Família de C. Araújo entra com ação contra Zeca Camargo

Segundo advogada, valor de processo por danos morais será estipulado pela Justiça

Foto: Agnews/Divulgação
Foto: Agnews/Divulgação

A Família de Cristiano Araújo e a C.A. Produções, empresa que o cantor era sócio, decidiram entrar na Justiça por danos morais contra Zeca Camargo. A informação foi confirmada ao Terra nesta sexta-feira (17) pela advogada Fernanda Moreira, do escritório Mendonça Moreira e Prado. A decisão aconteceu após o apresentador ter feito uma análise criticando o sertanejo e a comoção com o falecimento do artista.
De acordo com a advogada, a petição foi protocolada na quinta-feira (16) no Fórum de Goiânia. Segundo o documento enviado à reportagem por e-mail, o texto do apresentador “foi escrito e interpretado de forma completamente preconceituosa, sem ao menos medir o peso que suas palavras teriam sobre os fãs, a família, amigos e sobre toda a cultura sertaneja de uma forma geral. É notório que a crônica tinha o cunho de denegrir a imagem não apenas do cantor, falecido e sem qualquer condição de se defender, como também da prórpria música sertaneja brasileira”.

O valor da indenização não foi estipulado pela família e será definido pelo juiz, segundo Fernanda. No caso de vitória na Justiça, o dinheiro será revertido para a Instituição Casa de Apoio São Luiz e à criação do Fundo de Apoio a Cultura Sertaneja, ainda de acordo com o texto da petição.

Zeca Camargo se envolveu em uma polêmica depois de ter feito uma crônica no Jornal das 10 , da GloboNews, no mês passado, onde criticou a comoção do público em relação ao acidente de carro, que provocou a morte de Cristiano Araújo e de sua namorada, Allana Moraes . O jornalista foi irônico ao ponderar uma suposta necessidade do brasileiro de precisar de uma tragédia para se unir. “Precisamos de novos heróis, mas estão todos ocupados pintando jardins secretos”, disse.

Terra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *