DNOCS reconhece ter falhado na fiscalização da topografia da adutora de engate-rápido de Jucurutu

Do Blog Marcos Dantas

Em entrevista ao Panorama 95, o coordenador estadual do DNOCS, José Eduardo reconheceu que o órgão falhou, em não ter fiscalizado uma das etapas de construção da adutora de engate-rápido de Jucurutu, que foi a topografia, feita pela prefeitura municipal. A obra não tem funcionado como deveria, e não sendo suficiente para atender a demanda de abastecimento da cidade de Jucurutu. “A vazão não atendeu o que previa porque a topografia foi feita pela prefeitura, e o nosso erro foi não ter fiscalizado a topografia”, explicou.

De acordo com José Eduardo, no meio da obra, que era de emergência e o DNOCS teve pouco tempo para executá-la, o departamento teve que adotar um caminho diferente, a adutora subiu por um rumo que havia uma altimetria maior, e a bomba perdeu a potencia. “Foi ai que no inicio do ano fizemos um projeto de buster, exatamente para recuperar essa vazão, e nem para isso veio recurso, esse buster custaria em torno de 160 mil reais, fizemos o projeto junto com a CAERN e até agora não chegou nada”.

Na entrevista, o coordenador estadual do DNOCS criticou a Companhia de Águas e Esgotos do RN, por segundo ele ter cruzado os braços à época e não ter tomado a iniciativa de construir a adutora, obrigando o DNOCS do nosso Estado ter que aprender com estados vizinhos, a construir adutoras de engate-rápido.

“Se não fosse o DNOCS nem a adutora existia, porque na época a CAERN cruzou os braços, ninguém fez nada. Se não fosse o DNOCS passando uma semana imerso, visitando várias adutoras no Cerará para aprender a fazer, já que foi a nossa primeira adutora de engate-rápido. Fizemos um projeto recorde e entregamos ao Ministério. Nosso orçamento inicial era 2 milhões e 600 mil, e durante a licitação caiu para e 2 milhões e 400 mil. O projeto que a CAERN entregou na época foi de 3 milhões e 300, um projeto com valores absurdos e foi rejeitado pelo Ministério. Aí depois quando executamos, a CAERN recebeu a obra e tem lucro com a venda da água e simplesmente não ajuda em nada. Uma das causas do problema dessa vazão é o sistema de distribuição da CAERN que é arcaico”, finalizou.

Judiciário potiguar vai devolver 50 policiais militares ao Estado

Esquema-de-segurança-das-Eleições-contará-com-3.200-policiais-militares-no-RN

 

Em ofício a ser encaminhado ainda nesta sexta-feira (10), ao governador Robinson Faria, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Cláudio Santos, anuncia a devolução de 50 dos 122 policiais militares cedidos ao Poder Judiciário. É a execução prática do plano de devolução anunciado pelo presidente do TJRN após reunião com o governador, quando declarou apoio às medidas de reforço à segurança pública no Estado sem prejuízo para atividades essenciais do Judiciário.
No documento assinado esta manhã, o desembargador Claudio Santos ressalta: “Sabe-se do déficit de policiais militares e da iminente necessidade de reforço no policiamento ostensivo em nosso Estado. De outro lado, a Polícia Militar é uma instituição destinada à manutenção da ordem pública, incluindo a necessidade de tranquilidade e incolumidade de magistrados, servidores, promotores, advogados, defensores públicos e da população que frequentam os fóruns espalhados em todo o Estado”.
O magistrado deixa claro que a função dos PMs é de preservação da ordem pública e não da segurança patrimonial dos fóruns. A atuação desses agentes da segurança pública é importante para a guarda e necessidade de preservação de processos criminais, realização de audiências com réus presos e soltos, e para garantir que os magistrados não fiquem à mercê de ações de criminosos que muitas vezes buscam se vingar em rezão das sentenças condenatórias proferidas.
Claudio Santos reitera que “a parceria entre o Poder Judiciário e a Polícia Militar existe e sempre existiu em todo o Brasil em razão dessa obrigação constitucional da Polícia Militar de manter a ordem Pública”. A presença de policiais militares cedidos a órgãos da Justiça é uma realidade nacional, mas como o próprio Conselho Nacional de Justiça (CNJ) atestou em correição não existem policiais militares em desvio de função no Estado do Rio Grande do Norte.
O presidente da Corte Estadual de Justiça ressalta ainda que paulatinamente o Poder Judiciário vem diminuindo o número de PMs cedidos em suas instalações. Em 2009, eram 192 profissionais prestando serviço à Justiça do RN. Atualmente, apenas 1,3% do efetivo total da corporação está cedido ao Judiciário potiguar. Poder este que vem dando sua contribuição ao esforço de enfrentamento à criminalidade, tendo celebrado com o Estado convênio para pagamento de diárias e equipamentos que neste exercício totalizará o repasse para a Polícia Militar de cerca de R$ 1,5 milhão.

Fonte: TJRN

Nelter Queiroz recarrega baterias no exterior

O Blog Marcos Dantas destaca:

O deputado estadual Nelter Queiroz (PMDB) deu uma breve pausa em sua agenda política no Rio Grande do Norte e legislativa na Assembleia. Ao lado da esposa seguiu, no início da semana, para os Estados Unidos onde recarrega baterias e planeja com força total o pleito de 2016, principalmente, em Jucurutu. Quem pensa que não está completamente enganado.

 

Do Blog: Enquanto os problemas em Jucurutu perduram, o Deputado/Prefeito viaja para o exterior!

RN: Termina nesta sexta-feira prazo para licenciamentos de veículos com placas final 0

placas

 

O calendário para pagamento das taxas de licenciamento de veículos automotores finaliza nesta sexta-feira (10), com o pagamento dos automóveis com placas final 0. Neste caso, são a 110.638 mil veículos no Estado, 10,28% do total da frota. Especificamente em Natal e Mossoró esses números equivalem a 37.945 e 13.127, respectivamente. O imposto é o único cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran/RN e neste ano não teve reajuste algum, permanecendo no valor de R$ 60, independente do ano ou categoria do enquadramento do transporte automotor. Os usuários que não receberam os carnês podem imprimir a segunda via diretamente na página eletrônica do Detran (www.detran.rn.gov.br). No mesmo endereço, há o calendário anual com as demais datas de vencimento, tanto das taxas de licenciamento como do IPVA e do Seguro Obrigatório. Somente após a comprovação da quitação dos três impostos é que o proprietário recebe o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV), que é enviado ao endereço do contribuinte. Contudo, o Detran/RN alerta para a existência de multas vinculadas ao veículo, o que inviabiliza a emissão do documento. A taxa de licenciamento é o único tributo referente a veículos cuja arrecadação é de responsabilidade do Detran/RN, e os valores arrecadados são utilizados na manutenção física das instalações do Órgão e nas ações empreendidas pela Instituição. Atualmente há 1.075.736 veículos registrados no Estado.

ONU: para eliminar a fome até 2030 são necessários 239 bilhões de euros por ano

fome

 

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) estimou hoje (10) ser possível eliminar a fome no mundo até 2030 com investimento de 239 bilhões de euros por ano.

“A mensagem do relatório é clara: se mantivermos o estado atual, teremos em 2030 mais de 650 milhões de pessoas sofrendo com a fome”, declarou José Graziano da Silva, diretor-geral da FAO, ao apresentar, em Roma, o relatório do Programa Alimentar Mundial e do Fundo Internacional para o Desenvolvimento Agrícola.

O relatório estima que a eliminação da fome crônica “vai precisar de investimento total de cerca de US$ 267 bilhões (cerca de 239 bilhões de euros) por ano, durante os próximos 15 anos, ou seja: US$ 160 (143 euros) por ano e por pessoa que vive em situação de pobreza”, acrescentou Graziano.

“Dado que isso é mais ou menos o equivalente a 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial, penso que o preço a pagar para erradicar a fome crônica é relativamente baixo”, disse o diretor da FAO.

O relatório apresenta propostas de investimento combinadas com medidas de proteção social, nos meios rural e urbano. A maioria dos investimentos cabe ao setor privado, mas acompanhados de investimentos complementares do setor público em infraestruturas rurais, transportes, saúde e educação.

Nas zonas rurais, os investimentos públicos poderão ser em pequenos sistemas de irrigação e outras infraestruturas para beneficiar pequenos agricultores. Também poderão incluir a transformação de alimentos para reduzir o desperdício e as perdas durante as colheitas.

No meio urbano, os investimentos podem ser para empresas ou outras iniciativas, como o artesanato, além de contratos de trabalho justos, facilidades de crédito, habitação e serviços relacionados com a nutrição.

O trabalho foi elaborado por três agências da ONU especializadas no desenvolvimento agrícola e na luta contra a fome antes da realização da terceira conferência internacional sobre o financiamento para o desenvolvimento, que correrá entre 13 e 16 de julho em Addis Abeba, capital da Etiópia.

Por EBC

DETRAN-RN: Campanha educativa “Motorista do Bem” é lançada no RN

DETRAN

 

 

O Detran abriu oficialmente na tarde dessa quinta-feira (09) as atividades da campanha estadual de educação de trânsito “Motorista do Bem”. O lançamento ocorreu com a deflagração de uma grande movimentação na avenida Engenheiro Roberto Freire, em Natal, que envolveu condutores, pedestres e o empresariado local, numa iniciativa direcionada a promoção do respeito as normas do tráfego e a segurança no trânsito. Os trabalhos foram concentrados nas imediações do shopping Cidade Jardim e contou com a distribuição de kits alusivos à campanha, contendo boné, camiseta, chaveiro, flanela, saquinho de lixo veicular, adesivo e folders com informações e procedimentos necessários para a formação de um trânsito mais humano e seguro. Os atores do teatro educativo do Detran também encenaram condutas próprias de um motorista do bem, enfocando canções e atitudes que retratam o cotidiano do trânsito brasileiro e as maneiras corretas de um comportamento saudável. O direto geral do Detran, José Marcos Freire, acompanhou toda a movimentação e foi responsável pela entrega das placas de agradecimentos as primeiras empresas que aderiram à campanha “Motorista Bem”. Na oportunidade, receberam o reconhecimento os representantes do Shopping Cidade Jardim, Ronaldo Fernandes, e o da empresa Real Botequim, Samuel Silva. “É importante que toda a sociedade venha aderir à campanha, pois a segurança no trânsito é uma iniciativa que vem beneficiar todos os cidadãos”, afirmou o diretor do Departamento. Durante a ação, a equipe de educação de trânsito do Detran planejou e colocou em prática uma intensa adesivação de veículos com informações da campanha. A ação foi iniciada pelos automóveis estacionados no shopping Cidade Jardim e se estendeu pelos que trafegavam pela avenida Roberto Freire. Cerca de 600 veículos receberam o adesivo “Motorista do Bem” durante as duas horas da ação. Foram envolvidos nas atividades 35 técnicos do Detran, entre eles coordenadores do Órgão e policiais militares do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE). Motorista do Bem A campanha educativa “Motorista do Bem” ilustra diversas situações cotidianas vividas por todos que fazem parte do trânsito, seja ele motorista, passageiro ou pedestre, e fortalece o conceito do respeito à vida, da obediência às leis de tráfego, do mérito das atitudes cidadãs e principalmente, da importância da boa conduta do motorista, tudo isso em troca da construção de um trânsito melhor para todos. A ação aborda atitudes simples como não parar em cima da faixa de pedestre, não estacionar em vagas especiais, não beber antes de dirigir, não discutir no trânsito, respeitar o pedestre e o ciclista, e acima de tudo cativar o respeito, a paciência e a prudência, que podem tornar o dia a dia no tráfego urbano ou rodoviário seguro e menos estressante.

 

Assessoria de Comunicação Detran/RN

RN: PM abre inscrições para 12º Curso de Multiplicador de Técnicas Policiais

pm

 

 

Por PM/ASSECOM/Repórter: SD GLAUCIA

A Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, através de sua Diretoria de Ensino, abriu inscrições para a 12ª turma do Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais (MTTP). O curso, que será realizado em duas semanas e meia, com carga horária total de 140h/aula, visa qualificar praças e oficiais da Polícia Militar, além de guardas municipais de Natal, policiais civis e agentes penitenciários, com conhecimentos do emprego de técnicas e táticas policiais. Com início previsto para o dia 13 de julho, os trinta alunos que comporão o MTTP terão instruções de gerenciamento de crises e negociação, atendimento pré-hospitalar, tecnologias não-letais e agentes químicos, patrulhamento motorizado, uso diferenciado da força, técnicas de defesa pessoal, noções de explosivos, tiro policial, entre outras disciplinas. As inscrições no Curso de Multiplicador de Técnicas e Táticas Policiais são abertas para policiais militares integrantes do 6º BPM, 3º DPRE, 3ª CIPM, 4ª CIPM, 5ª CIPM, CIPGD, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, DEPEN e SEJUC, e deverão ser realizadas no 6º Batalhão de Polícia Militar, em Caicó, até a próxima segunda-feira (13). Para maiores informações, acesse a Nota para BG nº 023/2015, que dispõe sobre a realização do MTTP – 12ª turma.

Produção da indústria cresce em 9 de 14 locais em maio, diz IBGE

industrial

 

 

Por o Globo

A produção industrial registrou aumento em nove dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de abril para maio de 2015. Na série com ajuste sazonal, o destaque foi o Ceará, que teve avanço de 3,6%; seguido por Amazonas, com 2,6%; Pernambuco, com 1,4%; e Minas Gerais, com 1,3%. O resultado deste mês ajudou o Ceará a recuperar parte do recuo de 10,1% na atividade registrado de março a abril. Amazonas também recuperou parte parte do que foi perdido no mesmo período, quando a produção se reduziu em 4,8%.

Pernambuco, por sua vez, conseguiu interromper uma série de três meses de taxas negativas, período em que acumulou perda de 9%. Minas Gerais recuperou parte da perda de 5,8% que acumulou de fevereiro a abril. Ainda na mesma comparação, os outros cinco estados registraram crescimento, embora mais modesto. Santa Catarina teve alta de 0,7%; Espírito Santo, 0,6%; São Paulo, 0,5%; Paraná, 0,3%; e Rio de Janeiro teve alta de 0,2%.

O Nordeste como um todo apresentou recuo de 2,2%, com o Rio Grande do Sul liderando a redução na atividade industrial de abril para maio, com recuo de 1,6%, seguido pelo Pará, com 1,5%. Bahia apresentou queda de 1% e Goiás, 0,6%.

Apesar da recuperação em maio, o acumulado do ano continua negativo. Nos primeiros cinco meses do ano, frente a igual período do ano anterior, a produção nacional acumula perdas em 13 dos 15 locais pesquisados, com oito recuando com intensidade superior à média nacional, de 6,9%.

RECUO NA COMPARAÇÃO COM ANO PASSADO

Na comparação dos resultados de maio deste ano com maio do ano passado, porém, o quadro se inverte. O setor industrial como um todo mostrou redução de 8,8% na produção, alcançando 13 dos 15 locais pesquisados. Nesta comparação, o maior recuo se deu no Ceará, com perda de 13,9% na atividade industrial, seguido por São Paulo, com 13,7%; Amazonas, também com 13,7%; e Rio Grande do Sul, com 13,3%.

PUBLICIDADE

Em São Paulo, as perdas são puxadas pela diminuição na atividade das indústrias do setor de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (televisores e telefones celulares) e outros equipamentos de transporte (motocicletas e suas peças).

Também acima da média nas perdas do país na comparação anual estão o Paraná, com queda de 10,01%, e Santa Catarina, com 9,9%. Conseguiram ficar abaixo da média no recuo da atividade industrial no país Minas Gerais, com 7,2%; Pernambuco, com 6,2%; Bahia, com 5,5%; a Região Nortes, com 5,4%; Mato Grosso, com 4,9%; Goiás, com 3,4%; e Rio de Janeiro, com queda de 2%.

Na comparação com maio do ano anterior, apenas o Espírito Santo e o Pará registraram melhora. No Espírito Santo, os setores extrativos e de metalurgia fizeram a produção industrial no estado crescer 14,1%. No Pará, o aumento de 2,6% foi impulsionado pelas indústrias extrativas e de papel e celulose.

Campograndenses se envolvem em acidente na BR-110 entre Upanema e Mossoró

Acidente

 

Na manhã de quarta feira (08/07) foi registrado mais um acidente envolvendo animais soltos na BR-110, entre Upanema e Mossoró/RN.

De acordo com as informações, os campograndenses  seguiam com destino a Mossoró, quando de repente um jumento subiu a pista correndo e o motorista do carro não teve como parar, assim, colidindo em cheio com o animal.

O motorista Ranilson Saldanha destacou que o jumento vinha sendo tangido por dois cavaleiros que estavam fora da pista e com a colisão, os mesmos fugiram nos cavalos.

Graças a Deus, e a experiência do motorista, ninguém teve nada além dos danos materiais.

Fonte: CG na Mídia

Mulher é melhor ao empreender

empreendedorismo-mulher-625x340

 

A consultora em recursos humanos Eline Kullock afirma que existem diferenças entre a liderança feminina e a liderança masculina em uma empresa. Para ela, por exemplo, as mulheres demoram mais tempo para tomar decisões, porque querem ter certeza de que estão fazendo as escolhas mais corretas. “Então, talvez o processo de decisão dela talvez não seja tão rápido, mas será mais bem fundamentado”, diz Eline. Presidente do Grupo Foco, consultoria que atende clientes como GE, Itaú e O Boticário, a especialista veio até a redação de Pequenas Empresas & Grandes Negócios para falar sobre os pontos fortes das mulheres em cargos de liderança.

 

Veja aqui a matéria completa

Mossoró: MPRN concede selo verde a dois postos

Posto Olinda V e Posto Sumaré se juntam a outros três no município que já receberam o selo de posto ecologicamente correto: Iguana, Real e P.O. Monteiro
Posto Olinda V e Posto Sumaré se juntam a outros três no município que já receberam o selo de posto ecologicamente correto: Iguana, Real e P.O. Monteiro

 

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), em parceria com a Fundação Norte Rio-Grandense de Pesquisa e Cultura (Funpec) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema/RN), entrega, na quinta-feira (9), o “Selo Verde” ao Posto Olinda V e ao Posto Sumaré. Ambos em Mossoró.

Para a 3ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente da Comarca de Mossoró, a ação é de grande valia para os consumidores, tendo em vista que o selo é uma representação que pode informar à sociedade que o estabelecimento, ao que tudo indica, cumpre as exigências legais referentes à segurança e à proteção ambiental.
A entrega do selo se realizará às 14h no Posto Olinda V e às 15h no Posto Sumaré. Além de representantes ministeriais, participam do evento representantes do Idema e donos dos postos que receberão o selo.

Projeto de Adequação Ambiental

A inspiração veio de uma proposta similar iniciada pela 45ª Promotoria de Justiça da Comarca de Natal. Realizado pela 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Mossoró, em parceria com a UFRN e o Idema, o Projeto de Adequação Ambiental dos Postos de Combustível tem como objetivo promover a sustentabilidade da atividade, considerada como potencialmente poluidora, podendo causar contaminação do subsolo e danos à saúde humana, além de riscos de incêndios e explosões.

A UFRN desenvolveu projetos para que professores da universidade vinculados à Funpec e contratados pelo próprio empreendedor pudessem atuar como peritos, realizando o acompanhamento dos Testes de Estanqueidade e também as Revisões de Segurança. A parceria possibilitou ao órgão ministerial propor o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para cada posto de combustível de Mossoró.

O Idema figurou no TAC como interveniente, assumindo obrigações relativas ao controle dos compromissos assumidos pela empresa; cumprimento de prazos para priorizar e impor agilidade no licenciamento ambiental e estabelecer comunicação permanente com o MPRN.

Em audiências individualizadas com os responsáveis pelos estabelecimentos, o MPRN esclareceu todas as cláusulas contidas no TAC para que o compromissário se obrigasse a firmar contrato com a Funpec, visando a realização das atividades técnicas dos professores da UFRN.

Após a Revisão de Segurança, que apresentou as desconformidades técnicas verificadas e a indicação dos ajustes pertinentes, o MPRN propôs aos responsáveis pelos postos as obrigações e os prazos para a adequação ambiental dos empreendimentos, mediante aplicação de multa diária.

Pacientes sem identificação dificultam assistência no Walfredo Gurgel

WALFREDO

 

Durante o mês de janeiro, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) recebeu quatro pacientes que caracterizam uma das situações que mais preocupam e causam diversos transtornos as rotinas de suas equipes assistenciais. São os pacientes que dão entrada e permanecem durante longos períodos sem identificação. Em sua grande maioria, o perfil desse tipo de paciente é caracterizado por ser do sexo masculino, acima dos 25 anos, morador de rua, vítima de acidente de trânsito ou da violência urbana e que no momento da ocorrência, não portava qualquer documento pessoal com foto. Quase sempre trazidos pelo Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu), as vítimas geralmente chegam com quadro agravado de saúde, inconscientes e necessitando de atendimento médico de urgência. “Estes são os pacientes de maior risco e que chegam a permanecer muito tempo em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI). Isso dificulta ainda mais o trabalho do Serviço Social porque não temos nem como conversar com o paciente para extrair dele alguma informação que possa nos orientar para encontrar algum parente, amigo ou conhecido”, explica a chefe do Serviço Social, Sandra Moura. Estar em um ambiente de tratamento intensivo, porém, não é o único fator que pode dificultar a identificação do paciente. Os traumas decorrentes dos acidentes também podem causar confusão, agitação e perda de memória. Outras vezes, o acidentado nunca possuiu documentos pessoais, não sabe o nome dos parentes, não lembra um número de telefone, nem do endereço residencial. “Enfrentamos as mais diversas situações. Já tivemos casos de pessoas que nos davam o nome do bairro e da rua, mas nenhum morador afirmava conhecer o paciente”, relembra Sandra. Demais situações como não lembrar o próprio nome, o do pai ou da mãe, nunca haver possuído sequer uma certidão de nascimento, não são raras. A situação se complica ainda mais quando o paciente, após meses de internação, recebe alta médica. Sem ter para onde ir e sem familiares que o recebam, o doente permanece por longos períodos ocupando um leito nas enfermarias do Walfredo Gurgel, impedindo que outro paciente, em uma maca no corredor, fique impedido de ocupar essa iminente vaga. A diretora geral do HMWG, Maria de Fátima Pereira Pinheiro, diz que “apesar de não ser a principal causa da superlotação dos corredores do Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS) a desocupação de um leito em enfermaria (por um paciente não identificado e já de alta) faz toda a diferença para quem precisa de um melhor atendimento e cuidado”. Sandra chama a atenção para a falta de espaços públicos onde estes pacientes possam ser recebidos quando precisam se desligar do hospital. “O município de Natal não tem unidades para assistir pessoas que precisam de guarida depois que saem de alta. E este é um problema gravíssimo que já devia ter sido resolvido pelos gestores do município”. Ela ainda conta que, sem ter para onde encaminhar o paciente, este permanece no HMWG recebendo alimentação, atenção das equipes assistenciais e passando a usar as instalações do hospital como hotelaria e não mais para cuidados médicos. Quando o paciente vai a óbito, outro problema surge: o enterro sem identificação. Se vítima de violência, o corpo é encaminhado para o Instituto Técnico de Polícia (Itep) que adota as medidas cabíveis do sepultamento como indigente. Mas, quando há situações em que o doente vem a falecer de causas naturais, o corpo é doado a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que, após um período de 30 dias, cede o cadáver para o departamento de biociências para fins científicos. Diante de tanto, a assistente social alerta: “é imprescindível que todo cidadão ao sair de casa porte seus documentos pessoais de identificação. Não sabemos o que vai acontecer conosco ao sairmos para trabalhar, para ir ao médico, ao shopping. Até mesmo para fazer alguns exames pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é preciso estar identificado. Por isso, sempre que precisar deixar seu lar, por qualquer razão, porte seus documentos”.

FMI reduz projeção de crescimento da economia global em 2015

fmi

 

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu sua previsão para o crescimento econômico mundial de 2015 e alertou para instabilidade no mercado financeiro e flutuação dos preços de ativos no curto prazo. A entidade também assinalou o risco de desaceleração global no médio prazo.
Em uma atualização do seu relatório World Economic Outlook, a instituição financeira prevê uma expansão mundial de 3,3% para 2015, inferior à projeção em abril, de 3,5%. O reajuste se deve à recessão inesperada dos EUA no 1º trimestre, que impactou as economias do Canadá e México. O FMI, porém, manteve a previsão de 3,8% para o próximo ano.

Conforme o documento, as economias desenvolvidas podem ter um crescimento de 2,1% este ano, 0,3 ponto percentual inferior à cifra divulgada em abril.

A entidade rebaixou, ainda, a projeção para o crescimento dos mercados emergentes e países em desenvolvimento, que deve ficar a 4,2%, 0,1 ponto percentual mais baixo que a previsão de abril.

O FMI emite, a cada ano, duas edições de World Economic Outlook, respectivamente durante a reunião de primavera e a sessão anual em outono. O primeiro documento é atualizado no meio do ano e o segundo, no início do ano que vem.

Sem autorização, filme pornô é gravado nas Cataratas do Iguaçu

Parque Nacional do Iguaçu informou que não tinha conhecimento do filme
Parque Nacional do Iguaçu informou que não tinha conhecimento do filme

 

Um filme pornográfico que foi publicado na internet e está sendo compartilhado por meio de um aplicativo de mensagens de celulares usa como cenário as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.
Nas imagens, um casal passeia pelo atrativo de mãos dadas e observam juntos as quedas d’água no mirante. Em outro trecho, a dupla aparece em cenas de sexo explícito em um outro mirante e também na passarela que dá acesso à Garganta do Diabo.
Nos créditos do filme aparece o nome do diretor francês Pierre Woodman. O G1 tentou entrar em contato com ele, mas não obteve retorno.

Por meio de nota, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) – que administra a unidade de conservação – informou que não recebeu oficialmente nenhuma solicitação para filmagens dentro do Parque Nacional do Iguaçu e que não tinha conhecimento da filmagem. O ICMBio também garantiu que não autoriza esse tipo de produção na reserva ambiental.
O Instituto esclareceu que para qualquer tipo de filmagem nas unidades de conservação é preciso uma autorização prévia, conforme previsto na Instrução Normativa (IN) do ICMBio nº 19, de 16 de setembro de 2011. As produções comerciais feitas dentro do parque são pagas, e o valor varia conforme o tipo de produto que será feito.
O ICMBio vai apurar o caso e disse, ainda, que a produção pode ser considerada invasão às instalações do Parque Nacional do Iguaçu.

 

Por Correio do Estado

Hospital Walfredo Gurgel abre inscrições para I Concurso Cultural

unnamed

 

 

Estão abertas a partir de hoje as inscrições para o I Concurso Cultural do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). A atividade tem como objetivo a escolha do nome da I Revista Científica do hospital, que será lançada no próximo dia 31 de março, data em que será comemorado o aniversário de 42 anos da maior unidade de saúde pública do Rio Grande do Norte (RN). A publicação tem como objetivo a divulgação dos trabalhos científicos produzidos por servidores e estagiários do HMWG. Qualquer funcionário, de qualquer setor, pode participar. Para isso, é preciso realizar a inscrição na sala do Núcleo de Educação Permanente (NEP), a partir desta sexta-feira, através do preenchimento de um formulário. Neste período, os inscritos também já podem fazer a sugestão de até dois nomes para a revista. Caso não as possua no momento da inscrição, é possível encaminhar um e-mail para o NEP, através do endereço eletrônico, nephmwg@gmail.com até o próximo dia 20 de fevereiro, informando além dos mesmos dados já fornecidos no formulário (nome completo, setor, ramal, e-mail, matrícula e função), as duas ideias de nome para a revista. Para aqueles que não puderem comparecer ao Núcleo para realizar a inscrição, o formulário está disponível para download aqui no site. Basta clicar na aba “serviços” na página principal, depois na opção “documentos” e, por fim, no link que dará acesso ao formulário ou ao regulamento. O download começará em instantes. Após baixado, basta apenas dar um clique duplo sobre o documento para acessá-lo.O candidato deve fazer o download do formulário, preenchê-lo e enviar via e-mail para o NEP. A data limite para envio também é o próximo dia 20 de fevereiro. O regulamento do concurso também está disponível para download. O nome do servidor vencedor e o nome da revista serão divulgados pela assessoria de comunicação do HMWG, no dia 2 de março, através de e-mail, murais, redes sociais e aplicativos para smartphones. O servidor vencedor será contemplado com uma matéria na primeira edição da revista, mostrando seu dia a dia no hospital. Importante ressaltar que o concurso não dá direito a premiações em dinheiro nem qualquer outro tipo de vantagem financeira.

Dirceu volta a pedir habeas corpus preventivo à Justiça

Após  11  meses  preso,  ex-ministro  cumprirá pena em  casa
Após 11 meses preso, ex-ministro cumprirá pena
em casa

 

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu apresentou hoje (9) recurso contra a decisão que negou pedido de habeas corpus para evitar sua eventual prisão na Operação Lava Jato.

Na semana passada, o desembargador Nivaldo Brunoni entendeu que o receio de ser preso não comporta decisão preventiva do Judiciário. Ao rejeitar o pedido, Brunoni disse que o fato de Dirceu ter sido citado pelo empresário Milton Pascowitch, em depoimento de delação premiada, não significa que ele será preso.

O advogado do ex-ministro, Roberto Podval, ressalta, no entanto, que, devido à dinâmica das investigações, “tudo leva a crer” que ele está prestes a ser preso. Podval afirma que a eventual prisão de Dirceu não se justifica, pois ele está colaborando com as investigações desde o momento em que passou a ser investigado na Lava Jato. A defesa alega que o ex-ministro é alvo de uma “sanha persecutória”.

O ex-ministro cumpre prisão em regime aberto por ter sido condenado na Ação Penal 470, o processo do mensalão.

 

Por EBC Agência Brasil