto.

As condições climáticas também influenciaram na comercialização da melancia, uma vez que a safra que abastece o mercado atualmente está localizada no Sul do país, pressionando os valores comercializados. Já o mercado de São Paulo registrou queda nos preços, devido a entrada da safra de alguns municípios do próprio estado que conseguiu atender a demanda interna.

A maior alta do mamão foi verificada no Espírito Santo. As altas temperaturas e o pouco volume de chuvas no estado capixaba impactaram na produtividade da safra, diminuindo a oferta do produto na região. Algumas centrais de abastecimento, no entanto, apresentaram maior oferta do produto devido à produção baiana, pressionando para baixo os preços, como ocorreu em Fortaleza.

Já a laranja apresentou desenvolvimento acelerado em meio às chuvas constantes, ocasionando a colheita intensa e antecipada nos meses de dezembro e janeiro. Todavia, esse crescimento acelerado faz com que o produto fique fora do padrão do mercado atacadista in natura, sendo absorvido pela indústria, havendo assim redução na oferta do produto em praticamente todos os entrepostos. A fruta registrou queda de preços de 9,6% em São Paulo e alta de 28,5% no Paraná.

A maçã foi a única fruta a apresentar um comportamento uniforme nos preços, com alta em todos os entrepostos pesquisados. Esse aumento nas cotações é reflexo dos altos custos necessários à manutenção da fruta. Além disso, intempéries climáticas ocorridas durante o período de desenvolvimento e maturação da maçã resultam em uma menor disponibilidade do produto nos mercados.

Comercialização – Neste mês, o estudo também traz a comercialização dos hortigranjeiros realizada em 2015. Ao longo do ano, foram ofertados 15,8 milhões de quilos de produtos hortigranjeiros nas centrais de abastecimento em todo o país, movimentando mais de R$ 30 bilhões. A quantidade comercializada apresenta uma queda de 2,1% em relação a 2014, mas houve um aumento de 4,6% no valor transacionado. Esta queda no quantitativo pode ser explicada pelas questões climáticas registradas no ano passado, além da restrição da irrigação e do aumento no custo dos insumos, o que impacta na oferta e, consequentemente, no aumento dos preços dos produtos.

O levantamento é feito nos mercados atacadistas, por meio do Programa Brasileiro de Modernização do Mercado Hortigranjeiro (Prohort), executado pela Conab, e considera a maioria dos entrepostos localizados nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraná e no Ceará.

Oiticica: Governo do RN convoca famílias da Barra de Santana para remoção dos jazigos

O Governo do RN deu início ao processo de cadastro dos responsáveis pelos jazigos do cemitério do distrito de Barra de Santana, em Jucurutu, onde está sendo construída a barragem de Oiticica. O motivo é que uma área total de 6 mil hectares, onde estão localizadas propriedades rurais, a sede de Barra de Santana e o cemitério do distrito, será inundada em virtude das obras.

Para garantir a devida remoção dos corpos do cemitério, que já havia sido interditado em 2013 através do Decreto Municipal de n° 1.084, será necessário que os familiares compareçam ao escritório da KL Engenharia, na Barra de Santana, de posse das xerox do RG, CPF e comprovante de residência, bem como a cópia da certidão de óbito do ente que encontra-se sepultado.

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh)  já finalizou o projeto do novo cemitério que atenderá a população local.  No entanto, para a remoção do antigo cemitério é necessária a conclusão do cadastro e a liberação do alvará judicial da comarca de Jucurutu.