Morre no Rio, aos 80 anos, a atriz Yoná Magalhães

191_3112-ARTYONAMAGALHAES

A atriz Yoná Magalhães, 80, morreu, na manhã desta terça-feira (20) no Rio.

Desde o dia 18 de setembro, ele estava internada na Casa de Saúde São José, no bairro da Gávea (zona sul), devido a problemas cardiológicos.

A unidade hospitalar ainda não confirmou a causa da morte.

Carioca do bairro Lins de Vasconcelos, no subúrbio carioca, a atriz iniciou sua carreira no rádio em 1954 e já neste mesmo ano fez sua estreia na extinta TV Tupi.

No ano de 1964, foi protagonista de “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1964), de Glauber Rocha, filme que se tornou um dos símbolos do cinema brasileiro.

CRONOLOGIA

A carreira da atriz Yoná Magalhães

1954 Começa a carreira na rádio e, no mesmo ano, vai para a TV Tupi

1964 É dirigida por Sérgio Cardoso na peça “Vestido de Noiva”, de Nelson Rodrigues; cria sua própria companhia, com a qual encena “O Pecado Imortal” e “Os Inimigos Não Mandavam Flores”, de Pedro Bloch; atua no clássico “Deus e o Diabo na Terra do Sol”

1966 É convidada por Walter Clark para participar da novela “Eu Compro Essa Mulher”, de Glória Magadan

1972 Integra a novela “Uma Rosa com Amor”, ao lado de Marília Pêra e Paulo Goulart

1976 Faz parte do elenco de “Saramandaia”, de Dias Gomes

1985 Interpreta Marilde na novela “Roque Santeiro”, de Dias Gomes e Aguinaldo Silva; no mesmo ano, é convidada a posar para a revista “Playboy”

1989 Participa da novela “Tieta”

2001 Participa das novelas “A Padroeira”, de Walcyr Carrasco, e “As Filhas da Mãe”, de Silvio de Abreu, Alcides Nogueira e Bosco Brasil

2008 Atua em “Negócio da China”, novela de Miguel Falabella

Com informações: Folha de S. Paulo

IMG_3018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *