Pronatec neles: 30% dos deputados estaduais não cursaram faculdade

Um levantamento mostrou que dos 1.059 deputados estaduais eleitos em 2014 (incluindo os 24 deputados distritais), 30% (313) não cursaram faculdade. A pesquisa foi realizada pelo Uol e utilizou dados disponíveis pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Entre os que não possuem diploma superior, 4% (46) têm somente o fundamental e 0,5% (cinco) são alfabetizados, leem e escrevem somente. Outros 24% (253) fizeram só o ensino médio.

As assembleias são reflexo do próprio país. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apenas 8% (16,4 milhões) dos 200 milhões de brasileiros cursaram alguma faculdade.

Deputada Márcia Maia faz leitura de nota de repúdio à chacina contra mulheres em Itajá

 

Crédito da foto: João Gilberto
Crédito da foto: João Gilberto

 

Em pronunciamento na sessão ordinária desta quinta-feira (16), Márcia Maia (PSB) fez a leitura de uma nota de repúdio manifestando indignação pelo crime ocorrido na madrugada da última quarta-feira (15), em Itajá, onde cinco mulheres foram assassinadas.

A nota destaca que o fato das vítimas serem prostitutas não justifica qualquer ato de violência, seja qual for o caráter ou intensidade da agressão.

Segue íntegra da Nota de Repúdio

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, por meio das deputadas estaduais Márcia Maia e Cristiane Dantas, manifesta publicamente indignação e repúdio pelo assassinato brutal de cinco mulheres, na cidade de Itajá, região do Vale do Assu, na madrugada da quarta-feira (15).

É impensável que o fato de as cinco vítimas praticarem a prostituição seja argumento plausível para abonar qualquer ato de violência, seja qual for o caráter ou intensidade da agressão. Nunca, sob qualquer circunstância, haverá justificativa para um crime.

O número de crimes violentos contra mulheres cresceu em 39% entre 2011 e 2014 no Rio Grande do Norte, de acordo com o Observatório da Violência do Conselho Estadual de Direitos Humanos e Cidadania – Coedhuci.

A torrente da violência de gênero engrena uma crescente nos últimos anos em que, considerando apenas os índices de crescimento dessa barbárie, torna-se possível prever que, até 2050, caso nada se altere em termos de prevenção, teremos mais de 330 mil mortes entre a população feminina.

Neste sentido, a defesa de uma política pública de inclusão social e de gênero urge. De imediato, com a presença de um policiamento ostensivo que ofereça a sensação de segurança ao potiguar e venha a inibir a ação dos criminosos. E, em médio e longo prazo, a promoção de uma ação coordenada para implantação de uma política de estado consistente contra a violência de gênero que encerre o pesadelo diário da morte de mulheres no Rio Grande do Norte.

A sociedade, em especial as mulheres de todo o estado, exigem das autoridades que o caso seja tratado com a importância simbólica que detém e que os responsáveis sejam logo identificados e punidos com o rigor da Lei.

Esta Casa Legislativa oferece as condolências e a solidariedade à família, e defende de maneira incondicional o direito inalienável à vida, sem distinções, longe da opressão e violação de direitos mitificadas pela questão de gênero.

 

Importante: Vendas de livros crescem 6,9% no primeiro semestre 2015

LIVROS

 

Os preços ao consumidor dos livros ficaram 1,6% mais baixos no primeiro semestre deste ano, média de R$ 37,97 a unidade

 

Paulo Virgílio – Repórter da Agência Brasil

As vendas de livros no Brasil encerraram o primeiro semestre de 2015 com um aumento de 6,9% no faturamento, em comparação com o mesmo período de 2014. O preço dos livro ficou 1,6% mais barato no primeiro semestre deste ano, com uma média de R$ 37,97 a unidade, contra R$ 38,58 em 2014. Os números constam do Painel Especial das Vendas de Livros do Brasil, divulgado hoje (16) pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e pelo Instituto de Pesquisa Nielsen, e mostram que o crescimento ficou abaixo da inflação de 8,5% acumulada nos últimos 12 meses.

Os dados também apontam desaceleração do crescimento das vendas de livros em junho, que subiram 8,2% em comparação com o mesmo mês do ano passado. Em maio, o aumento do faturamento foi 21% em relação a 2014.

Já o volume de vendas (unidades) registrou um crescimento de 8,6%, fortemente influenciado, segundo o levantamento, pelos livros de colorir, que representaram 6% do total de exemplares vendidos no primeiro semestre.

De acordo com o sindicato, o objetivo da criação do Painel Especial das Vendas de Livros é o de dar mais transparência à indústria editorial brasileira. O levantamento tem como base o resultado do BookScan Brasil, serviço de monitoramento que apura as vendas nas principais livrarias e supermercados do país.

Primeiro serviço desse tipo no mundo, o BookScan está presente em dez países. Já o Instituto Nielsen, há mais de 90 anos no mercado, com atuação em mais de 100 países, coleta os dados para a realização do painel diretamente no caixa das livrarias, do e-commerce e de outros varejistas.

Segundo o sindicato, as informações processadas pelo Instituto Nielsen são enviadas online e atualizadas semanalmente. A entidade passará a divulgar mensalmente o Painel de Vendas.

Natureza: Censo indica crescimento na população de papagaio-de-cara-roxa

Papagaios-de-cara-roxa registram taxa de crescimento populacional no litoral norte do Paraná (Foto: Zig Koch)
Papagaios-de-cara-roxa registram taxa de crescimento populacional no litoral norte do Paraná (Foto: Zig Koch)

 

Uma ótima notícia para os papagaios-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis): o Censo 2015, realizado no fim de maio, registrou o maior crescimento populacional da espécie em toda história do Projeto de Conservação do Papagaio-de-cara-roxa, da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS). Os pesquisadores contabilizaram a presença de 7.464 indivíduos no litoral norte do Paraná e 1.712 no litoral sul de São Paulo – redutos da Mata Atlântica.

O propósito do censo é saber se as aves estão se reproduzindo corretamente e conseguindo se manter em seu hábitat natural. Os números coletados foram analisados por profissionais da Universidade Federal do Paraná. Uma primeira análise mostrou crescimento moderado na região paulista, isso pode indicar que as taxas de roubo de filhotes e comércio ilegal estão caindo consideravelmente na região.

“Ainda é cedo para afirmar a situação da população no litoral de São Paulo, pois a equipe do projeto, com a colaboração de inúmeros pesquisadores do Estado, ainda está conhecendo todos os dormitórios coletivos e a dinâmica da população nessa região”, esclarece a coordenadora do projeto, Elenise Sipinski.

Mas nem tudo são flores. Sipinski conta que a situação em Santa Catarina não é das melhores. Há mais de dois anos não exite registro de papagaios-de-cara-roxa nas áreas de ocorrência. Os péssimos resultados são reflexos da supressão da mata devido à pressão imobiliária na região.

 

Por Globo Rural

Leonardo DiCaprio doa R$ 45 milhões em prol de causas ambientais

 

Engajado na causa, o ator lidera projetos de proteção a espécies ameaçadas de extinção
O ator lidera projetos de proteção a espécies ameaçadas de extinção

Engajado em causas ambientais, Leonardo DiCaprio mostrou que não poupa esforços (e dinheiro) na luta pela proteção dos animais. A fundação do astro de Titanic anunciou, na terça-feira (14), a doação de US$ 15 milhões, o equivalente a cerca de 45 milhões de reais, para ações de combate à mudança climática, proteção de espécies ameaçadas de extinção e degradação do meio ambiente.

“A destruição do nosso planeta segue um caminho que não podemos mais ignorar”, declarou o ator ao falar sobre o tema. “Temos a responsabilidade de criar um futuro em que viver em nosso planeta não seja ao custo daqueles que o habitam”, continuou.

A fundação de Leonardo DiCaprio existe desfe 1998, um ano após o ator explodir com o sucesso Titanic, e foi criado para proteger o planeta e espécies ameaçadas. Ao todo, a organização realiza projetos em mais de 40 países.

Fonte: Quem

Brasil exportará carnes bovina para Mianmar

Layout 1

 

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, confirmou nesta quarta-feira, (15/7), que o Brasil conseguiu abrir o mercado de carnes bovina e de aves para Mianmar, na Ásia, como a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) havia informado nesta terça-feira, 14. O potencial desse mercado, por ano, é de 10 mil toneladas de proteína bovina (US$ 40 milhões) e 15 mil toneladas de aves (US$ 36 milhões).

“Agora as empresas têm de manifestar interesse para obterem a habilitação”, observou a ministra. Kátia Abreu enfatizou que o Brasil é o primeiro país a exportar carnes para Mianmar. Segundo ela, o mercado asiático está ocidentalizando hábitos de consumo e ampliando a compra de proteína animal.

Kátia Abreu fez algumas comparações: se os asiáticos igualarem seu consumo em carne bovina à média mundial, passando de 3,8 quilos por habitante a cada ano para 8 quilos/ano, o Brasil teria de ampliar sua produção em 70%. Em aves o avanço seria de 45%. “Já somos os maiores exportadores de aves e queremos passar de terceiro para primeiro em suínos”, afirmou.

A ministra terá uma intensa agenda internacional neste segundo semestre. Ela disse que “daqui uns dias” vai para a Índia e para a Arábia Saudita, mas, como a agenda ainda não foi fechada, não divulgou os dias. Em setembro, ela segue para China, Coreia do Sul, Cingapura, Mianmar e Malásia.

“Em outubro volto para a Rússia e depois vou ao Casaquistão”, listou. “Nós acreditamos na Ásia, incluindo Rússia, que são players importantes pelo tamanho”, explicou. Ela disse, ainda, que o Brasil tem de fazer um trabalho urgente com a Índia. “Nossas exportações estão altamente tributadas”, afirmou.

Por Globo Rural

Foto: Operações em Natal abordam 130 pessoas e captura foragido de Complexo Penal

Por PM/ASSECOM - Sd Ricardo
Por PM/ASSECOM – Sd Ricardo

 

Policiais Militares de diferentes batalhões da capital realizaram nesta quarta-feira (15) um intenso patrulhamento visando coibir crimes diversos e reduzir os índices de violência na região. Policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) revistaram cerca de 50 pessoas e abordaram 20 veículos, entre automóveis, motocicletas e transportes públicos em diferentes áreas da zona Sul de Natal. As ações ocorreram em bairros como Nova Descoberta, Candelária, Pirangi, Jiqui e Ponta Negra. Na avenida Engenheiro Roberto Freire, o 1º Distrito do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) recuperou um veículo ciclomotor Shineray, de cor preta e placas OWG 4080, com registro de roubo/furto. A motocicleta e a condutora do veículo foram encaminhados à delegacia para melhor apuração dos fatos Na zona Leste, no Bairro de Mãe Luiza, o 1º Batalhão de Polícia Militar (1º BPM) voltou a intensificar o patrulhamento em toda área próxima ao Farol de Mãe Luiza. Cerca de 50 pessoas entre pedestres e condutores de veículos foram abordados. Não houve prisão nesta ação. No Bairro Planalto, zona Oeste da capital, o 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM) também realizou patrulhamentos táticos móvel e com barreiras itinerantes para coibir a criminalidade no local. Cerca de 30 veículos e condutores foram abordados pelas equipes policiais. Dois homens identificados por Laire Ferreira Palhano e Ivanaldo dos Santos Bernardino foram detidos, no Bairro Dix-Sep Rosado, com entorpecentes e conduzidos à Delegacia de Plantão zona Sul. Ainda na zona Oeste, os policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) detiveram no Bom Pastor, Marcus Vinicius Honório de Oliveira, de 22 anos, foragido do Complexo Penal João Chaves há um mês. Ele responde pelo crime de furto e foi conduzido à Delegacia de Plantão zona Sul para os procedimentos legais.

PM/ASSECOM – Sd Ricardo

Inflação do aluguel ganha força na 1ª prévia de julho, mostra FGV

Indicador ficou em 0,65%, ante 0,47% no mês anterior. Alta foi puxada pelos preços no atacado.
Indicador ficou em 0,65%, ante 0,47% no mês anterior.
Alta foi puxada pelos preços no atacado.

 

A inflação calculada pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) ganhou força na primeira prévia de julho, segundo dados divulgados no último dia (9) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador, que é usado para calcular o reajuste da maioria dos contratos de aluguel residencial, ficou em 0,65%, ante 0,47% no mesmo período de apuração do mês anterior.
Componentes
Entre os componentes do IGP-M, a única desaceleração foi vista no Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que passou de 0,6% para 0,48%, com desaceleração nas taxas de despesas diversas (5,24% para 0,41%), com destaque para jogo lotérico (de 44,98% para 1,58%). Outros destaques são hortaliças e legumes (6,34% para -4,52%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (1,52% para 0,45%).
Na outra ponta, ficaram maiores as taxas de show musical (-3,26% para 2,07%), gasolina (0,28% para 0,73%), taxa de água e esgoto residencial (1,13% para 2,00%), tarifa de telefone móvel (0,03% para 0,66%) e roupas (0,39% para 0,66%).

Já no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPA), a taxa passou de 0,35%, no mesmo período do mês anterior, para 0,56% na primeira prévia de julho. Já a taxa do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) aumentou de 0,9% para 1,52%.

 

G1

Fotos: Colisão automobilística mata cantora

Acidente aconteceu na SE-230, na Rota do Sertão, em Poço Redondo. Ela estava sozinha em um carro de passeio e faleceu no local.
Acidente aconteceu na SE-230, na Rota do Sertão, em Poço Redondo.
Ela estava sozinha em um carro de passeio e faleceu no local.

 

A professora e cantora Jeane Leite morreu na noite de quarta-feira (15) em um acidente de trânsito na rodovia estadual SE-230, na Rota do Sertão, em Poço Redondo (SE). A artista de 33 anos era conhecida como Jeane Show.
A Companhia de Polícia Rodoviária (CPRv) informou que recebeu o comunicado do acidente por volta das 21h.

 

A notícia do acidente deixa região em comoção, decorrente da artista que residia no sertão de Sergipe e tinha inúmeros fãs.
A notícia do acidente deixa região em comoção, decorrente da artista que residia no sertão de Sergipe e tinha inúmeros fãs.

 

A cantora estava sozinha em um carro de passeio quando colidiu de frente com um caminhão que trafegava no sentido inverso, ela não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Jeane viajava em direção ao Povoado Sítios Novos em Poço Redondo.

 

acidentegeane-1

 

 

Jeane Show se apresentava em várias festas no interior de Sergipe. Ela tinha shows marcados em Canindé do São Francisco, Poço Redondo e Monte Alegre de Sergipe neste fim de semana. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

Com informações do G1-SE

Audiência Pública discutirá reorganização curricular da EJA

eja

 

Acontece nesta quinta-feira (16), no Auditório Angélica Moura, a partir das 14h, uma audiência pública com o objetivo de discutir a reorganização curricular da EJA da rede estadual de ensino de educação básica. Durante a audiência será debatida a Resolução 4/2012 que se encontra em debate no Conselho Estadual de Educação. Para conduzir a discussão, foram convidados um representante da CODESE/SUEJA, um representante do Conselho Estadual de Educação e do Forum Potiguar de EJA. Participarão da audiência educadores de EJA, gestores de DIREDs e diretores de escolas e movimentos sociais ligados a essa modalidade de ensino.

Cesta básica do paulistano fica 2,11% mais cara em junho

 

Consumidora no mercado: em média, os alimentos subiram 2,71%, enquanto os produtos de limpeza caíram 0,95% e os de higiene pessoal ficaram 0,30% mais baratos
Consumidora no mercado: em média, os alimentos subiram 2,71%, enquanto os produtos de limpeza caíram 0,95% e os de higiene pessoal ficaram 0,30% mais baratos

São Paulo – O preço da cesta básica na cidade de São Paulo subiu 2,11% de maio para junho, de acordo com pesquisa da Fundação Procon-SP. O preço médio da cesta passou de R$ 435,45 no dia 29 de maio para R$ 444,62 em 30 de junho. ]No ano, o aumento acumulado é de 5,15%. Em 12 meses, a cesta está 9,63% mais cara.

Dos 31 produtos pesquisados, 20 ficaram mais caros em junho, 10 ficaram mais baratos e um não sofreu variação de preço. Em média, os alimentos subiram 2,71%, enquanto os produtos de limpeza caíram 0,95% e os de higiene pessoal ficaram 0,30% mais baratos.

As maiores altas foram registradas no preço da batata (18,89% o quilo), extrato de tomate (7,63% a embalagem de 340-350 gramas), cebola (5,64% o quilo), ovos brancos (4,92% a dúzia) e salsicha avulsa (4,12% o quilo).

Os preços que mais caíram foram os de papel higiênico fino branco (3,81% o pacote com 4 unidades), água sanitária (3,13% o litro), café em pó (1,97% o pacote de 500 gramas), biscoito maisena (1,88% o pacote de 200 gramas) e detergente líquido (1,60% a embalagem de 500 mililitros).

 

EXAME.com

Vídeo: Banda de mulheres com idade média de 84 anos faz sucesso no Japão

 

 

Haru Yamahiro, a estrela pop de 97 anos
Haru Yamahiro, a estrela pop de 97 anos

 

O grupo musical, originário da distante ilha coral de Kohama, em Okinawa, é formado por 33 artistas, com uma idade média de 84 anos. Haru Yamahiro, de 97 anos, é a mais velha.

 

Na esteira do sucesso “Venha e Dance”, sobre a paradisíaca Kohama Island, uma inusitada banda composta só por mulheres e com idade média de 84 anos vem arrebatando multidões em uma turnê pelo Japão.

No clipe da AFP, Tomi Menaka, 92, literalmente joga a bengala para cantar e dançar como uma estrela de rock. “Nunca estive tão feliz”, diz ela, usando o figurino do grupo: quimono listrado e lenço vermelho-fogo.
“Nós nos sentimos como estrelas em Tóquio”, faz coro Hideko Kedamori, 86 anos. “Todo mundo na plateia tinha um grande sorriso, que nos deu a energia para cantar nossos corações para fora.”

No repertório da KBG84 – uma brincadeira com o nome da banda japonesa AKB48, formada por garotas – estão letras sobre a ilha onde moram, Okinawa, e a natureza. “As baleias jorrando água ou os golfinhos fazendo cambalhotas”, exemplifica.

Okinawa tem uma das mais altas taxas de expectativas de vida no mundo. Os ilhéus têm uma dieta com mais legumes e menos açúcar do que a do japonês do continente, e trocam o arroz pela batata-doce roxa.

 

TJRN cria perfil no WhatsApp para divulgações de notícias

tjrn

 

A Secretaria de Comunicação Social do Tribunal de Justiça do RN está lançando um novo serviço para a população: é o TJRN Informa, perfil no aplicativo WhatsApp que irá disponibilizar notícias e informações de utilidade pública por meio de listas de transmissão. Para utilizar o serviço, basta que o usuário adicione o número (84) 98899-8419 como seu contato no aplicativo e peça sua inclusão na lista.
É mais um canal de informação disponível para a população potiguar acompanhar as atividades da Justiça Estadual, com a vantagem da instantaneidade e praticidade da ferramenta, que permite a troca de mensagens de texto e de voz, áudios, fotos e vídeos. Criado em 2009, o WhatsApp já contabiliza mais de 800 milhões de usuários ativos em todo planeta.
O TJ Informa veiculará também vídeos curtos sobre temas de interesse do usuário da Justiça e do cidadão, envolvendo áreas como funcionamento do Judiciário, direito do consumidor, direito da criança e do adolescente, entre outros.
O primeiro vídeo disponível trata do anúncio da contratação de 500 estagiários feito hoje (15) pelo presidente do TJRN, desembargador Claudio Santos.de notícias