Em entrevista, Fátima Bezerra fala sobre greve na UERN e campus da UFERSA em Assú

Fatima Bezerra

A senadora Fátima Bezerra concedeu entrevista, por telefone, a uma rádio local nesta sexta-feira (24), onde conversou sobre dois temas ligados à educação: greve dos professores e servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) e instalação do Campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), em Assú. No estúdio, presença dos reitores Pedro Fernandes (UERN) e José de Arimatea (UFERSA).

Fátima Bezerra ressaltou que conversou com o governador Robinson Faria, e desde o início da semana tem mantido contato com o reitor Pedro Fernandes e com o promotor de Justiça, Raimundo Caio dos Santos, no intuito de somar esforços para que seja encontrado um entendimento que ponha fim a paralisação. “O promotor Raimundo Caio tem mostrado muita sensibilidade diante desse quadro. Estamos muito esperançosos e confiantes de que o desfecho se aproxima, pois está em curso a elaboração de uma alternativa para equacionar esse impasse”.

Vamos continuar na luta para que as negociações avancem no sentido de atender as justas reivindicações dos professores, garantindo assim o retorno dos estudantes e professores às salas de aula. Isso é o que todos nós desejamos. A UERN é um patrimônio do povo do Rio Grande do Norte, por isso merece todo carinho, respeito e atenção”, frisou a senadora que também tem conversado com a Associação dos Docentes da UERN.

UFERSA em Assú

Em sintonia com o reitor da UFERSA, Arimatea Matos, a senadora Fátima informou, durante a entrevista, a sua ida ao Ministério da Educação. “O compromisso do Governo Federal com a UFERSA de instalar o Campus em Assú está mantido, o que ocorreu foi apenas um ajuste no calendário diante das dificuldades derivadas da crise econômica”, esclareceu.

Por fim, a parlamentar acrescentou que terá, em agosto, mais uma audiência no MEC, dessa vez com o secretário executivo Luiz Cláudio Costa, para dar continuidade as tratativas em relação ao curso de Medicina em Assú, bem como demandas do Campus Central da UFERSA em Mossoró.

Governo antecipa pagamento dos salários a 6.592 servidores na região Seridó

 

pagamento-

O Governo do Estado antecipou para esta sexta-feira, 24, o pagamento dos salários dos servidores públicos estaduais nos municípios do Seridó. “Isto foi possível graças aos esforços da administração que atualizou e mantém em dia o pagamento dos servidores. Importante também registrar que o pagamento vai reforçar a economia local e possibilitar uma melhor participação nas homenagens a Nossa Senhora Santana, que é a padroeira em vários municípios daquela região”, afirmou o governador Robinson Faria.

A medida chega a 26 municípios Acari, Bodó, Caicó, Campo Redondo, Carnaúba dos Dantas, Cerro Corá, Cruzeta, Currais Novos, Equador, Florânia, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Lagoa Nova, Ouro Branco, Parelhas, Santana do Matos, Santana do Seridó, São Fernando, São João do Sabugi, São José do Seridó, São Vicente, Serra Negra do Norte, Tenente Laurentino Cruz, Timbaúba dos Batistas

São beneficiados 6.592 servidores. A folha importa em R$ 20.190.234,00, considerando o valor bruto e R$ 14.419.986,00, valor líquido.

Os demais servidores receberão os vencimentos do mês de julho nos dois últimos dias do mês.

Polícia decreta prisão para goleiro brasileiro de polo por abuso sexual

goleiro goleiro1

 

A polícia de Toronto expediu nesta sexta-feira uma ordem de prisão contra o goleiro da seleção brasileira de polo aquático Thye Bezerra, que foi acusado de abuso sexual por uma jovem e está sob suspeita de ter feito outras vítimas.

A denúncia, revelada em entrevista coletiva pela polícia, foi apresentada por uma mulher de 22 anos que alega ter sido atacada pelo brasileiro, de 27, enquanto dormia em sua casa em Toronto na manhã do dia 16, poucas horas antes de o jogador deixar a cidade canadense após ganhar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos com a seleção.

Segundo a versão da denunciante, ela estava naquele dia em casa com uma amiga e dois homens quando foi dormir. A jovem alega que um deles entrou em seu quarto e abusou dela sexualmente.

A polícia teme que possa haver outras vítimas e solicitou a quem puder dar alguma informação sobre o caso que a divulgue através de um número de telefone e de forma anônima. A corporação também informou que foram iniciadas conversas com autoridades brasileiras, país com o qual o Canadá não tem acordo de extradição.

Uma fonte da delegação brasileira confirmou à Agência Efe que todos os jogadores de polo aquático brasileiros estão fora do Canadá se preparando para o Mundial de Esportes Aquáticos, que será realizado em Kazan (Rússia) de 24 de julho a 9 de agosto.

A mesma fonte afirmou que a delegação brasileira não foi informada pela polícia de Toronto sobre a natureza da investigação. Já o Comitê Organizador dos Jogos Pan-Americanos alegou que não tem nenhuma informação sobre o caso.

O executivo-chefe do Comitê, Saäd Rafi, declarou em uma entrevista coletiva que a polícia informou ontem à noite à organização do evento esportivo que estava investigando um caso de abuso sexual que teria envolvimento de um atleta brasileiro de polo aquático, mas ressaltou que não foram dados mais detalhes a respeito.

Terra