Jucurutuense diz sustentar a família nos semáforos de Caicó.

unnamed (5)

Maguila lançando e fazendo manobras com suas claves

(Foto do Blog Jair Sampaio)

Temos artistas, mas não temos valorização e muito menos cultura

Por Jair Sampaio:

O jucurutuense JOSINALDO TAVARES DE OLIVEIRA, 34 anos, já passou por mais de 30 circos pelo Nordeste, hoje o picadeiro para a apresentação do seu trabalho são os semáforos de Caicó.

O artista conversou com o blog Jair Sampaio e lamentou ainda ser discriminado, mas foi humilde em assumir que Caicó está sustentando sua família… “Saio daqui direto para o Pare e Compre Supermercado, chego em Jucurutu sem dinheiro, mas levo a alimentação da minha esposa e filho”, disse.

” A arte circense é um encanto, nos traz felicidade e nos aproxima das coisas boas da vida, facilita a comunicação e nos dar a oportunidade de fazer os outros felizes, por isso agradeço o carinho dos caicoenses, porque na minha terra (Jucurutu) e não tenho valor”, sob lágrimas desabafa o artista.

 

Do Blog: Nosso artista Maguila… Esses dias eu vinha de Caicó e encontrei-me com ele no carro, olhei para seus objetos de trabalho, estavam bem acabados por sinal e logo me veio a ideia de pedir ajuda aos amigos para apoiá-lo e quem sabe assim conseguirmos novos equipamentos. Mas vi tanta luta na sua face, tanta garra, que tive medo de sugerir isso. Na conversa, perguntei como se chamava aquilo e ele falou: São Claves, e comprei umas novas, eu compro em SP, faço pedido num site de internet…

Fiquei bastante feliz, porém pensativa, não querendo misturar uma coisa com outra, mas como pensar em teatro, se nossos artistas nunca foram valorizados? Até para fazer uma locução política, trazem pessoas de fora quando esse tipo de profissionais é o que mais temos? 

Se pensaram em teatro, deveriam primeiro valorizar nossos artistas. A quadrilha Junina tá linda! Que tipo apoio a quadrilha Junina teve? Mas mesmo assim a Nação foi lá, arrasou e conseguiu garantir a vaga na final levando o nome de Jucurutu nos festivais de quadrilhas do Estado.

Então, fica difícil pensar num teatro ou em qualquer outra coisa diferente da realidade. 

Sucesso Maguila, que Deus abençoe seus caminhos, força na luta, não desista e espero que um dia seu trabalho seja reconhecido e que você alcance o sucesso dos seus sonhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *