Natureza: Censo indica crescimento na população de papagaio-de-cara-roxa

Papagaios-de-cara-roxa registram taxa de crescimento populacional no litoral norte do Paraná (Foto: Zig Koch)
Papagaios-de-cara-roxa registram taxa de crescimento populacional no litoral norte do Paraná (Foto: Zig Koch)

 

Uma ótima notícia para os papagaios-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis): o Censo 2015, realizado no fim de maio, registrou o maior crescimento populacional da espécie em toda história do Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa, da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS). Os pesquisadores contabilizaram a presença de 7.464 indivíduos no litoral norte do Paraná e 1.712 no litoral sul de São Paulo – redutos da Mata Atlântica.

O propósito do censo é saber se as aves estão se reproduzindo corretamente e conseguindo se manter em seu hábitat natural. Os números coletados foram analisados por profissionais da Universidade Federal do Paraná. Uma primeira análise mostrou crescimento moderado na região paulista, isso pode indicar que as taxas de roubo de filhotes e comércio ilegal estão caindo consideravelmente na região.

“Ainda é cedo para afirmar a situação da população no litoral de São Paulo, pois a equipe do projeto, com a colaboração de inúmeros pesquisadores do Estado, ainda está conhecendo todos os dormitórios coletivos e a dinâmica da população nessa região”, esclarece a coordenadora do projeto, Elenise Sipinski.

Mas nem tudo são flores. Sipinski conta que a situação em Santa Catarina não é das melhores. Há mais de dois anos não exite registro de papagaios-de-cara-roxa nas áreas de ocorrência. Os péssimos resultados são reflexos da supressão da mata devido à pressão imobiliária na região.

 

Por Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *