Sesap mantém investigação do caso de febre amarela em Natal

FEBRE amarela

Uma equipe do Ministério da Saúde (MS) está em Natal desde a última segunda-feira (04) para atuar, em conjunto com técnicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) e Secretaria Municipal de Saúde (SMS/Natal), na investigação do caso suspeito de febre amarela em Natal.

Foram definidas as estratégias do trabalho de investigação em duas frentes: a pesquisa pelos vetores que podem transmitir a doença e a coleta de material em primatas (saguis). A pesquisa do histórico vacinal da paciente nas unidades de saúde continua sendo feita. O Instituto Evandro Chagas, em Belém/PA, continua investigando o caso, na busca de um resultado laboratorial definitivo.

A subcoordenadora de Vigilância Ambiental, Cintia Higashi, explicou que “as equipes estão totalmente dedicadas à busca do esclarecimento do caso, já que, até o momento, trata-se de um caso isolado”.

O caso suspeito é de uma paciente falecida em julho deste ano, em Natal, cujos exames iniciais indicaram resultado positivo para febre amarela. Até o momento não há um evidências epidemiológicas para os resultados iniciais, já que não há histórico de viagens da paciente para áreas endêmicas e não foram detectados outros casos no município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *