Enem tem 7,7 milhões de inscrições confirmadas; número é 11,2% menor que de 2014

No ano passado, dos 8,7 milhões de candidatos inscritos, cerca de 6,2 milhões fizeram o exame

enem

O número de candidatos que confirmaram a inscrição no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 soma 7.746.057, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A quantidade corresponde aos isentos e àqueles que pagaram a inscrição de R$ 63 dentro do prazo. No total, 8.478.096 fizeram a inscrição, mas 732.039 não pagaram a taxa.

Em relação ao ano passado, o número de inscritos confirmados apresentou queda de 11,19%, primeiro recuo desde 2008. Em 2007, houve redução de inscritos na comparação com 2006. Desde então, o número de inscritos vinha aumentando ano a ano.

A maioria dos candidatos que farão o exame é isenta de pagamento, 5,76 milhões. A Região Sudeste concentra o maior número de inscritos, 2,8 milhões, seguida pelo Nordeste, com aproxidamadamente 2,5 milhões. No Sul, foram feitas 916 mil inscrições; no Norte, 818 mil; e no Centro-Oeste, 703 mil.

A queda já havia sido constatada na divulgação das inscrições totais. Na ocasião, uma das hipóteses levantadas pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, é que caiu o número daqueles que não têm certeza de que farão o exame. Isso porque a pasta estebeleceu que os isentos que não fizerem o exame este ano e deixarem de justificar a ausência perderão o direito à isenção em 2016.

No ano passado, dos 8,7 milhões de inscritos, cerca de 6,2 milhões fizeram a prova.

Neste ano, as provas serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. O Enem foi criado para avaliar os alunos que estão terminando o ensino médio ou que já concluíram essa etapa de ensino em anos anteriores. Estudantes que não terminarão o ensino médio este ano podem fazer o exame como treineiros, ou seja, o resultado não poderá ser usado para participar de programas de acesso ao ensino superior.

Para ajudar os candidatos a se preparar para o Enem, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) preparou o aplicativo Questões Enem, que reúne todas as questões, desde a edição de 2009. No sistema, é possível escolher as áreas de conhecimento que se quer estudar. O acesso é gratuito.

Agência Brasil

Levantamento aponta que 5% dos pacientes atendidos no PSCS não tem o Cartão SUS

CARTAO-SUS

 

Por Marcelo Soares

Um novo levantamento feito pelo Setor de Serviço Social do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG), mostrou que apenas 5% dos pacientes que dão entrada no Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS) continuam chegando sem o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Até 2014, esse percentual era de 15%. Instituído pelo Ministério da Saúde (MS), em 1998, o documento tem como objetivo vincular todos os procedimentos executados no âmbito do SUS ao usuário, ao profissional que os realizou e à unidade de saúde onde foram realizados. Até o ano passado, 70% dos Norte-riograndenses já o possuíam. A coordenadora do programa no RN, Bethânia Lopes de Lima, diz que os potiguares estão mais conscientes sobre a importância do cartão. As pessoas tem procurado mais as unidades básicas de saúde para a confecção. Muitos pais também estão tendo o cuidado de o fazer para seus filhos, mesmo ainda bebês”, afirma. Bethânia conta que até mesmo para se credenciar a um plano de saúde, o cartão do SUS atualmente é item obrigatório.

A chefe do Serviço Social do HMWG, Sandra Andrade Moura, chama a atenção para o fato de que “qualquer unidade de saúde, municipal ou estadual, é habilitada para a confecção do cartão”. Porém, também é possível solicitar pela internet, no Portal do Cidadão, no endereço eletrônico: https://portaldocidadao.saude.gov.br/portalcidadao/areaCadastro.htm.

Para fazer o pedido, preliminarmente, o usuário preenche um pré-cadastro que, ao final, gera um número de senha. De posse do código, basta ir a qualquer posto de saúde, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou hospital municipal, apresentar a numeração e pedir a validação. Não há custos a serem pagos. O Cartão SUS é expedido na hora, não tem data de validade e pode ser usado em todo o país. Mesmo com todas as facilidades para aquisição, Sandra alerta que, “infelizmente, alguns usuários ainda chegam ao Pronto Socorro, em sua maioria, vindos do interior, sem tê-lo e sem sequer conhecer sua importância”.

Para os usuários que não tem acesso a internet, e ainda não possuem o cartão SUS, basta comparecer a qualquer unidade de saúde portando: registro Geral (RG), Comprovante de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência e um número de telefone para contato. Caso o cidadão não possua o RG, a certidão de nascimento pode ser usada. Não há idade limite de idade para possuir o cartão SUS. Mesmo os recém nascidos precisam tê-lo. Para os bebês, os pais devem de posse da certidão de nascimento fazer a solicitação também em postos de saúde municipais ou UPAs.

Rosa de Pedra grava DVD na Cidade da Criança

Rosa de Pedra

A Cidade da Criança recebe neste final de semana a gravação do DVD “Cocozurbano”, da banda Rosa de Pedra, nos dias 1 e 2 de agosto, às 15h. O evento tem patrocínio do Fundo de Incentivo à Cultura, FIC 2014, da Prefeitura do Natal/Funcarte e recebe apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação José Augusto. A banda potiguar convidou a Nação Zamberacatu, primeira nação de maracatu do Rio Grande do Norte, para conduzir um cortejo por toda a Cidade da Criança durante os dois dias. O show também vai contar com o Mestre Severino (Coco de Roda), e o produtor musical Gabriel Souto, integrante da banda Dusouto. No show, misturam-se as melodias e ritmos da rabeca, vozes e percussão com guitarras, baixo e bateria – fusão traduzida no nome do DVD, no qual “coco” representa as manifestações populares, e “zurbano”, a expressividade urbana das sonoridades elétricas

SEEC divulga lista dos convocados para o cargo de professor temporário

Em ato público no Diário Oficial do Governo do Estado do Rio Grande do Norte desta sexta-feira (31), a Secretaria de Educação e Cultura do RN convoca 167 professores temporários para suprir necessidades no quadro de educadores da rede estadual de ensino. Os convocados deverão se apresentar às Diretorias Regionais de Educação e Cultura (DIRECs), com a documentação descrita abaixo no prazo de 30 dias (contados a partir de hoje, 31/07). 1.1 Diploma de conclusão de curso com habilitação para o cargo 1.2 Documentos de Identificação

a) Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), habilitando o candidato para o exercício do cargo, expedido por médico do trabalho.

b) Cópia de Cédula de Identidade

c) Comprovante de residência

d) Cópia do Título de Eleitor e Comprovação de Quitação Eleitoral

e) Cópia de Cadastro de Pessoa Física – CPF

f) Cópia do PIS ou PASEP

g) Cópia da Certidão de Reservista ( sexo masculino)

h) Cópia de Certidão de Nascimento ou Casamento

i) Cópia da CTPS- Carteira de Trabalho e Previdência Social( página com foto- frente e verso e contrato de trabalho) j) Número da Conta bancária e Agência em nome do Titular do Contrato ( conta do Banco do Brasil)

k) Certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiças estadual e federal, assim como pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos cinco anos.

 

Clique aqui e confira a lista dos convocados

Caicó recebe equipe do Idema e população é atendida durante feirinha

edema

Equipe do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema esteve durante toda a quinta-feira (30) na tradicional feirinha de Sant’Ana em Caicó, oferecendo alguns serviços do órgão para a população. Técnicos e coordenadores do Idema montaram um estande no local repassando informações sobre o Sistema de Licenciamento Ambiental Eletrônico (SISLIA), bem como sobre o Cadastro Ambiental R.ural, obrigatório para proprietários de imóveis rurais. Os microempresários que desejam instalar empreendimentos na região seridó tiveram a oportunidade de tirar todas as dúvidas sobre a ferramenta eletrônica. Além disso, no estande montado pelo Instituto, houve divulgação dos trabalhos de educação ambiental desenvolvidos nas unidades de conservação do estado e uma mostra de brinquedos produzida com material reciclável. Em Setembro desse ano, Caicó receberá o projeto itinerante Caravana Ecológica que está sendo retomado pelo Idema e percorre os municípios do Estado. A Caravana também foi divulgada ontem, quinta-feira (30), durante a feirinha de Sant’Ana. O projeto cria condições para que a população do estado conheça e discuta os problemas ambientais de sua região, através da promoção de atividades educativas e recreativas. A Caravana Ecológica será realizada no próximo mês de agosto no município de Marcelino Vieira e em setembro seguirá para Caicó.

Ministério da Saúde inicia avaliação do Walfredo Gurgel

Em todo o país serão avaliados de 2.589 unidades de média e alta complexidade
Em todo o país serão avaliados de 2.589 unidades de média e alta complexidade

Avaliar e traçar um diagnóstico de 2.589 unidades de média e alta complexidade em todo o país. É com essa meta que o Ministério da Saúde (MS) deu início ao Programa Nacional de Avaliação dos Serviços de Saúde (PNASS), que agora chega ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). As avaliadoras do MS, Taíza Rôse Farias, Andréa Mendonça, Gizileide Nascimento e Gleiciane Fonseca, estão no hospital para verificação documental e observacional de serviços. A avaliadora Taiza Farias explica que “a verificação busca a apreensão abrangente da realidade dos estabelecimentos de saúde, por meio da aplicação de um roteiro com vários questionamentos que compõem cinco blocos”. São eles: gestão organizacional, apoio técnico e logístico para a produção do cuidado, gestão da atenção à saúde e do cuidado, serviços/unidades específicas e assistência oncológica (este último não aplicável ao HMWG). Devido à extensa quantidade de documentos exigidos durante a avaliação e à necessidade de visitas a todos os setores do hospital, a expectativa das avaliadoras é que sejam necessários até cinco dias para execução de todas as tarefas pretendidas. Para o RN, o MS destinou um total de oito avaliadores divididos em duplas (uma para hospital de pequeno porte) e em grupos de quatro (um para cada hospital de grande porte) como o Walfredo Gurgel, o Onofre Lopes e Hospital do Coração. O trabalho com a direção do Walfredo Gurgel teve início na tarde de ontem (30) e contou com a presença e colaboração de vários chefes e gerentes. Para a diretora do HMWG, Maria de Fátima Pereira Pinheiro, “esse é com certeza um trabalho importante porque vai nos aproximar ainda mais do Ministério da Saúde, uma vez que eles poderão não só avaliar, mas conhecer melhor nossos serviços e a atuação de nossos profissionais. Acredito que só temos a ganhar com essa avaliação”, afirma. Tão logo seja finalizada essa primeira parte da avaliação, o MS adentrará a segunda fase do PNASS. Neste segundo momento, outros critérios serão levados em conta: estrutura, processos de trabalho, resultados relacionados ao risco e satisfação do usuário – através de um inquérito telefônico – em relação ao atendimento recebido. No Walfredo Gurgel, o inquérito telefônico será baseado em uma planilha de atendimentos que lista todos os pacientes assistidos pela unidade no período de 4 a 10 de maio deste ano.

Assembleia Legislativa do RN reduz despesas e corta linhas de celular

al

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, nesta quinta-feira (30), novas medidas para a redução de gastos com o custeio da administração da Casa. A aprovação foi feita em reunião entre o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB), e os deputados estaduais que compõem a Mesa Diretora da Casa.

No encontro entre os deputados, ficou definido o fechamento de dois anexos da Assembleia, que reduzirá quase R$ 800 mil os custos anuais da Casa, e também o cancelamento de 107 linhas de celular, que custavam R$ 360 mil aos cofres públicos.

“São medidas necessárias para que readequar nosso orçamento à realidade estadual. Temos que enxugar os gastos, cortar custos para contribuir durante a crise financeira pela qual passa o Rio Grande do Norte”, disse o presidente Ezequiel Ferreira.

Novos cortes também serão feitos em atividades desenvolvidas pela Assembleia, como o programa Assembleia Cidadã, que oferece atendimento gratuito a população do interior do Estado nas áreas de saúde, cursos e emissão de documentos, e estão suspensas as edições da Assembleia Cultural, que consiste em apresentações de artistas em todo o Rio Grande do Norte. A economia nesses setores vai superar os R$ 400 mil.

Nos primeiros meses da 61ª Legislatura, a Assembleia Legislativa já havia revisado todos os contratos da Casa, estabelecendo uma economia de R$ 600 mil, além reduzir os valores das diárias e gratificações pagas pelo Poder Legislativo, readequando os custos à realidade financeira estadual.

A busca pelo reordenamento e equilíbrio financeiro das contas legislativas resultou ainda no cancelamento de novos investimentos em compra de equipamentos, e a aprovação de regras para reduzir o consumo de energia elétrica, água e de telefonia nos prédios sob administração da Casa.